Você já roubou um livro?

Eu nunca roubei um livro. Aliás, nunca roubei nada. Já fui roubada algumas vezes, isso sim. Quando eu tinha 11 anos , peguei uma caneta de quatro cores no escritório do meu tio e a levei comigo, “ele tem tantas, … Continuar lendo Você já roubou um livro?

Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Um dos melhores livros lidos este ano: “O Buda dos subúrbios”, obra clássica contemporânea do inglês Hanif Kureishi. Eu já li outros dois livros do autor “A última palavra” e “Intimidade”, sugiro que você coloque este autor na sua lista … Continuar lendo Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

“A expulsão do diferente”, do filósofo Byung- Chul Han

O filósofo sul-coreano Byung- Chul Han (Seul, 1959), foi um grato descobrimento. O autor fala sobre problemas dos nossos dias e eu acabei fazendo uma reflexão sobre alguns deles. Ele começa dizendo em “La expulsión de lo distinto” (“A expulsão do … Continuar lendo “A expulsão do diferente”, do filósofo Byung- Chul Han

Resenha: “A livraria”, de Penelope Fitzgerald

Depois de ter assistido o filme (leia a resenha aqui), fiquei com vontade de ler a obra que inspirou a diretora espanhola Isabel Coixet, “A livraria”. “A livraria” (1996) foi dividida em dez capítulos e é uma obra com fundo … Continuar lendo Resenha: “A livraria”, de Penelope Fitzgerald

Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles

Tenho uma leve lembrança da novela “Ciranda de Pedra”, que passou na minha infância (1981), mas nada significativo em relação ao enredo, só lembro do rosto de Lucélia Santos; portanto, essa obra era como uma desconhecida para mim. Sei que … Continuar lendo Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles

Resenha: “O Cortiço”, de Aluísio de Azevedo #livroparavestibular #ENEM

“O Cortiço”, de Aluísio de Azevedo, é leitura obrigatória para quem vai fazer ENEM e vestibular no Brasil. Na lista da UNICAMP para 2018 e 2019, por exemplo, consta essa obra. Mas, fora essa obrigação escolar, recomendo esse livro para … Continuar lendo Resenha: “O Cortiço”, de Aluísio de Azevedo #livroparavestibular #ENEM

Lista de obras de leitura obrigatória  FUVEST 2018

Lista de obras de leitura obrigatória  FUVEST 2018 Nome do livro Autor Iracema José de Alencar Memórias Póstumas de Brás Cubas Machado de Assis O Cortiço Aluísio de Azevedo A cidade e as serras Eça de Queirós Vidas secas Graciliano … Continuar lendo Lista de obras de leitura obrigatória  FUVEST 2018

Resenha: “O seminarista”, de Bernardo Guimarães #RevisitandoOsClássicos #1

“Crescent illae, et vos crescentis, amores” (“As árvores hão de crescer, e com elas haveis de crescer vós, meus amores” – Virgílio citado na p. 88) Aqui começa uma série: Revisitando os Clássicos Brasileiros. O que significa? São livros que … Continuar lendo Resenha: “O seminarista”, de Bernardo Guimarães #RevisitandoOsClássicos #1

Resenha: “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury

451° Fahrenheit: a temperatura que o papel dos livros se inflama e queima. (epígrafe)   O americano Ray Bradbury (1920- 2012) foi romancista, contista, ensaísta, dramaturgo e roteirista, publicou “Fahrenheit 451” em 1953, livro considerado a sua obra- prima. Ray … Continuar lendo Resenha: “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury

Como ler mais rápido?

O que te impede de ler? O que te impede de ler livros extensos? Se você é do tipo que pega o livro mais fininho da biblioteca ou livraria, e ainda assim, demora semanas ou até meses para terminar o livro…não sinta- … Continuar lendo Como ler mais rápido?

PDF grátis: “O ente e a essência”, de São Tomás de Aquino

O opúsculo* “O ente e a essência” (PDF GRÁTIS AQUI), provavelmente escrito entre 1252 e 1256, é como se fosse um panfleto, só tem 48 páginas.  E como o próprio nome diz, a obra trata da essência das coisas, a metafísica. Incrível poder … Continuar lendo PDF grátis: “O ente e a essência”, de São Tomás de Aquino

O poder da alegria, do filósofo Frédéric Lenoir

A natureza nos avisa mediante um signo preciso de que alcançamos nosso destino. Esse signo é a alegria. (Bergson) Esse livro não se vende como auto- ajuda, embora possa ajudar muita gente. O autor nos convida a conhecer a alegria verdadeira … Continuar lendo O poder da alegria, do filósofo Frédéric Lenoir

Resenha: “Bartleby e companhia”, de Enrique Vila- Matas

O prolixo Enrique Vila- Matas (Barcelona, 1948), publicou o seu primeiro livro em 1973, “Mulher no espelho contemplando a paisagem”; a última obra recém- publicada (2017), “Mac e seu contratempo”, é o 29º romance. Também é ensaísta, possui  treze livros publicados nesse estilo, … Continuar lendo Resenha: “Bartleby e companhia”, de Enrique Vila- Matas

O brasileiro Raduan Nassar ganha Prêmio Camões 2016

O paulista Raduan Nassar (Pindorama, 27/11/1935) ganhou o Prêmio Camões 2016, o maior da nossa língua, já que engloba autores de todos os países lusófonos. A entrega do prêmio de 100 mil euros aconteceu em São Paulo ontem (sexta, 17/02), com a presença de autoridades brasileiras … Continuar lendo O brasileiro Raduan Nassar ganha Prêmio Camões 2016

Voltando…primeiro post de 2017!

Resenha do livro “Histórias da Terra e do Mar, de Sophia de Mello Breyner Andresen. Continuar lendo Voltando…primeiro post de 2017!

Veja como foi a “III Oficina Falando em Literatura” em Madri

No último dia 16 de novembro, aconteceu a oficina literária sobre a obra do escritor baiano Antônio Torres. A turma foi animada e participativa. Contei aos participantes sobre a maravilhosa trilogia do sertão: “Essa terra”, “O cachorro e o lobo” … Continuar lendo Veja como foi a “III Oficina Falando em Literatura” em Madri