Vinho com poesia

 “Os vinhos são como os homens: com o tempo, os maus azedam e os bons apuram.” Cícero Eu sou praticamente leiga em vinhos, sou do tipo que compra pelo rótulo, pela garrafa (os vinhos que têm o fundo côncavo são os melhores, vinhos com denominação de origem certificada, fora os selos que garantem a qualidade), pelo teor alcóolico (procuro sempre os mais baixos) e também pelo nome. E comprando pelo nome, comecei a observar que existem rótulos com títulos bem interessantes, inclusive com poemas: Os vinhos Albariños são da Galícia, e os galegos, além do espanhol, falam também o galego- … Continuar lendo Vinho com poesia