Um milhão e meio e algumas reflexões


O Falando em Literatura ultrapassou um milhão e meio  de visualizações em pleno período de hiato (mês passado). Isso já aconteceu outras vezes, eu demoro, mas acabo voltando… pelo menos enquanto houver sonhos, ideias e vida.

Sempre tive muita convicção da utilidade do blog, mas andei duvidando, passei por um período de desencanto. Um dos motivos é a cópia sem crédito, o plágio, a cópia dos textos com pequenas maquiagens ou nem isso. Outro motivo: fornecer textos mastigados e resumos/resenhas a estudantes e professores, sim, professores. Isso ajuda ou atrapalha?

Durante muito tempo não me incomodou, mas agora sim. Acho que cansei. Para continuar, tenho que resolver essas questões. Acho que resolvi. Vou dar as minhas opiniões sobre livros, mas sem fazer análise textual. Também vou incrementar a parte de divulgação, eventos e notícias literárias.

Redes sociais também me extenuam. No Facebook e Instagram, se você não tiver milhares de seguidores é como se não existisse. Números valem mais que pessoas. Não tenho paciência para isso e nem vou pagar para ter seguidores como a maioria faz. Simplesmente, não me interessa, mas, contraditoriamente,  hoje eu vim para falar de números…um milhão e meio de acessos, mas de gente real!

E como disse no princípio, aqui estarei enquanto houver vida,  irei continuar “Falando em Literatura…” essa coisa mágica e infinita.

 

 

 

 

 

Anúncios

Leitores de livros são mais atraentes, diz pesquisa


Leitores de livros são mais atraentes, segundo eHarmony.

Você sente atração por tipos intelectuais, com a casa cheia de livros, frequentadores de livrarias e bibliotecas? Hum…não é má ideia, porque isso pode fazer toda a diferença na sua vida amorosa.

O site de namoro descobriu que listar a leitura como um hobby no seu perfil de namoro é uma jogada vencedora que o torna mais atraente para o sexo oposto.

Na verdade, os dados revelaram que os homens que o enumera como interesse recebem 19 por cento mais mensagens, e as mulheres, três por cento mais.

A pesquisa revelou que os leitores de livros são mais curiosos intelectualmente e abertos às novas relações.

Os homens que mencionam “Screw It, Let’s Do It” de Richard Branson e “Like a Virgin” receberam 74% mais atenção do que aqueles que não. Esse é o magnata inglês, dono da “Virgin”.

Seguido de “A garota com a tatuagem de dragão” (36%), 1984 (21%) e “O código Da Vinci” (5%).

Para as mulheres, os maiores aumentos nas mensagens provêm da lista dos “Jogos da Fome” (44%), da “A garota com tatuagem do dragão (31%) e do “Jogo dos tronos” (30%).

Dito isto, nem todos os livros darão um impulso à sua vida amorosa. Os dados descobriram que listar a Bíblia se mostra prejudicial para ambos os sexos ao mesmo tempo, “50 tons de cinza” para mulheres recebendo 16% menos mensagens e “Harry Potter” prejudicando homens em até 55%. Ou seja, a escolha do livro é importante.

Resumindo: leitores e leitoras têm menos chances de ficarem solteiros, portanto, se você quiser arranjar um(a) namorado(a), pare de rezar para Santo Antônio e pegue um livro! 😂

A notícia é do “The Independent”.

Quer colaborar com o Falando em Literatura?


Tem vontade de publicar, mas não tem coragem? Nós te damos a oportunidade!

Resenhas críticas, artigos de opinião, crônicas, notícias, tudo o que envolve o mundo da literatura, cinema e artes em geral, tudo é muito bem- vindo!

Escreva para: falandoemliteratura@gmail.com e faça parte da nossa história!

Portrait of diligent pupil sitting on pile of books and looking at camera

Jornadas Internacionais Guimarães Rosa em Salamanca (Espanha)


Literatura Brasileira na Espanha! “Jornadas Internacionales Veredas de Guimarães Rosa: un exiliado del lenguaje común”, de 30 de setembro a 1º de outubro, promovido pela Universidade de Salamanca. Estarei lá no dia 1º, às 17h45, na Sala de Usos Múltiples, para apresentar a comunicação: “O diálogo místico nas obras de João Guimarães Rosa e Antonio Machado”. Deixo a programação, espero poder vê- los por lá! Vamos?!


1Programa Jornadas Guimaraes Rosa

2Programa Jornadas Guimaraes RosaPrograma Jornadas Guimaraes Rosa3Programa Jornadas Guimaraes Rosa5Programa Jornadas Guimaraes Rosa6Programa Jornadas Guimaraes Rosa7Programa Jornadas Guimaraes Rosa

Fofoca literária: Mario Vargas Llosa e a ex de Julio Iglesias juntos?


