Resenha: “Adágios”, de José Vieira, pseudônimo de Teresa Vieira Lobo  

Por Gerson de Almeida Teresa Vieira Lobo, jovem autora nascida no final dos anos 80, “numa pequena localidade chamada Gaula, terra de amoras, padres, doutores e adelos”, é um dos novos expoentes da moderna literatura portuguesa. Além de escrever contos e romances, é colaboradora da … Continuar lendo Resenha: “Adágios”, de José Vieira, pseudônimo de Teresa Vieira Lobo  

Lista de obras de leitura obrigatória  FUVEST 2018

Lista de obras de leitura obrigatória  FUVEST 2018 Nome do livro Autor Iracema José de Alencar Memórias Póstumas de Brás Cubas Machado de Assis O Cortiço Aluísio de Azevedo A cidade e as serras Eça de Queirós Vidas secas Graciliano … Continuar lendo Lista de obras de leitura obrigatória  FUVEST 2018

Primeiro dia da Feira do Livro de Madri (vídeo)

Irei reativar o canal Falando em Literatura no YouTube. Não sei se tenho pique para ser “booktuber”, mas pelo menos meus passeios literários irei colocando por lá.  Eu tinha colocado esse vídeo no meu canal pessoal, mas acabei desistindo desse, … Continuar lendo Primeiro dia da Feira do Livro de Madri (vídeo)

Onze livros para sorteio!

Na véspera da Páscoa, vamos animar o coreto?! Sorteio de 11 livros, já que só faltam 10 pessoas para atingirmos 11 mil curtidas no Facebook. Escolhi 11 livros da minha biblioteca para o sorteio: “O desejo de Kianda”, do angolano … Continuar lendo Onze livros para sorteio!

Bibliotecas incendiadas: os livros são um perigo?

“Biblioclasta” é o termo utilizado para designar quem não respeita e destrói livros. Na história mundial, há muitos casos de incêndios criminosos em bibliotecas. Esses ataques visam o terror e a destruição, normalmente, de um patrimônio de valor incalculável. São motivados por … Continuar lendo Bibliotecas incendiadas: os livros são um perigo?

O brasileiro Raduan Nassar ganha Prêmio Camões 2016

O paulista Raduan Nassar (Pindorama, 27/11/1935) ganhou o Prêmio Camões 2016, o maior da nossa língua, já que engloba autores de todos os países lusófonos. A entrega do prêmio de 100 mil euros aconteceu em São Paulo ontem (sexta, 17/02), com a presença de autoridades brasileiras … Continuar lendo O brasileiro Raduan Nassar ganha Prêmio Camões 2016

Voltando…primeiro post de 2017!

Resenha do livro “Histórias da Terra e do Mar, de Sophia de Mello Breyner Andresen. Continuar lendo Voltando…primeiro post de 2017!

Literatura contemporânea: “Variedades”, de Fabio Gorodski

Vou apresentá- los um autor brasileiro contemporâneo, que vive em Berlim: Fabio Gorodski. Aqui o blog do autor. Fabio Gorodski tem uma vasta formação musical, conhecimentos notados no conto “comprimidos” (p.13)  e já teve um poema adaptado a um curta- metragem, veja. Se … Continuar lendo Literatura contemporânea: “Variedades”, de Fabio Gorodski

Resenha: “A queda”, de Albert Camus

 “A queda” (1956), do francês Albert Camus, pegou- me logo por causa da primeira frase do livro: Posso oferecer- lhe os meus serviços, meu caro senhor, sem me tornar inoportuno? (p.7) Um livro que começa dessa forma para mim é … Continuar lendo Resenha: “A queda”, de Albert Camus

Vinte dicas de livros para o Natal, “whish list”.

Quer presentear (ou receber) livros de Natal e não sabe qual escolher? Então segue uma lista de livros com edições incríveis, especiais, para agradar todos os gostos. Todos eles você pode comprar online: Da Livraria Cultura (Brasil) selecionei esses boxes e edições especiais: … Continuar lendo Vinte dicas de livros para o Natal, “whish list”.

A culpa é de Nabokov (ou uma crítica da crítica)

Sim! É isso mesmo: a culpa é de Nabokov. Quem leu seu livro com as Lições de Literatura Russa que promoveu em conferências e lecionou nos Estados Unidos, logo entenderá minha sanha momentânea. Eu, como você também, deve escorregar, costumo … Continuar lendo A culpa é de Nabokov (ou uma crítica da crítica)

Resenha: “A casa da paixão”, de Nélida Piñón

Eu me sacrificarei ao sol. Meu corpo está impregnado de musgos, ervas antigas, fizeram mazelas e chá do meu suor, todos da minha casa. (p. 49) Esse é um trabalho fino de escritura. A obra “A casa da paixão” fala … Continuar lendo Resenha: “A casa da paixão”, de Nélida Piñón

Xícaras literárias da Vista Alegre, porcelana portuguesa

A fábrica portuguesa de porcelanas Vista Alegre é uma das mais famosas e prestigiosas do mundo. A fábrica (1920) fica na cidade de Ílhavo (Aveiro) e suas peças estão espalhadas pelo mundo todo, expostas em museus e usadas pela realeza. No entanto, … Continuar lendo Xícaras literárias da Vista Alegre, porcelana portuguesa

“A metade indivisível”, crônica do escritor português António Vilhena

Falar de amor parece fácil, mas é bem o contrário. Existe muita literatura a respeito, tanto em prosa quanto em verso, e às vezes, parece que pouco mais há para ser dito. Engano. O amor (ou o desamor) sempre será fonte de inspiração na literatura. … Continuar lendo “A metade indivisível”, crônica do escritor português António Vilhena

Os sebos, você é cliente?

Confesso: tenho uma certa resistência aos sebos por uma questão higiênica, mais que qualquer outra coisa. Tenho uma certa resistência às bibliotecas públicas e ao empréstimo de livros pelo mesmo motivo. As pessoas comem e bebem lendo, lavam sempre as … Continuar lendo Os sebos, você é cliente?