O poeta Pablo Picasso

Para quem não sabe, Pablo Picasso (Málaga, 25 de outubro de 1881 – Mougins, 8 de abril de1973), além de ser um gênio da pintura, também era poeta. Hoje completa 132 anos do seu nascimento. Considerado um dos mestres da arte do século XX, sua obra é Surrealista, Cubista. Veja as mil faces do artistas, fotos muito interessantes feitas por fotógrafos renomados. Um dos livros de poemas de Pablo Picasso é “Pedaço de pele”, com dedicatória do autor: Um pouco da “loucura” modernista, caótica e inovadora do artista, sem vírgulas: Depois veio o carteiro e o cobrador de palmas e olés e o cego da paróquia e o merlo … Continuar lendo O poeta Pablo Picasso

Canecas literárias

Eu adoro tudo relacionado com o mundo da literatura, além dos livros, nossas estrelas maiores, gosto também de camisetas com frases, marcadores de páginas legais, agendas literárias e canecas com frases, como essa aqui do Saramago, que já quebrou….mimimi!  Hoje comprei duas canecas no Museo Reina Sofia, em Madri. Uma delas é a reprodução da famosa obra de Salvador Dalí, “Muchacha en la ventana” (“Mulher na janela”), de 1925, que você pode até pensar, “Ué, mas que isso tem a ver com literatura?!”. Para mim, arte é poema visual. A moça na janela é a irmã de Dalí, Ana María, … Continuar lendo Canecas literárias

“Midnight in Paris”, o filme.

Incrível, apaixonante, encantador! Woody Allen (Nova Iorque, 01- 12 -1935) “quase”* conseguiu transmitir a aura mágica da cidade de Paris no seu último filme “Midnight in Paris” (“Meia- noite em Paris”): Um americano viaja com a noiva e seus sogros à Paris. Ele, um roteirista de Hollywood, sonha em morar em Paris para terminar a sua primeira obra literária. Ele começa a andar pela noite parisina e descobre uma dimensão extraordinária; também percebe o pouco que tem em comum com a noiva e tudo toma um rumo diferente do planejado. Veja a sinopse oficial. Além da fotografia, o que mais me … Continuar lendo “Midnight in Paris”, o filme.