Resenha: “Bartleby e companhia”, de Enrique Vila- Matas

O prolixo Enrique Vila- Matas (Barcelona, 1948), publicou o seu primeiro livro em 1973, “Mulher no espelho contemplando a paisagem”; a última obra recém- publicada (2017), “Mac e seu contratempo”, é o 29º romance. Também é ensaísta, possui  treze livros publicados nesse estilo, … Continuar lendo Resenha: “Bartleby e companhia”, de Enrique Vila- Matas

5 de junho: aniversário de 118 anos de Federico García Lorca

Um dos maiores escritores da língua espanhola, Federico García Lorca (Fuentevaqueros, 05/06/1898 – Víznar, 19/08/1936), poeta e dramaturgo, completa hoje 118 anos de nascimento. Formado em Letras e Direito, mudou de Granada para Madri onde conheceu inúmeros intelectuais. Viajou para Nova York e … Continuar lendo 5 de junho: aniversário de 118 anos de Federico García Lorca

Antonio Colinas ganha o Prêmio Rainha Sofía de Poesia Iberoamericana

O Prémio Reina Sofía de Poesia Iberoamericana é o maior prêmio de poesia de língua espanhola, mas que inclui também poetas que escrevem em língua portuguesa, inclusive foram premiados João Cabral, Nuno Júdice e Sophia de Mello. Esse ano levou o … Continuar lendo Antonio Colinas ganha o Prêmio Rainha Sofía de Poesia Iberoamericana

25 de setembro, aniversariantes ilustres: Carlos Ruiz Zafón e Valter Hugo Mãe

A literatura contemporânea está bem representada por esses dois escritores, um espanhol e outro angolano: Carlos Ruiz Zafón (Barcelona,1964) e Valter Hugo Mãe (Henrique de Carvalho, 1971), nasceram no mesmo dia. Carlos Ruiz Zafón foto: Facebook do escritor O romancista Carlos Ruiz … Continuar lendo 25 de setembro, aniversariantes ilustres: Carlos Ruiz Zafón e Valter Hugo Mãe

O poeta louco e maldito: Leopoldo Maria Panero

Faleceu nesse mês de março o poeta Leopoldo Maria Panero  (Madri,16 de junho de 1948 – Ilhas Canárias, 5 de março de 2014). Seus pais, Leopoldo Panero e Felicidad Blanc, também eram poetas, assim como seu irmão Juan Luis Panero. Panero formou- sem em Letras na Universidade Complutense de Madri e Filologia francesa na Universidade Central de Barcelona. Foi nessa época que o escritor provou várias drogas, entre elas a heroína, que foi fonte de inspiração para vários de seus poemas. A heroína é uma das drogas mais viciantes e prejudiciais ao organismo, não provem crianças! Com duas ou três vezes … Continuar lendo O poeta louco e maldito: Leopoldo Maria Panero

Sorteio de livro!

O livro a ser sorteado é um que a nossa parceira, a editora Planeta da Espanha, nos enviou: La más bella historia de amor de Paula Cortázar, de Antonio Gómez Rufo. O livro está escrito em espanhol. Sinopse (da Editora Planeta e minha livre tradução) Daniel, um soldado espanhol, regressa ferido do Afeganistão. Uma bomba deixou o seu rosto desfigurado, mas uma cirurgia estética o converte num homem de uma beleza perfeita, abrindo portas para viver uma vida diferente. Com o que ele não conta, nem Paula, sua namorada, é com a sucessão de surpresas e acontecimentos que uma sociedade … Continuar lendo Sorteio de livro!

“Os girassóis cegos” (“Los girasoles ciegos”), de Alberto Méndez

“Superar exige assumir, não passar página ou jogar no esquecimento.”  A guerra civil espanhola (1936- 1939, e posterior ditadura que durou 37 anos) deixou muita dor e feridas (ainda) abertas. Há literatura variada a respeito, os escritores não deixam o … Continuar lendo “Os girassóis cegos” (“Los girasoles ciegos”), de Alberto Méndez