Histórias curiosas da literatura

Os bastidores e curiosidades do mundo literário podem te surpreender: quem foi o autor latino- americano que deu um soco na cara de outro grande escritor, porque o ex- amigo havia “dedurado” à sua esposa sobre o affair com uma modelo americana? Qual grande autor irlandês pegou sífilis em um bordel e contagiou a esposaContinuar lendo “Histórias curiosas da literatura”

Resenha: Literati, de Barry McCrea

“Literati” lembra “Illuminati”, a sociedade secreta do século XVII, a qual Goethe e outros “iluminados” fizeram parte. Foi a única dedução que fiz sobre o livro a priori, pois não sabia absolutamente nada sobre o autor e a obra, só tinha o título e a sinopse: “Parecia um inocente jogo literário e acabou tornando- seContinuar lendo “Resenha: Literati, de Barry McCrea”

The Consciousness Effect: Representation of Subjectivity in Virginia Woolf’s To the Lighthouse and James Joyce’s Ulysses

Falando em Literatura in english? Yes! Elton Uliana‘s article, he’s Brazilian, bachelor of English Literature from University Birkbeck College, University of London. Enjoy! The Consciousness Effect: Representation of Subjectivity in Virginia Woolf’s To the Lighthouse and James Joyce’s Ulysses  A sudden light transfigures a trivial thing, a weathervane, a windmill, a winnowing flail, the dust inContinuar lendo “The Consciousness Effect: Representation of Subjectivity in Virginia Woolf’s To the Lighthouse and James Joyce’s Ulysses”

Sobre as traduções de “Ulisses”, de James Joyce

A tendência brasileira à “totemização” começou como uma febre. Febrezinha tratável, algo normal se tratando do país onde brotam mais celebridades do que bandos de refugiados em caminhões pela Europa. Com o passar do tempo tornou-se necessário um estudo patológico aprofundado dessa doença. Sou completamente a favor de pesquisas detalhadas, pena não poder servir deContinuar lendo “Sobre as traduções de “Ulisses”, de James Joyce”

Clube de Leitura: “Dublinenses”, de James Joyce por Ludmila Aguiar

Excelente resenha da Ludmila, ela conta um pouco sobre a estrutura da obra, a época, a história, dessa forma situa o leitor no tempo e espaço, además de colocar as suas impressões pessoais, veja: RESENHA – DUBLINENSES, DE JAMES JOYCE, POR LUDMILA AGUIAR   Os 15 contos presentes em Dublinenses começaram a ser escritos noContinuar lendo “Clube de Leitura: “Dublinenses”, de James Joyce por Ludmila Aguiar”

Clube de Leitura: “Dublinenses”, de James Joyce por Teorema dos Sonhos (Lotthar Vlozian)

Fico feliz com a participação dos leitores do blog. Uma resenha muito boa, num tom poético, com várias conclusões pessoais, leia: James Joyce Resenha do livro Dublinenses de James Joyce por teorema dos sonhos (Lotthar Vlozian) A morte, uma lembrança e um cálice quebrado. O sonho seria sempre um aviso para acontecimentos reais. O sorrisoContinuar lendo “Clube de Leitura: “Dublinenses”, de James Joyce por Teorema dos Sonhos (Lotthar Vlozian)”

Clube de Leitura: “Dublinenses”, de James Joyce, por Ronaldo Sérgio

Uma resenha do nosso Clube de Leitura enviada por Ronaldo Sérgio do blog Rancho das Crônicas. Ele fez uma resenha pessoal, mostrando as suas sensações ao ler “Dublinenses”, de James Joyce. A resenha é positiva, gostou dos contos. Leia: James Joyce, Dublinenses. “…Aquele cálice que ele quebrou… Aquilo foi o início de tudo. Claro, disseram queContinuar lendo “Clube de Leitura: “Dublinenses”, de James Joyce, por Ronaldo Sérgio”

“Dublinenses”, quem leu?

No ínicio de outubro escolhemos por votação a obra a ser lida no mês; “Dublinenses, de James Joyce. Já está acabando o prazo, quem quiser já pode ir mandando impressões e resenhas. James Joyce, escritor irlandês Quem quiser participar do nosso Clube de Leitura ainda dá tempo. Baixe a obra grátis.

Clube de Leitura: o livro do mês de outubro e uma dor

Enquanto eu escrevia o último post que fala sobre vida, nascimentos, meu pai fez a passagem repentinamente no Brasil, hoje faz seis dias. Não tenho muito ânimo, estou vivendo os dias mais tristes da minha vida, mas vim aqui deixar a próxima obra a ser lida, escolhida por votação: Dublinenses, de James Joyce. Essa Terra, deContinuar lendo “Clube de Leitura: o livro do mês de outubro e uma dor”

Clube de Leitura: a ressurreição!

Oba, a “bronquinha” de ontem deu certo! Amanhã postarei duas resenhas que me enviaram. Fiquem de olho! Vamos combinar a nossa próxima leitura? Dessa vez será mais democrática a escolha do livro, irei deixar uma lista abaixo e o mais votado será a obra lida e resenhada. Para quem não sabe, moro em Madri, aquiContinuar lendo “Clube de Leitura: a ressurreição!”