Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Um dos melhores livros lidos este ano: “O Buda dos subúrbios”, obra clássica contemporânea do inglês Hanif Kureishi. Eu já li outros dois livros do autor “A última palavra” e “Intimidade”, sugiro que você coloque este autor na sua lista … Continuar lendo Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Entrevista com o poeta Lúcio Autran (filho de Autran Dourado)

Para quem ainda não sabe, eu escrevo uma coluna literária (também chamada “Falando em Literatura”) na revista BrazilcomZ (impressa) na Espanha e que também pode ser lida online nesse link aqui (veja). A matéria de capa é sobre um debate polêmico, … Continuar lendo Entrevista com o poeta Lúcio Autran (filho de Autran Dourado)

A primeira escritora clássica do nosso século?

Meu presente do Dia do Livro foi “O pintassilgo”, tradução literal de “The Goldfinch”, de Donna Tartt, ainda não saiu tradução em português no Brasil, nem em Portugal. A edição em espanhol da Lumen chama- se “El jilguero”. Essa obra ganhou o Prêmio Pulitzer de Literatura 2014: O absurdo não liberta, prende. (Albert Camus) A norte- americana Donna Tartt (Greenwood, Mississippi, 23/12/1963) tem os elementos ideais para virar uma das grandes estrelas literárias do século. Dizem que a escritora é uma verdadeira enciclopédia, tem uma memória de elefante, declama poemas inteiros e cita romances franceses com grande profundidade. Seus livros viram best- sellers, … Continuar lendo A primeira escritora clássica do nosso século?

Para nós que vemos poesia em tudo

Viagem de carro Barcelona- Madri. Parada em posto de gasolina em Zaragoza. Pacote de balas ao acaso. No carro, vejo que as balinhas chamadas “adoquines” têm algo especial: a imagem da Virgen del Pilar e um desenho tipíco da terra de Calatayud em Zaragoza. Uma bala tradicional dura com sabores de frutas. Abro. Dentro de cada uma existe um poema feito para cantar, poemas populares espanhóis, “coplas”, músicas tradicionais andaluzas que normalmente são acompanhadas por uma dança chamada “jota”. Ya pues ponerte manico otra nariz y otra cara porque ha maridao el alcalde que se arreglen las fachadas. ya nos … Continuar lendo Para nós que vemos poesia em tudo

Um passeio por Madri no Dia Internacional do Livro

Enquanto o Brasil ainda dorme, eu já fui dar um passeio por algumas livrarias de Madri nesse Dia de São Jorge. Leia como essa data passou a ser a festa do livro: você conhece a tradição espanhola de presentear flores e livros? Hoje é o dia. Todo dia é dia de leitura, mas hoje é especial. Serve para festejar, para comprar livros com descontos, presentear, agitar o mercado editorial, conhecer autores pessoalmente, pedir autógrafos, se inspirar, conhecer, ler mais ainda e pensar em literatura! Uma das minhas livrarias preferidas em Madri é a Casa del Libro da Calle Alcalá, 96. O … Continuar lendo Um passeio por Madri no Dia Internacional do Livro

Os 10 escritores Prêmios Nobel de Literatura mais populares

A lista é a oficial do próprio site do Prêmio Nobel. Hoje vai sair o nome ganhador do Nobel de Literatura 2013, vamos esperar!   1. John Steinbeck 2. Rabindranath Tagore 3. Ernest Hemingway 4. William Faulkner 5. Seamus Heaney 6. Gabriel García Márquez 7. Winston Churchill 8. Pablo Neruda 9. William Golding 10. Albert Camus Continuar lendo Os 10 escritores Prêmios Nobel de Literatura mais populares

A Feira do Livro de Madri começa nesse mês de maio

A 72ª edição da Feira do Livro de Madri começará no dia 31 de maio e vai até 16 de junho. A lista dos escritores que participarão da Feira já está disponível no site da Feira. Esse ano não vai ter país convidado, o que é uma pena, pois deixamos de conhecer autores de outros países. Será a crise? De todas as formas, podemos visitar 353 stands no Parque del Retiro, pulmão verde bem no centro de Madri. Esse é o cartaz oficial de 2013 feito pelo desenhista e fotógrafo argentino radicado na Espanha, Juan Gatti: Eu amo essa Feira, todos … Continuar lendo A Feira do Livro de Madri começa nesse mês de maio

“Orfanato portátil”, Marcelo Montenegro

Esse frio na barriga onde mora/ o que não sei dizer. (Teleférico de ternuras, p. 21) O livro chegou da minha terra, São Paulo, enviado pelo meu tio poeta, outrora revolucionário, Normando Leão, que apresentou-me o escritor Marcelo Montenegro (São … Continuar lendo “Orfanato portátil”, Marcelo Montenegro

Resenha: “Claraboia”, de José Saramago

             Claraboia: s. f. Parte envidraçada de um telhado para entrar claridade. José Saramago (Azinhaga, 1922- Lanzarote, 2010) foi o único escritor em língua portuguesa a ganhar um prêmio Nobel de Literatura. Veja a sua obra completa e biografia no site da Fundação José Saramago, que é transcrito literalmente na orelha da edição póstuma de “Claraboia” e que vem com uma falha ao não citar a primeira esposa, Ilda Reis, mãe de sua única filha, Violante (só cita Pilar del Rio). Saramago casou- se com apenas 22 anos de idade (1944) e o casamento durou 26 anos, … Continuar lendo Resenha: “Claraboia”, de José Saramago

