Música dos 80 (Brasil)

Eu continuo gostando de coisas que gostava quando tinha 12, 14 anos. Incrível como existem coisas que sao inexoráveis. Continuo gostando do rock brasileiro dos 80. Graças ao Youtube, posso rever e ouvir cantores e músicas que provavelmente nunca mais veria. Algumas bandas nao foram tao duradouras, algumas já acabaram, mas a obra fica: “Pros que estao em casa”, da banda Hojerizah: “Quadrinhos”, Picassos falsos: Continuar lendo Música dos 80 (Brasil)

Acervo de obras digitalizadas de domínio público

O site do governo brasileiro “Domínio público” é uma biblioteca virtual com e-books completamente gratuitos que vc pode copiar no seu computador. O acervo é muito rico e possui obras dos maiores escritores brasileiros  e estrangeiros falecidos há mais de 70 anos (de acordo com a lei de domínio público). Nao só livros, mas o site disponibiliza também arquivos de som e imagens, como música erudita brasileira e vídeos nos diversos ramos da ciência, letras e artes. Veja o site Domínio Público aqui. Continuar lendo Acervo de obras digitalizadas de domínio público

Centenário da morte de Machado de Assis

Esse ano completa cem anos da morte de um dos escritores mais consagrados da língua portuguesa: Joaquim Maria Machado de Assis é um escritor brasileiro (21/06/1839, Rio de Janeiro- 29/09/1908, Rio de Janeiro). Era gago, sofria ataques epiléticos, com uma saúde frágil e de uma família humilde, filho de um descendente de africanos e de uma portuguesa, conseguiu transformar- se num profundo conhecedor da língua portuguesa de uma maneira autodidata, pois frequentou apenas o curso primário. Gostava de aprender e se empenhava nisso: aprendeu francês com uma senhora francesa dona de uma padaria e tinha o apoio da madrinha “D. … Continuar lendo Centenário da morte de Machado de Assis

Qual a trilha sonora da sua vida?

Eu tive várias que me acompanharam durante as diferentes fases da minha vida: Da infância eu lembro de muitas músicas, em especial uma que o pai de um dos meus melhores amigos tocava no violão: “No woman no cry”, Bob Marley. No woman no cry. Eu adoro Bob Marley, adoro mesmo. Sempre ouvi, sempre gostei. Esteve presente em todas as fases da minha vida, lembro do Morro do São Paulo, da praia do Conde, Itacaré, São Paulo…O Bob é tudo de bom! Aos 13: Careless Whisper, George Michael, início de adolescência em São Paulo, época inesquecível com as minhas amigas … Continuar lendo Qual a trilha sonora da sua vida?

Amor de índio

Eu acho muito bonita essa música, “Amor de índio”, do Beto Guedes. Há vários intérpretes da cançao: Maria Bethania, Ana Carolina, Djavan, Milton Nascimento e uma das versoes que eu mais gosto é a do Djavan e Beto Guedes cantando juntos, mas como nao achei, deixo o vídeo do Milton cantando “Amor de índio”: Eu acho todos os versos lindos: Amor de Índio (Beto Guedes) Tudo que move é sagrado e remove as montanhas com todo cuidado, meu amor enquanto a chama arder todo dia te ver passar Tudo viver ao seu lado com o arco da promessa no azul … Continuar lendo Amor de índio

A última entrevista de Clarice Lispector (vídeo)

Esse post vai especialmente para Serge, amante da boa literatura e leitor da minha querida e admirada Clarice Lispector. Clarice nunca deixa ninguém indiferente, desperta amor ou ódio com a mesma intensidade. A entrevista cedida por Clarice ao jornalista Júlio … Continuar lendo A última entrevista de Clarice Lispector (vídeo)