O dia em que eu encontrei Nélida Piñón

Os hablo como una escritora al servicio de la memoria brasileña (…) (Nélida Piñón, in “La épica del corazón”) A minha vida é comum, mas, de vez em quando, acontece algo surpreendente. Há cinco dias recebi um convite pra lá … Continuar lendo O dia em que eu encontrei Nélida Piñón

Onze livros para sorteio!

Na véspera da Páscoa, vamos animar o coreto?! Sorteio de 11 livros, já que só faltam 10 pessoas para atingirmos 11 mil curtidas no Facebook. Escolhi 11 livros da minha biblioteca para o sorteio: “O desejo de Kianda”, do angolano … Continuar lendo Onze livros para sorteio!

Quando você foi ao cinema pela primeira vez?

Cinema é magia, principalmente os antigos de bairros tradicionais, aqueles onde o pipoqueiro te conhece pelo nome. Cinema faz parte da nossa história pessoal, um memorial de emoções. Você lembra do primeiro filme que viu no cinema? Eu lembro: “Bernardo … Continuar lendo Quando você foi ao cinema pela primeira vez?

Agenda de feiras de livros no Brasil (Agosto/Setembro) e algum desabafo

Veja as feiras de livros que estão acontecendo agora ou que começarão em setembro: 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, de 26 de agosto a 4 de setembro (site) Eu fiquei tão constrangida quando vi a lista de “autores” … Continuar lendo Agenda de feiras de livros no Brasil (Agosto/Setembro) e algum desabafo

Jornadas Internacionais Guimarães Rosa em Salamanca (Espanha)

Literatura Brasileira na Espanha! “Jornadas Internacionales Veredas de Guimarães Rosa: un exiliado del lenguaje común”, de 30 de setembro a 1º de outubro, promovido pela Universidade de Salamanca. Estarei lá no dia 1º, às 17h45, na Sala de Usos Múltiples, … Continuar lendo Jornadas Internacionais Guimarães Rosa em Salamanca (Espanha)

Paris é uma festa! Coluna de Ancelmo Gois

Assim intitulou Ancelmo Gois a sua coluna no O Globo, “Paris é uma festa!”. A festa literária brasileira a partir do dia 20 de março, devido ao Salão do Livro de Paris, que acontecerá em três dias, mas depois haverá … Continuar lendo Paris é uma festa! Coluna de Ancelmo Gois

Antônio Torres no “Afiando a Língua”, de Tony Bellotto

O escritor Antônio Torres (Bahia, 1940) foi entrevistado por Tony Belloto (São Paulo, 1960, grande titã!) junto com  o cantor e compositor Jards Macalé (Rio de Janeiro, 1943). O mestre Torres nos conta suas histórias, suas andanças pelo mundo, seus … Continuar lendo Antônio Torres no “Afiando a Língua”, de Tony Bellotto

“Florbela”, o filme português chegou ao Brasil em 2014

“Florbela” (2012), filme baseado na vida da poetisa portuguesa Florbela Espanca (Flor Bela Lobo, (Vila Viçosa, 08/12/1894 – Matosinhos, 08/12/1930), do diretor Vicente Alves do Ó, produção portuguesa, acabou de chegar ao Brasil. A crítica especializada em Portugal foi negativa, disse que é melodramático e exagerado, mas o público gostou bastante. A crítica no Brasil foi pela mesma linha da portuguesa, mas foi sucesso entre o público. O roteiro trata de um período da vida da escritora, casada pela terceira vez, vida monótona no campo, acabou sem inspiração, não conseguia escrever. Decidiu “sacudir a poeira” e foi passar uns tempos na casa do … Continuar lendo “Florbela”, o filme português chegou ao Brasil em 2014

Eu creio em mim, de Evaldo Ribeiro

O escritor, radialista, compositor, humorista e palestrante motivacional Evaldo Ribeiro (Matões, Maranhão, 19/05/1975) nos enviou de São Paulo o seu livro “Eu creio em mim”, vamos ver o que ele nos diz. Evaldo Ribeiro em suas várias facetas de ator, … Continuar lendo Eu creio em mim, de Evaldo Ribeiro

A grande Hilda Hilst

Andei lendo essa grande escritora brasileira e acabei fascinada. Coisa linda a escritura dessa mulher. Hilda Hilst era uma mulher à frente do seu tempo, transgressora, inovadora, corajosa, uma mulher admirável. Quebrar regras moralistas na conservadora sociedade brasileira não é fácil. Descendente de portugueses por parte de mãe e de germano- franceses por parte de pai, filha única de um fazendeiro, ela foi uma das representantes mais importantes da literatura brasileira do século XX, uma Guimarães Rosa de saia. Hilda Hilst, Jaú, 21 de abril de 1930 — Campinas, 4 de fevereiro de 2004 “Aflição de ser eu e não ser outra. Aflição de não ser, amor, aquela Que muitas … Continuar lendo A grande Hilda Hilst

Vídeo com poemas de Manoel de Barros e desenhos de Evandro Salles

Lindo esse vídeo-histórias chamado “Histórias da Unha do Dedão do Pé do Fim do Mundo”, com poemas de Manoel de Barros, roteiro de Bianca Ramoneda e música de Tim Rescala. Ele fez parte de uma exposição “Arte para crianças”,  no Sesc Pompéia há algum tempo. Um vídeo para crianças e adultos: Continuar lendo Vídeo com poemas de Manoel de Barros e desenhos de Evandro Salles

“Orfanato portátil”, Marcelo Montenegro

Esse frio na barriga onde mora/ o que não sei dizer. (Teleférico de ternuras, p. 21) O livro chegou da minha terra, São Paulo, enviado pelo meu tio poeta, outrora revolucionário, Normando Leão, que apresentou-me o escritor Marcelo Montenegro (São … Continuar lendo “Orfanato portátil”, Marcelo Montenegro