Frases para (quase) todas as ocasiões

Frases sobre literatura “O mundo acabará de ferrar- se no dia em que os homens viagem de primeira classe e a literatura no vagão de carga.” (“Cem anos de solidão”, Gabriel García Márquez). “A morte definitiva de um escritor tem lugar quando absolutamente ninguém lê seus livros. Essa é a verdadeira morte.” (José Saramago) “NãoContinuar lendo “Frases para (quase) todas as ocasiões”

Doze anos Falando em Literatura!

Doze anos hoje! Sem dúvida, o “Falando em Literatura” é um dos blogs (senão “o” blog) mais longevos do panorama literário. Ele começou como um espaço de interação para os meus aprendizes de língua portuguesa na Espanha. O original era “A última flor do Lácio”. Mudei o nome e também o conteúdo. O forte doContinuar lendo “Doze anos Falando em Literatura!”

Leitura: “Estatuto do amor”, de Nélida Piñón

Está acontecendo um movimento literário mundial de leitura de textos e eu não quis ficar de fora. Escolhi para o primeiro #leituraemcasa do Falando em Literatura, um muito emocionante e forte (eu sempre choro quando leio): “Estatuto do amor”, de Nélida Piñón. A leitura você pode ver no meu canal do YouTube, que estava semContinuar lendo “Leitura: “Estatuto do amor”, de Nélida Piñón”

Você já roubou um livro?

Eu nunca roubei um livro. Aliás, nunca roubei nada. Já fui roubada algumas vezes, isso sim. Quando eu tinha 11 anos , peguei uma caneta de quatro cores no escritório do meu tio e a levei comigo, “ele tem tantas, acho que não tem problema”. A caneta era linda, nunca tinha visto uma daquelas, eraContinuar lendo “Você já roubou um livro?”

O nosso final tem que ser feliz #fiqueemcasa

Para quem está desatualizado, eu tentei mudar o foco do blog para algo mais amplo, não só voltado para livros. Tinha começado o “De Passagem”, mas perdi o estímulo. O Falando em Literatura já é uma marca forte e eu senti dificuldade em deixá- la para trás, afinal, este blog já é um clássico. EsclarecendoContinuar lendo “O nosso final tem que ser feliz #fiqueemcasa”

O Falando em literatura vai mudar!

Porque mudanças são necessárias…livros sim, mas também imigração, opinião, lifestyle, viagens, e o que nos ocorrer. Feliz 2020!

Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Um dos melhores livros lidos este ano: “O Buda dos subúrbios”, obra clássica contemporânea do inglês Hanif Kureishi. Eu já li outros dois livros do autor “A última palavra” e “Intimidade”, sugiro que você coloque este autor na sua lista de leituras, ele é MUITO bom! Eu tive a oportunidade de estar pessoalmente com HanifContinuar lendo “Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi”

O mito de sísifo, de Albert Camus

Eu acabei de ler este livro fantástico, mas eu não vou te contar sobre ele. Não vou contar se é prosa ou poesia, se é ensaio, conto, biografia, crônica ou romance. Não vou contar o seu contexto histórico ou se é literatura fantástica. E nem vou te contar quem é, ou foi, Albert Camus. EstáContinuar lendo “O mito de sísifo, de Albert Camus”

Facilitando nossa vida: suportes para livros

Não há nada mais irritante do que um livro que não para aberto quando você está trabalhando, estudando ou fazendo algum trabalho universitário/ escolar. Aí fazemos aquelas improvisações que nem sempre dão certo: colocar a caneca cheia de café na página do livro para segurar, colocar outros tipos de pesos em cima, o que podeContinuar lendo “Facilitando nossa vida: suportes para livros”

Quantos livros você lê por ano?

Que tipo de leitor você é? Lê muito ou pouco? Por obrigação ou prazer? Lê livros inteiros ou só fragmentos? Lê só nas férias? Lê em todos os lugares, até de pé no ônibus ou metrô? Detesta ler, mas sabe que é necessário? Que tipo de leitores são as brasileiras e brasileiros?