“A morte do leiteiro”, de Carlos Drummond de Andrade

  Morte do Leiteiro (Carlos Drummond de Andrade) Há pouco leite no país, é preciso entregá-lo cedo. Há muita sede no país, é preciso entregá-lo cedo. Há no país uma legenda, que ladrão se mata com tiro. Então o moço que é leiteiro de madrugada com sua lata sai correndo e distribuindo leite bom para genteContinuar lendo ““A morte do leiteiro”, de Carlos Drummond de Andrade”

Os Natais de Fernando Pessoa

A ceia de Natal em Portugal chama- se “consoada”, de “consolar”. O prato principal, normalmente, é o bacalhau com ovos e couves regado com muito azeite de oliva. De sobremesa, o bolo rei e as rabanadas. Apesar dessa data ser feliz para muita gente por causa das reuniões familiares, dos comes e bebes, além daContinuar lendo “Os Natais de Fernando Pessoa”

Bernardo Guimarães sogro do sobrinho Alphonsus Guimarães

O escritor mineiro Bernardo Guimarães (1825- 1884), quase foi genro do seu sobrinho, o poeta Alphonsus Guimarães (1870-1921). Bernardo casou- se tarde, aos quarenta e dois anos e teve oito filhos. A filha Contança morreu com dezessete por causa de uma tuberculose. Ela era noiva do poeta Alphonsus Guimarães, seu primo. Alphonsus era filho da irmã deContinuar lendo “Bernardo Guimarães sogro do sobrinho Alphonsus Guimarães”

Onze conselhos de Ray Bradbury para escritores novatos

Em 2001, Ray Bradbury participou de um simpósio de escritores na PLNU (Universidade de Point Loma Nazarene- San Diego, Califórnia), deixando onze conselhos para escritores novatos. Ray Bradbury, aos 88 anos (junho 2009), para o NYT: “Eu não acredito em escolas e universidades. Eu acredito em livrarias” Se você tem 15 ou 75 anos eContinuar lendo “Onze conselhos de Ray Bradbury para escritores novatos”

Uma ode à liberdade: “Trova de vento que passa”, de Manuel Alegre

O escritor e político português Manuel Alegre (Águeda, 12/05/36) faz parte do Partido Socialista português e foi opositor do ditador fascista António de Oliveira Salazar que durou 41 anos. O escritor ficou exilado na Argélia durante todo o período da ditadura portuguesa. O poema abaixo simboliza a resistência contra o governo salazarista: Trova do Vento queContinuar lendo “Uma ode à liberdade: “Trova de vento que passa”, de Manuel Alegre”

Hoje é Dia dos Professores na Espanha/Día del Maestro en España

Hoje, 27 de novembro, é o Dia dos Professores na Espanha. O Google Espanha comemora a data com um doodle muito fofo. Os jornais reproduziram e o ABC publicou um decálogo da poetisa chilena (que morou na Espanha), Gabriela Mistral (1889-1957), professora também e prêmio Nobel de Literatura em 1945. Leia o seu decálogo, “os dezContinuar lendo “Hoje é Dia dos Professores na Espanha/Día del Maestro en España”

É nosso aniversário: oito anos falando sobre boa literatura!

Quem me avisou hoje foi o WordPress: Nesse mundo virtual tão volátil, onde tudo dura pouco, orgulho- me em celebrar 8 anos no ar! E sem apelação, sem best- sellers, sem mentiras, aqui realmente os livros são lidos, não lemos apenas sinopses ou Wikipédia. Infelizmente, nem todo mundo leva a literatura a sério nesse meioContinuar lendo “É nosso aniversário: oito anos falando sobre boa literatura!”

Xícaras literárias da Vista Alegre, porcelana portuguesa

A fábrica portuguesa de porcelanas Vista Alegre é uma das mais famosas e prestigiosas do mundo. A fábrica (1920) fica na cidade de Ílhavo (Aveiro) e suas peças estão espalhadas pelo mundo todo, expostas em museus e usadas pela realeza. No entanto, essa plebeia, não resistiu e trouxe de Lisboa para o Falando em Literatura esse conjuntoContinuar lendo “Xícaras literárias da Vista Alegre, porcelana portuguesa”

Exclusivo para o Falando em Literatura: Lúcio Autran

O escritor Lúcio Autran (Rio de Janeiro, 1957) é poeta e filho do grande e saudoso Autran Dourado (Patos de Minas, 18/01/1926 – Rio de Janeiro, 30/09/2012). Lúcio escreveu este artigo, “Práticas  editoriais no Brasil: no fio da inconstitucionalidade e da ilegalidade”, extremamente necessário, uma chamada de atenção sobre a edição no Brasil. Qual o seu poder,Continuar lendo “Exclusivo para o Falando em Literatura: Lúcio Autran”

E-book grátis: “Livro do desassossego”, de Fernando Pessoa no seu 127º aniversário

Hoje é o dia de dois Fernandos que nasceram em Lisboa: Santo Antônio ( nome de batismo “Fernando”) e Fernando Pessoa. Ambos fizeram e ainda fazem milagres. Pessoa andando pelo bairro do Chiado em Lisboa Fernando Pessoa faria hoje 127 anos, faleceu jovem, aos 47 anos por causa de problemas hepáticos. Deixou- nos poemas que elevaram aContinuar lendo “E-book grátis: “Livro do desassossego”, de Fernando Pessoa no seu 127º aniversário”