Leitura: “Estatuto do amor”, de Nélida Piñón

Está acontecendo um movimento literário mundial de leitura de textos e eu não quis ficar de fora. Escolhi para o primeiro #leituraemcasa do Falando em Literatura, um muito emocionante e forte (eu sempre choro quando leio): “Estatuto do amor”, de … Continuar lendo Leitura: “Estatuto do amor”, de Nélida Piñón

Você já roubou um livro?

Eu nunca roubei um livro. Aliás, nunca roubei nada. Já fui roubada algumas vezes, isso sim. Quando eu tinha 11 anos , peguei uma caneta de quatro cores no escritório do meu tio e a levei comigo, “ele tem tantas, … Continuar lendo Você já roubou um livro?

Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Um dos melhores livros lidos este ano: “O Buda dos subúrbios”, obra clássica contemporânea do inglês Hanif Kureishi. Eu já li outros dois livros do autor “A última palavra” e “Intimidade”, sugiro que você coloque este autor na sua lista … Continuar lendo Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles

Tenho uma leve lembrança da novela “Ciranda de Pedra”, que passou na minha infância (1981), mas nada significativo em relação ao enredo, só lembro do rosto de Lucélia Santos; portanto, essa obra era como uma desconhecida para mim. Sei que … Continuar lendo Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles

Leitores de livros são mais atraentes, diz pesquisa

Leitores de livros são mais atraentes, segundo eHarmony. Você sente atração por tipos intelectuais, com a casa cheia de livros, frequentadores de livrarias e bibliotecas? Hum…não é má ideia, porque isso pode fazer toda a diferença na sua vida amorosa. … Continuar lendo Leitores de livros são mais atraentes, diz pesquisa

Resenha: “Gente feliz com lágrimas”, do português João de Melo

A primeira resenha do ano! Essa obra eu comecei a ler em dezembro, pensei que conseguiria postar no ano passado, mas a resenha saiu agora. Por isso, este livro não está na minha Lista de vinte e quatro livros para … Continuar lendo Resenha: “Gente feliz com lágrimas”, do português João de Melo

Resenha: “O seminarista”, de Bernardo Guimarães #RevisitandoOsClássicos #1

“Crescent illae, et vos crescentis, amores” (“As árvores hão de crescer, e com elas haveis de crescer vós, meus amores” – Virgílio citado na p. 88) Aqui começa uma série: Revisitando os Clássicos Brasileiros. O que significa? São livros que … Continuar lendo Resenha: “O seminarista”, de Bernardo Guimarães #RevisitandoOsClássicos #1

Resenha: “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury

451° Fahrenheit: a temperatura que o papel dos livros se inflama e queima. (epígrafe)   O americano Ray Bradbury (1920- 2012) foi romancista, contista, ensaísta, dramaturgo e roteirista, publicou “Fahrenheit 451” em 1953, livro considerado a sua obra- prima. Ray … Continuar lendo Resenha: “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury

Como ler mais rápido?

O que te impede de ler? O que te impede de ler livros extensos? Se você é do tipo que pega o livro mais fininho da biblioteca ou livraria, e ainda assim, demora semanas ou até meses para terminar o livro…não sinta- … Continuar lendo Como ler mais rápido?

O poder da alegria, do filósofo Frédéric Lenoir

A natureza nos avisa mediante um signo preciso de que alcançamos nosso destino. Esse signo é a alegria. (Bergson) Esse livro não se vende como auto- ajuda, embora possa ajudar muita gente. O autor nos convida a conhecer a alegria verdadeira … Continuar lendo O poder da alegria, do filósofo Frédéric Lenoir

Voltando…primeiro post de 2017!

Resenha do livro “Histórias da Terra e do Mar, de Sophia de Mello Breyner Andresen. Continuar lendo Voltando…primeiro post de 2017!

Falando em Literatura…férias!

Devido à intensa atividade pessoal/profissional no ano de 2016 dessa blogueira que vos fala, não foram postadas todas as resenhas que eu pretendia para esse ano. Li muito, mas de forma desordenada, fragmentada, há vários rascunhos que pretendo terminar depois das férias. … Continuar lendo Falando em Literatura…férias!

Veja como foram as oficinas dessa semana (vídeos e fotos)

Na última terça- feira, tivemos a oficina sobre Nélida Piñón e ontem (quinta) aconteceu a oficina sobre Machado de Assis na Casa do Brasil. Veja o vídeo- depoimento de Deborah Cole, que participou de TODAS as oficinas até agora: A … Continuar lendo Veja como foram as oficinas dessa semana (vídeos e fotos)

O ganhador do Nobel de Literatura 2016 é Bob Dylan!!

O cantor e compositor americano Bob Dylan (1941) é o ganhador do Nobel de Literatura 2016, o maior prêmio literário do mundo. Além do prestígio, do reconhecimento mundial e propaganda internacional (que ele nem precisa), o vencedor normalmente leva mais de … Continuar lendo O ganhador do Nobel de Literatura 2016 é Bob Dylan!!

Resenha: “O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares”

“Sonho não é, morte não é; Quem parece morrer, vive. A casa aonde nasceste, Os amigos de tua primavera, Idoso e donzela, O trabalho diário e sua recompensa, Refugiando- se em fábulas, Não se lhes pode amarrar.” (de Ralph Waldo … Continuar lendo Resenha: “O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares”

Veja a lista de livros que o presidente Obama está lendo no verão

O presidente Barack Obama dos Estados Unidos é uma simpatia, não?! Adoro a sua postura sempre correta e respeitosa, mesmo com os que o ofendem; sempre alegre, bem humorado, simples e atencioso com os cidadãos; o mesmo para a primeira- … Continuar lendo Veja a lista de livros que o presidente Obama está lendo no verão

Dez incríveis primeiros parágrafos

Um livro te pega pela capa, pelo título, sinopse, autor ou primeiro parágrafo? Eu escolho pelo autor e primeiro parágrafo. Selecionei dez primeiros parágrafos de livros que podem agarrar o leitor pela curiosidade que despertam, veja: 1.”Intimidade”, de Hanif Kureish … Continuar lendo Dez incríveis primeiros parágrafos

Dica de livro: “A festa da insignificância”, de Milan Kundera

Milan Kundera é tcheco e tem 87 anos. Muito famoso pela obra “A insustentável leveza do ser” (1983, leia a minha opinião sobre o livro em 2010). O autor não é só romancista, já experimentou vários gêneros literários:  a poesia, ensaio, … Continuar lendo Dica de livro: “A festa da insignificância”, de Milan Kundera

Resenha: Orlando, de Virgínia Woolf

Embora diferentes, os sexos se confundem. Em cada ser humano ocorre uma vacilação entre um sexo e outro; e às vezes só as roupas conservam a aparência masculina e feminina, quando, interiormente, o sexo está em completa oposição com o … Continuar lendo Resenha: Orlando, de Virgínia Woolf