Resenha: “O centro das nossas desatenções”, de Antônio Torres.

(…) Com sua numerosa Corte traz a Biblioteca Nacional, com mais de 14 mil livros, além de documentos, salvos do terremoto de Lisboa, em 1795. (p.68) Por que as pessoas nascidas na cidade do Rio de Janeiro são chamadas de … Continuar lendo Resenha: “O centro das nossas desatenções”, de Antônio Torres.

Antônio Torres e a alegria

Três excelente surpresas, vamos lá! Quem me conhece sabe que o meu escritor brasileiro contemporâneo favorito é Antônio Torres. Era apaixonada por sua escritura muito antes de saber com detalhes quem era a pessoa por trás de “Essa Terra“. E acredite, … Continuar lendo Antônio Torres e a alegria