A Nobel de Literatura 2018: a polaca Olga Tokarczuc

Por causa de um escândalo sexual na academia sueca em 2018, o anúncio do Nobel de Literatura foi adiado até este mês de outubro de 2019. O nome da escritora polaca Olga Tokarczuc foi anunciado junto com o Nobel 2019, o austríaco Peter Handke, mas dele vou falar em um outro post. Olga Tokarczuc (Sulechów,Continuar lendo “A Nobel de Literatura 2018: a polaca Olga Tokarczuc”

Resenha: “Os vestígios do dia”, do Nobel Kazuo Ishiguro

Kazuo Ishiguro (Nagasaki, 08/11/1954), japonês, mas oficialmente é britânico, já que o Japão não admite dupla cidadania. Foi morar com os pais na Inglaterra quanto tinha cinco anos. É doutor em Escrita Criativa e ganhou o Nobel de Literatura nesse ano, uma escolha muito mais unânime que o anterior Bob Dylan. Ishiguro estreou como escritorContinuar lendo “Resenha: “Os vestígios do dia”, do Nobel Kazuo Ishiguro”

O britânico Kazuo Ishiguro ganha o Prêmio Nobel de Literatura 2017

O Nobel de Literatura 2017, Kazuo Ishiguro, 62 anos, é japonês, mas optou pela nacionalidade britânica em 1982. A lei japonesa não permite a dupla nacionalidade. O autor foi escolhido pela Academia, porque… “suas novelas de grande força emocional que mostram o abismo baixo nosso ilusório sentido de conexão com o mundo”. Depois do polêmicoContinuar lendo “O britânico Kazuo Ishiguro ganha o Prêmio Nobel de Literatura 2017”

Resultado da enquete: “Quem vai ganhar o Nobel de Literatura 2016”

Votaram 126 vezes na enquete: “Quem ganhará o Nobel de Literatura 2016?”. Parabéns aos sete que votaram em Bob Dylan! A pena é que não deixaram comentário no post, era obrigatório e a única forma de identificar a pessoa e seu voto. Veja os números: Resposta/ Votos/ Porcentagem Lygia Fagundes Telles (brasileira) 56- 31% AntónioContinuar lendo “Resultado da enquete: “Quem vai ganhar o Nobel de Literatura 2016””

Faleceu Imre Kertész, prêmio Nobel de Literatura 2002

O livro “Sem destino” impressionou- me profundamente. É o melhor romance que li sobre o holocausto, porque é muito real, foge totalmente do dramatismo que já vem implícito no próprio tema e que pode empobrecer a obra literária se mal dosado, porque vira clichê. Ele conseguiu relatar emoções e até pequenas felicidades no campo de concentração.Continuar lendo “Faleceu Imre Kertész, prêmio Nobel de Literatura 2002”

“No café da juventude perdida”, Patrick Modiano

(…) Às vezes te oprime o coração quando pensa nas coisas que podiam ter sido e que não foram, ainda digo agora inclusive, que a casa continua vazia esperando- nos. (Ronald, p. 128) Prepare uns sapatos confortáveis porque você vai caminhar muito pelas ruas de Paris! Livro com encanto, tom nostálgico, de memórias, mistério, de um amor inesquecívelContinuar lendo ““No café da juventude perdida”, Patrick Modiano”

Proseando na Janela com Gerson de Almeida: Do ENEM ao Nobel… nunca!

Um povo sem a sabedoria de seu passado origem e cultura: é como uma árvore sem raízes. (Marcus Mosiah Garvey) A Argentina tem cinco prêmios Nobel, nenhum em literatura. Poderia ser seis: Borges foi severamente injustiçado. E citei os argentinos mais pela birra dos brasileiros: “somos pentacampeões!”, ao olhar a galeria de notáveis argentinos devemosContinuar lendo “Proseando na Janela com Gerson de Almeida: Do ENEM ao Nobel… nunca!”

Patrick Modiano, Nobel de Literatura 2014

Ele é francês de Boulogne-Billancourt, Patrick Modiano, 69 anos, é o último Prêmio Nobel de Literatura. Ele é muito alto, muito gentil, meio desengonçado e muito tímido. Vive numa casa antiga em Paris perto do Jardim de Luxemburgo. O autor confirma que a sua infância triste é a chave de toda a sua escritura. A memóriaContinuar lendo “Patrick Modiano, Nobel de Literatura 2014”

Resenha: “Alabardas”, o último livro de José Saramago

Alabardas, alabardas, espingardas, espingardas está aqui na mão, acabou de sair do forno pela Porto Editora, o último romance inacabado do escritor português José Saramago (Azinhaga, 16/11/1922 – Lanzarote, 18/06/2010). Esse livro entrou nas livrarias de Portugal hoje, mas eu já o tinha há dois dias, e eis aqui a resenha no Falando em Literatura em primeira mão! ParaContinuar lendo “Resenha: “Alabardas”, o último livro de José Saramago”

Mario Vargas Llosa, 78 anos

Hoje, o escritor e político peruano, Mario Vargas Llosa completa 78 anos. O escritor ganhou muitos prêmios literários, entre eles o Nobel de Literatura em 2010. Filho de pais de classe média, casou-se aos 19 anos, fez doutorado na Complutense de Madrid em Filosofia e Letras, morou em vários países da Europa e também nosContinuar lendo “Mario Vargas Llosa, 78 anos”