O ganhador do Nobel de Literatura 2016 é Bob Dylan!!

O cantor e compositor americano Bob Dylan (1941) é o ganhador do Nobel de Literatura 2016, o maior prêmio literário do mundo. Além do prestígio, do reconhecimento mundial e propaganda internacional (que ele nem precisa), o vencedor normalmente leva mais de … Continuar lendo O ganhador do Nobel de Literatura 2016 é Bob Dylan!!

Dez incríveis primeiros parágrafos

Um livro te pega pela capa, pelo título, sinopse, autor ou primeiro parágrafo? Eu escolho pelo autor e primeiro parágrafo. Selecionei dez primeiros parágrafos de livros que podem agarrar o leitor pela curiosidade que despertam, veja: 1.”Intimidade”, de Hanif Kureish … Continuar lendo Dez incríveis primeiros parágrafos

Agenda de feiras de livros no Brasil (Agosto/Setembro) e algum desabafo

Veja as feiras de livros que estão acontecendo agora ou que começarão em setembro: 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, de 26 de agosto a 4 de setembro (site) Eu fiquei tão constrangida quando vi a lista de “autores” … Continuar lendo Agenda de feiras de livros no Brasil (Agosto/Setembro) e algum desabafo

Está chegando: 75ª Feira do Livro de Madrid (com uma “pitada” de desânimo)

Feiras de livros são oportunidades fantásticas para conhecer todos os tipos de autores, de todos os gêneros e lugares. A Feira do Livro de Madri, cidade onde moro, dura 22 dias e, normalmente, traz um país convidado. Esse ano: a … Continuar lendo Está chegando: 75ª Feira do Livro de Madrid (com uma “pitada” de desânimo)

Quer colaborar com o Falando em Literatura?

Tem vontade de publicar, mas não tem coragem? Nós te damos a oportunidade! Resenhas críticas, artigos de opinião, crônicas, notícias, tudo o que envolve o mundo da literatura, cinema e artes em geral, tudo é muito bem- vindo! Escreva para: … Continuar lendo Quer colaborar com o Falando em Literatura?

Sete anos do Falando em Literatura na Feira do Livro de Madri

O nosso Falando em Literatura começou há 7 anos com o nome de “A última flor do Lácio”. Surgiu como um blog para os meus alunos de português na Espanha, para que eles praticassem o nosso idioma. Depois transformou- se, … Continuar lendo Sete anos do Falando em Literatura na Feira do Livro de Madri

4. Livrarias de Madri: “El Corte Inglés” da Praça do Sol

Essa livraria é de fácil acesso para o turista que chega na cidade de Madri. Ela fica situada na Plaza del Sol, com entrada lateral pela Calle de Preciados, no coração da cidade. A Plaza del Sol com a estátua de … Continuar lendo 4. Livrarias de Madri: “El Corte Inglés” da Praça do Sol

Livrarias de Madri (3ª): “Pasajes”

A livraria internacional Pasajes (“Passagens”) é especializada em livros em outros idiomas, mas como sempre, o português é muito pouco privilegiado, uma estante pequena com uma maioria de escritores portugueses e três ou quatro livros de escritores brasileiros. Clarice Lispector, … Continuar lendo Livrarias de Madri (3ª): “Pasajes”

Livrarias de Madri (2): “La Central de Callao”

A primeira livraria La Central foi inaugurada em Barcelona em 1995 e foram abertas mais cinco lojas, duas em Barcelona e três em Madri. A de hoje fica no centro, no bairro Callao em uma casa- palácio de 1.200 m2, possui mais de … Continuar lendo Livrarias de Madri (2): “La Central de Callao”

Clube de leitura do Falando em Literatura

Buscando uma forma mais dinâmica e interativa com todos vocês, quero fazer uma proposta aos leitores do Falando em Literatura: um clube de leitura onde possam fazer parte de todo o processo leitura- resenha. Essa é uma forma também de … Continuar lendo Clube de leitura do Falando em Literatura

O poema “Instantes” não é de Borges

Há muitos anos vem sendo reproduzido o poema “Instantes” como do poeta argentino Jorge Luis Borges. Basta olhar alguma antologia do escritor para comprovar que esse poema não existe entre seus escritos. O poema “rola” pela Internet e até em … Continuar lendo O poema “Instantes” não é de Borges

Diálogo com o século XXII

Nós estamos (pelo menos eu estou) em uma profunda reflexão sobre o que passou na história da literatura e sobre o que está acontecendo agora. Qual é a nossa história? O que estamos “cozinhando” nesse momento? Quais as dimensões e … Continuar lendo Diálogo com o século XXII

Livraria com charme: La central (Callao, Madri)

A livraria espanhola La Central foi fundada em 1995 em Barcelona, possui umas lojas encantadoras. É uma das minhas livrarias preferidas, pois encontro literatura brasileira original, coisa que não é tão fácil por aqui. Visitei ontem a loja que fica no centro de Madri, na Plaza de Callao e fiquei admirada em ver tantos escritores brasileiros traduzidos, coisa recente. Lêdo Ivo na mesa dos recomendados pela livraria: O edifício é belo e antigo, com uma arquitetura cheia de encanto: A foto da janela na janela: Detalhe das paredes: O teto: A escadaria e à direita “El garito”, uma sala para eventos … Continuar lendo Livraria com charme: La central (Callao, Madri)

A festa da rosa e do livro: Dia Internacional do Livro, 23 de abril

Você sabe porquê o dia 23 de abril é o Dia Internacional do Livro? É uma tradição que vem desde a Idade Média na Espanha, na região da Catalunha (que compreende as províncias de Barcelona, Gerona, Lérida e Tarragona). No dia 23 de abril, dia de São Jorge (Sant Jordi, em catalão), padroeiro da Catalunha, a tradição é presentear as pessoas queridas com flores e livros. E como no mês de abril faleceram William Shakespeare (dramaturgo inglês), Josep Pla (escritor catalão) e Miguel de Cervantes (escritor espanhol), a UNESCO decidiu, em 1995, fixar a data como o Dia Mundial do Livro. O governo espanhol … Continuar lendo A festa da rosa e do livro: Dia Internacional do Livro, 23 de abril

Alfonsina Storni, poetisa argentina

Amo los cielos claros, los pastos frescos,  los campos dorados, las delicadas manos,  las frentes amplias, las almas pulcras… Hoje completa 75 anos do falecimento da poetisa Alfonsina Storni (Sala Capriasca, Suíça 29 de maio de 1892 – Mar del Plata, Argentina, 25 de outubro de 1938). Nasceu na Suíça, mas imigrou para a Argentina ainda criança com seus pais. Foi professora infantil numa área rural na Argentina.  Alfonsina ajudou a criar uma associação de escritores, era amiga de muitos deles, como Horacio Quiroga, que suicidou- se e isso abalou muito a poetisa. O rogo Senhor, Senhor, faz já tanto tempo, um dia Sonhei um amor como jamais pudera Sonhá-lo … Continuar lendo Alfonsina Storni, poetisa argentina