Quatro anos sem Autran Dourado

Eu busco nesses livros as respostas para as minhas inquietações. E acredito que, quando a pessoa conhece bem a minha obra, me conhece mais do que se me conhecesse. O autor pouco importa. O mundo real tem menos importância que o mundo imaginativo. Eu procuro, sobretudo, recriar o real, para dar um outro real carregadoContinuar lendo “Quatro anos sem Autran Dourado”

Entrevista com o poeta Lúcio Autran (filho de Autran Dourado)

Para quem ainda não sabe, eu escrevo uma coluna literária (também chamada “Falando em Literatura”) na revista BrazilcomZ (impressa) na Espanha e que também pode ser lida online nesse link aqui (veja). A matéria de capa é sobre um debate polêmico, a legalização da maconha no Brasil. Na Falando em Literatura desse mês de outubro saiu umaContinuar lendo “Entrevista com o poeta Lúcio Autran (filho de Autran Dourado)”

Exclusivo para o Falando em Literatura: Lúcio Autran

O escritor Lúcio Autran (Rio de Janeiro, 1957) é poeta e filho do grande e saudoso Autran Dourado (Patos de Minas, 18/01/1926 – Rio de Janeiro, 30/09/2012). Lúcio escreveu este artigo, “Práticas  editoriais no Brasil: no fio da inconstitucionalidade e da ilegalidade”, extremamente necessário, uma chamada de atenção sobre a edição no Brasil. Qual o seu poder,Continuar lendo “Exclusivo para o Falando em Literatura: Lúcio Autran”