Resenha: “O Cortiço”, de Aluísio de Azevedo #livroparavestibular #ENEM

“O Cortiço”, de Aluísio de Azevedo, é leitura obrigatória para quem vai fazer ENEM e vestibular no Brasil. Na lista da UNICAMP para 2018 e 2019, por exemplo, consta essa obra. Mas, fora essa obrigação escolar, recomendo esse livro para todos que apreciam a boa literatura brasileira clássica. É um livraço! O livro  “O Cortiço”Continuar lendo “Resenha: “O Cortiço”, de Aluísio de Azevedo #livroparavestibular #ENEM”

Resenha: “O seminarista”, de Bernardo Guimarães #RevisitandoOsClássicos #1

“Crescent illae, et vos crescentis, amores” (“As árvores hão de crescer, e com elas haveis de crescer vós, meus amores” – Virgílio citado na p. 88) Aqui começa uma série: Revisitando os Clássicos Brasileiros. O que significa? São livros que eu já li há muito tempo e tenho vontade de reler. O tempo, a experiênciaContinuar lendo “Resenha: “O seminarista”, de Bernardo Guimarães #RevisitandoOsClássicos #1″

O que você sabe sobre Antônio Torres? Quiz!

O baiano e imortal das academias baiana e brasileira de Letras, Antônio Torres, é o tema do quiz dessa semana. Antônio Torres Flipoços 2013. Teste seus conhecimentos, divirta- se! Clique aqui!

PDF grátis: “História do negro brasileiro”, de Clóvis Moura

Um livro que serve como introdução para os estudos sobre os africanos no nosso país, da escravidão no Brasil até a sua “emancipação”.  A edição é essa: O piauiense Clóvis Moura, foi historiador, sociólogo, jornalista e professor, faleceu em 2003. Era comunista marxista e dedicou seus estudos ao negro no Brasil. Clica aqui e salvaContinuar lendo “PDF grátis: “História do negro brasileiro”, de Clóvis Moura”

Análise da obra “Vidas secas”, de Graciliano Ramos

Por Rômulo Pessanha O fim Quando pensamos no tempo, nem lembramos que tudo no mundo parece ter uma tendência ao círculo. A circunferência nos recorda os aspectos cíclicos da vida presente em tudo e de como tudo se renova e se torna ainda assim, diferente. Lembra frase de pensador famoso, aquele que dizia que quemContinuar lendo “Análise da obra “Vidas secas”, de Graciliano Ramos”