Arquivo da Categoria: Resenhas

Leitura Além das Leituras: A Decepção Com Um Escritor

por

Leitura Além das Leituras: A Decepção Com Um Escritor Por Gerson de Almeida, colaborador. É no mínimo curioso – por que não, engraçado? – como alguns escritores enganam e conseguem enganar turbas de… Continuar lendo

Resenha: “A queda”, de Albert Camus

por

 “A queda” (1956), do francês Albert Camus, pegou- me logo por causa da primeira frase do livro: Posso oferecer- lhe os meus serviços, meu caro senhor, sem me tornar inoportuno? (p.7) Um livro… Continuar lendo

“O amor assim, cura tudo”, uma análise do conto”Substância”, de Guimarães Rosa

por

Por Rômulo Pessanha Essência O texto que segue é sobre um pouco de brincadeira e diversão sobre Substância, conto que integra Primeiras Estórias de João Guimarães Rosa. Ah, o amor! Ai dessas claridades… Continuar lendo

Antonio Colinas ganha o Prêmio Rainha Sofía de Poesia Iberoamericana

por

O Prémio Reina Sofía de Poesia Iberoamericana é o maior prêmio de poesia de língua espanhola, mas que inclui também poetas que escrevem em língua portuguesa, inclusive foram premiados João Cabral, Nuno Júdice e… Continuar lendo

Análise da obra “Vidas secas”, de Graciliano Ramos

por

Por Rômulo Pessanha O fim Quando pensamos no tempo, nem lembramos que tudo no mundo parece ter uma tendência ao círculo. A circunferência nos recorda os aspectos cíclicos da vida presente em tudo… Continuar lendo

Resenha: “Olhai os lírios do campo”, de Érico Veríssimo

por

De que serve construir arranha- céus se não há mais almas humanas para morar neles? (…) E quando o amor ao dinheiro, ao sucesso nos estiver deixando cegos, saibamos fazer pausas para olhar… Continuar lendo

Resenha II: Dom Quixote de La Mancha

por

A resenha era pra ser do capítulo I ao X, mas a edição de uma revista na Espanha arrebatou totalmente o meu tempo. Fica aqui um pouco da bio de Cervantes e a… Continuar lendo

Resenha I- Dom Quixote de La Mancha

por

Dom Quixote de La Mancha começa bem curioso e engraçado. Uma série de protocolos da época, uma carta de Cervantes ao rei, uma do rei, carta do escrivão, de um licenciado em Letras que… Continuar lendo

Marcelino Freire e Dalton Trevisan: O (In)feliz e Controverso Encontro da Concisão

por

Por Gerson de Almeida Quando o sebo aqui do centro da cidade (Jaraguá do Sul – SC) pensar em premiar seu frequentador mais assíduo, não tenho dúvidas de que serei o escolhido. E… Continuar lendo

A culpa é de Nabokov (ou uma crítica da crítica)

por

Sim! É isso mesmo: a culpa é de Nabokov. Quem leu seu livro com as Lições de Literatura Russa que promoveu em conferências e lecionou nos Estados Unidos, logo entenderá minha sanha momentânea.… Continuar lendo

Resenha: “A casa da paixão”, de Nélida Piñón

por

Eu me sacrificarei ao sol. Meu corpo está impregnado de musgos, ervas antigas, fizeram mazelas e chá do meu suor, todos da minha casa. (p. 49) Esse é um trabalho fino de escritura.… Continuar lendo

O Arquipélago de Maisnardi

por

Diogo Mainardi é aquele que de tanto atazanar o governo d’O Chefe, Lula, (excelente atazanação, por sinal, feita como poucos, para não dizer: como ninguém mais soube fazer. Primeiro porque falta coragem; segundo… Continuar lendo

Colisões Bestiais (Particula)res, de Kátia Gerlach

por

Kátia Gerlach é uma carioca radicada em Nova York, estreou em 2009 com “Forrageiras de jade” , “Forasteiros” (2013) e este ano lançou Colisões Bestiais (Particula)res, livros de contos.  Surpreendeu muito, tanto positivamente, quanto negativamente,… Continuar lendo

Resenha: O ritual dos Chrysântemos, de Celso Kallarrari

por

Foi preciso que um jovem sacerdote ortodoxo nascido em Aral Moreira, Mato Grosso do Sul, viesse sacudir a roseira – abatida e sem rosas – da literatura baiana para despertá-la da prostração em… Continuar lendo