Bibliotecas incendiadas: os livros são um perigo?

“Biblioclasta” é o termo utilizado para designar quem não respeita e destrói livros. Na história mundial, há muitos casos de incêndios criminosos em bibliotecas. Esses ataques visam o terror e a destruição, normalmente, de um patrimônio de valor incalculável. São motivados por ódio político, religioso, ideológico, fanatismo, terrorismo, loucura. Queimar livros, deletar a escrita de um povo, é apagar daContinuar lendo “Bibliotecas incendiadas: os livros são um perigo?”