A notícia hoje em todas as revistas e programas de fofocas na Espanha: Isabel Presley (64 anos, há 9 meses viúva de Miguel Boyer, político, economista e professor espanhol), a primeira esposa de Julio Iglesias, mãe do famoso cantor Enrique Iglesias, mantém uma relação estreita com o Nobel da Literatura Mario Vargas Llosa (79), que acabou de completar bodas de ouro com Patrícia Vargas Llosa e celebraram em Nova York junto com toda a família.

patricia-vargas-llosa--644x362Patrícia e Llosa (foto: Efe)

A Hola diz que Vargas Llosa está separado da mulher e que ambos mantém uma relação magnífica. Só que a mulher já saiu dizendo que ficou surpresa com as fotos e sentiu pena (veja as fotos da celebração dos 50 anos do casamento do casal).

Estranho é Vargas Llosa ter acompanhado a Presley em um evento benéfico no Palácio de Buckingham, a cara da Presley, que já foi casada com três milionários. Depois, já em Madri, foram fotografados saindo de um restaurante de braços dados. O novo casal (?) se conhece há mais de 20 anos, quando Isabel entrevistou Llosa para a Revista Hola.

Verdade ou mentira? Logo vamos saber.

10001433970295jpg

O coração é assim, não, quem manda nele? Eu admiro gente que tem coragem de assumir o que sente e enfrenta as suas consequências. Viva el amor!

O Falando em Literatura virou tinta e papel: estreia na Revista BrazilcomZ


É pessoal, o Falando virou tinta e papel! O primeiro convite da Revista BrazilcomZ foi para escrever o blog sobre cinema, “PalomitaZ”, que começou no dia 30 de janeiro (gracias, Luzie!). Depois o convite estendeu- se à revista impressa, uma coluna mensal sobre literatura, que também chama “Falando em Literatura”. Muito bom poder levar um pouco do blog a outro tipo de público e em formato impresso. O primeiro artigo saiu nesse mês de abril, descontraído e em tom de humor: Você sofre de bibliofilia?

11121775_437832839705615_813321799679638233_n

10290639_437832786372287_2427561969853199121_n

E para arrematar, o pessoal da revista (Renata Barbalho, diretora e João Compasso, o editor) decidiu mudar de última hora a matéria de capa desse mês, por conta da participação do nosso editor no Big Brother Vip da Espanha. Ele entrou por alguns dias para enganar os participantes da casa (todo o público sabia), em um falso intercâmbio com os brothers do Brasil. E lembraram de mim para escrever o artigo. Se eu aceitei? Na hora! Honrada e agradecida pela oportunidade. Está aí, o moço bonito é o João Compasso, um big brother além da tela da tv. João, além de editor da BrazilcomZ, é advogado e ator. Mas não só: ele é muito solidário, criou o Silent Voices junto com Fábio Nilo, um projeto que visa ajudar pessoas, principalmente crianças, abandonadas na África e Ásia. Eles já foram voluntários em ambos continentes e fizeram coisas incríveis. Dá uma olhada no site dos meninos- Lá também você pode contribuir com ajuda financeira ou de outro tipo.

11133736_437832949705604_1888647115050055863_n

Estreia em grande estilo, matéria de capa!

11096404_437832646372301_7949016354902659054_n

O projeto Silent Voices

Aonde tem brasileiro na Espanha, tem a revista BrazilcomZ. Você pode encontrá- la gratuitamente no consulado do Brasil, em vários comércios e associações de brasileiros. Mas você que está fora da Espanha também pode ler a revista impressa de um modo virtual, clica aqui e conheça os brasileiros que andam fazendo e acontecendo na terra de Cervantes! Ah, e a revista tem duas capas, a contra- capa é na verdade, o ínício da revista em espanhol, espaço reservado também para os hispano- falantes.

Morre José Saramago aos 87 anos


O meu ídolo maior das letras portuguesas, José Saramago, foi “embora” hoje na sua residência situada na Ilha de Lanzarote,  Espanha. Acompanhava cada lançamento literário seu com grande ansiedade: “Caim”, o último. Saramago também escrevia um blog, seus posts foram reunidos em dois volumes: “O cadernos” e O caderno 2″. com prefácio de Umberto Eco.

Saramago na Ilha espanhola de Lanzarote, onde viveu até os seu último dia. (foto Pedro Walter)

Hoje a literatura portuguesa perdeu um dos seus maiores e mais originais escritores- Portugal, que muitas vezes não o entendeu, não soube aceitar as críticas, a ironia desse escritor que levou o nome de Portugal para o mundo. O escritor que começou a publicar tarde, por volta dos 60 anos, é o único que chegou ao topo, o único representante da língua portuguesa a ganhar um prêmio Nobel de literatura.

Difícil falar em Saramago no passado, porque ele está e estará presente (para sempre).