Resenha: Flores tardias (Late bloomers), de Brendan Gill

Livro é uma coisa que me deixa muito feliz. Vou mostrar uma joinha que encontrei perdida “no tempo”. Nunca é tarde para tentar, recomeçar, ir atrás do que você deseja, e digo sem hipocrisia, eu acredito mesmo nisto. Não existe uma idade determinada para as coisas acontecerem, cada sujeito é único e tem seu tempoContinuar lendo “Resenha: Flores tardias (Late bloomers), de Brendan Gill”

Nove anos Falando em Literatura!

Nove anos. Eu nunca fiz e acho que nunca vou conseguir fazer o blog “dos meus sonhos”, que seria com atualizações diárias. Não dá. Ler exige tempo. Ler do jeito que eu leio, sem pular páginas, criticamente, pensando sobre a obra para tentar resumir depois em uma resenha, não é coisa ligeira. Fora que nemContinuar lendo “Nove anos Falando em Literatura!”

Resenha: “Boa noite a todos”, de Edney Silvestre

Em “Boa noite a todos” (2014), o escritor, apresentador e jornalista Edney Silvestre (Valença, Rio de Janeiro, 27/04/1950) conseguiu encontrar um ponto de intersecção importante, onde todos somos iguais, sujeitos despidos de vestes (literalmente), convenções, dinheiro e poder. Nada material importa. O autor resgatou o Humanismo, colocou o ser humano sozinho no palco, na sua essência original,Continuar lendo “Resenha: “Boa noite a todos”, de Edney Silvestre”

Resenha: “Pedro”, Luiz Taques

Luiz Taques(Corumbá, Mato Grosso do Sul, 1958) é um jornalista e escritor que vive em Londrina (Paraná). Sua obra consta de dois livros de contos, um infantojuvenil e o último, “Pedro”(2013), romance. Eu não costumo aceitar livros de escritores desconhecidos, porque as experiências anteriores foram 99% negativas. A maioria nem cheguei a colocar no blogContinuar lendo “Resenha: “Pedro”, Luiz Taques”

Resenha: Vidas provisórias, Edney Silvestre

Sabe aquele cara competente e bonitão da Globo, voz linda, jornalista consagrado e conhecido por todos? Sim, esse mesmo, Edney Silvestre ou Edney Célio Oliveira Silvestre (Valença, Rio de Janeiro, 27 de abril de 1950). Edney também é um baita escritor de ficção, talvez a melhor faceta de Edney entre tantas geniais! O talento para a escritura começou quandoContinuar lendo “Resenha: Vidas provisórias, Edney Silvestre”