Claraboia, José Saramago

“Claraboia” (palavra que perdeu o acento depois da reforma ortográfica) é o segundo romance de José Saramago, escrito há 40 anos, assinado por um pseudônimo e que nenhuma editora quis publicar. A  Editorial Caminho lançou o romance agora, eis a sinopse escrita pela editora: A ação do romance localiza-se em Lisboa em meados do século XX. Num prédio existente numa zona popular não identificada de Lisboa vivem seis famílias: um sapateiro com a respetiva mulher e um caixeiro-viajante casado com uma galega e o respetivo filho – nos dois apartamentos do rés do chão; um empregado da tipografia de um … Continuar lendo Claraboia, José Saramago

A mudança dos signos: veja se o seu mudou

A vida muda, o Planeta muda e até os signos mudam. Parece que as pessoas dão mais importância aos signos do que aparentam, porque nas redes sociais só se falava disso, da mudança dos signos zodiacais. Existe uma constelação chamada Ophiuchus ou Serpentário, que daria nome ao 13º signo. O astrônomo de Minessota (EUA) Parke Kunkle diz que as estrelas da Terra estão atualmente em um local diferente em relação ao Sol, e seu alinhamento equatorial não é como há 3.000 anos atrás, quando o estudo da astrologia começou, naquela época os 12 signos do zodíaco foram distribuídos em 12 diferentes períodos. Os … Continuar lendo A mudança dos signos: veja se o seu mudou

As aventuras de Gulliver, 2010

Quem não conhece a clássica história do inglês Jonathan Swift, Gulliver’s travels (1726)? Acho que todo mundo já ouviu falar do náufrago Gulliver que foi parar na terra dos pequeninos de Lilliput. A história ganhou uma releitura muito bacana para o cinema em 2010, sob a direção de Rob Letterman e uma atuação excelente de Jack Black.               As sutilezas do filme, as mensagens, essas me chamaram a atenção. O personagem de Gulliver é alguém conformado, com uma vida medíocre, havia parado no tempo. Surpreendeu- se quando chegou para trabalhar no seu departamento um … Continuar lendo As aventuras de Gulliver, 2010

O brasileiro Eduardo Saverin, co- fundador de Facebook

Depois do filme “A rede social”, muita gente pôde conhecer a história de uma das redes sociais mais populares do mundo, o Facebook, que foi criado no campus da Universidade de  Harvard, nos Estados Unidos. A ideia surgiu de um grupo de estudantes que contrataram Mark Zuckerberg para desenvolver o projeto de uma rede social que seria composta pelos amigos da universidade. Ele acabou aperfeiçoando, ampliando para outros campus e roubando a ideia para si. Deixou os colegas na mão e juntou- se com o brasileiro (isso não é citado no filme) Eduardo Saverin, seu amigo pessoal e estudante da … Continuar lendo O brasileiro Eduardo Saverin, co- fundador de Facebook

O ar em seu estado natural

Um lançamento imperdível é o livro do escritor mineiro Darlan Cunha, “O ar em seu estado natural”. O livro reúne crônicas e poemas sobre as letras do “Clube da Esquina”. Darlan é um frequentador dos botecos mineiros onde se reúnem artistas de todas as disciplinas como o grupo Giramundo (grupo de bonecos) o Sepultura, o Skank, e claro, o Clube da Esquina (Flávio Venturini, Tavinho Moura, Toninho Horta, Beto Guedes, Márcio Borges, Ronaldo Bastos, Fernando Brant, Milton Nascimento, Lô Borges e outros).     foto: Darlan Cunha       Sim, escrever este livro foi como bebericar uma cachaça com torresminhos, comer ora pro nobis com … Continuar lendo O ar em seu estado natural

Umberto Eco na Complutense

Olha que convite mais bacana! Imperdível! Umberto Eco (Alexandria- Itália, 05-01-1932) mais conhecido pelo grande público pelo livro “O nome da Rosa”, que virou filme: Ele vai apresentar seu novo livro “O cemitério de Praga”, no próximo dia 14 de dezembro, às 19:00 hs, na Universidad Complutense de Madrid. Vamos?!       “Nem todas as verdades são para todos os ouvidos”. Umberto Eco Continuar lendo Umberto Eco na Complutense

“Sherezade ya no danza”, Sandra García Colina

“O que veio primeiro, o desenho ou o texto?”, essa foi a pergunta que fiz para Sandra García Colina,  escritora/ artista plástica nascida no País Basco, Bilbao (1973). Seriam muitas outras perguntas, mas nosso encontro  marcado no Parque del Retiro foi cancelado pela escritora e essa pergunta foi respondida via Facebook.: Primero vinieron algunos de los relatos, no todos, porque son una descripción vital, como un camino que ha ido parejo. La pintura es la fotografía de la vida que Sherezade quiere tener, en algunas ocasiones y en otras los cuadros reflejan la sensibilidad y fuerza de una mujer valiente. … Continuar lendo “Sherezade ya no danza”, Sandra García Colina