Resenha: “Uma furtiva lágrima”, de Nélida Piñón

Este é um dos melhores livros escritos em português. “Uma furtiva lágrima”, de Nélida Piñón é comparável ao “Livro do desassossego”, de Fernando Pessoa. Narrar é prova de amor. O amor cobra declarações, testemunho do que sente. Fala da desesperada medida … Continuar lendo Resenha: “Uma furtiva lágrima”, de Nélida Piñón

O dia em que eu encontrei Nélida Piñón

Os hablo como una escritora al servicio de la memoria brasileña (…) (Nélida Piñón, in “La épica del corazón”) A minha vida é comum, mas, de vez em quando, acontece algo surpreendente. Há cinco dias recebi um convite pra lá … Continuar lendo O dia em que eu encontrei Nélida Piñón

Um recado no YouTube pra vocês: oficina literária na próxima quarta!

Na próxima quarta- feira, dia 16 de novembro, os convido para uma oficina literária sobre a obra de Antônio Torres, escritor baiano, membro da Academia de Letras da Bahia e da Academia Brasileira de Letras, um dos meus escritores favoritos. … Continuar lendo Um recado no YouTube pra vocês: oficina literária na próxima quarta!

Foi você quem disse, Drummond?! Quiz!

O que você sabe sobre um dos maiores escritores modernistas do Brasil? O mineiro Carlos Drummond de Andrade nos deixou uma obra preciosa e que vale a pena ser lida e relida. Preparei um quiz rápido, sete perguntas para você … Continuar lendo Foi você quem disse, Drummond?! Quiz!

Hoje: um texto por hora e aniversário de Antônio Torres!

Hoje, lá no nosso Facebook, haverá postagens de hora em hora. Como o nosso fuso é espanhol, já começou! Curta nossa página e nossos posts, isso é importante para motivar e saber se estamos pelo caminho certo ou não. Clarice … Continuar lendo Hoje: um texto por hora e aniversário de Antônio Torres!

Download grátis: “Os sertões”, de Euclides da Cunha

Uma das maiores obras da literatura brasileira, “Os sertões”, de Euclides da Cunha, disponível para baixar no seu computador. A obra narra a história da Guerra de Canudos no sertão da Bahia e a de Antonio Conselheiro, o líder da rebelião, … Continuar lendo Download grátis: “Os sertões”, de Euclides da Cunha

“Olhos nos olhos”, crônica de Ana Maria Machado

Estamos vivendo uma época insana,  pessoas  famosas, anônimas, influentes ou não, estão em pé de guerra para defender as suas ideias. Cadê a retórica, o bom papo, a lucidez? Essa crônica de Ana Maria Machado é bastante pertinente, nos convida … Continuar lendo “Olhos nos olhos”, crônica de Ana Maria Machado

Resenha: “A casa da paixão”, de Nélida Piñón

Eu me sacrificarei ao sol. Meu corpo está impregnado de musgos, ervas antigas, fizeram mazelas e chá do meu suor, todos da minha casa. (p. 49) Esse é um trabalho fino de escritura. A obra “A casa da paixão” fala … Continuar lendo Resenha: “A casa da paixão”, de Nélida Piñón

Antônio Torres e a alegria

Três excelente surpresas, vamos lá! Quem me conhece sabe que o meu escritor brasileiro contemporâneo favorito é Antônio Torres. Era apaixonada por sua escritura muito antes de saber com detalhes quem era a pessoa por trás de “Essa Terra“. E acredite, … Continuar lendo Antônio Torres e a alegria

A ABL é branca e masculina desde 1897

Pesquisando a história da Academia Brasileira de Letras, constatei o seguinte: Dos 288 acadêmicos da ABL em toda a sua história, não existe UM negro, só alguns poucos mestiços, que para o padrão brasileiro nem são considerados negros. Índio nenhum, zero. Dos 288 acadêmicos da ABL  de toda a sua história, só ingressaram 8 mulheres. Dos 288 acadêmicos e acadêmicas da ABL, não existe, nunca existiu UMA ÚNICA mulher negra ou índia. Estatuto da ABL: Art. 2º – Só podem ser membros efetivos da Academia os brasileiros que tenham, em qualquer dos gêneros de literatura, publicado obras de reconhecido mérito ou, fora … Continuar lendo A ABL é branca e masculina desde 1897