Resenha: “O que não me sai da lembrança”, de Antonio Miranda

Esta obra viajou do Brasil até Madri com uma curiosidade: meu tio é personagem neste livro de crônicas do baiano Antonio Miranda Fernandes (Baixa Grande, 21/11/1946). Antonio é multifacetado: ator, músico, redator, produtor de TV, publicitário e também foi bancário … Continuar lendo Resenha: “O que não me sai da lembrança”, de Antonio Miranda

Resenha: “A cidade Sitiada”, de Clarice Lispector

Perder- se também é caminho (p.138) Na minha conversa diária com os escritores através de suas vivas literaturas, é onde encontro respostas para as minhas diversas inquietações. Há mais diálogo produtivo e interessante com os mortos, do que com os … Continuar lendo Resenha: “A cidade Sitiada”, de Clarice Lispector

Uma resenha e algo mais: “O mal- estar global”, de Noam Chomsky

Já ouviu falar do “efeito borboleta”? Esse efeito faz parte da “teoria do caos” do metereologista e filósofo americano Edward Lorenz. O mundo está ligado em todos os seus aspectos, é como se tivesse um fio elétrico invisível interligando tudo. … Continuar lendo Uma resenha e algo mais: “O mal- estar global”, de Noam Chomsky

Resenha: “A livraria”, de Penelope Fitzgerald

Depois de ter assistido o filme (leia a resenha aqui), fiquei com vontade de ler a obra que inspirou a diretora espanhola Isabel Coixet, “A livraria”. “A livraria” (1996) foi dividida em dez capítulos e é uma obra com fundo … Continuar lendo Resenha: “A livraria”, de Penelope Fitzgerald

Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles

Tenho uma leve lembrança da novela “Ciranda de Pedra”, que passou na minha infância (1981), mas nada significativo em relação ao enredo, só lembro do rosto de Lucélia Santos; portanto, essa obra era como uma desconhecida para mim. Sei que … Continuar lendo Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles