PDF grátis: “Paisagens sígnicas: uma reflexão sobre as artes visuais contemporâneas”

Um bom livro que reflete sobre as artes contemporâneas sob várias perspectivas: histórica, semiótica, filosófica, que serve como introdução às artes. Possui uma boa bibliografia para ajudar na sua pesquisa. A publicação é da Universidade Federal da Bahia. Então segue o PDF grátis de “Paisagens sígnicas: uma reflexão sobre as artes visuais contemporâneas”, da professoraContinuar lendo “PDF grátis: “Paisagens sígnicas: uma reflexão sobre as artes visuais contemporâneas””

Resenha: “Uma furtiva lágrima”, de Nélida Piñón

Este é um dos melhores livros escritos em português. “Uma furtiva lágrima”, de Nélida Piñón é comparável ao “Livro do desassossego”, de Fernando Pessoa. Narrar é prova de amor. O amor cobra declarações, testemunho do que sente. Fala da desesperada medida humana. Como amar sem os vizinhos saberem? Sem tornar pública a paixão que alberga osContinuar lendo “Resenha: “Uma furtiva lágrima”, de Nélida Piñón”

Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles

Tenho uma leve lembrança da novela “Ciranda de Pedra”, que passou na minha infância (1981), mas nada significativo em relação ao enredo, só lembro do rosto de Lucélia Santos; portanto, essa obra era como uma desconhecida para mim. Sei que a novela da Globo foi um tremendo sucesso, foi reprisada e ganhou um remake emContinuar lendo “Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles”

Era bruxa Clarice Lispector?

Um livro curioso me chamou bastante atenção e quero compartilhar com vocês: O segredo de Clarice Lispector, de Marcus Deminco. Sinopse: A verdade sobre Clarice Lispector que ninguém jamais contou. Mas afinal, por que a autora era conhecida como A Grande Bruxa da Literatura Brasileira? Que espécie de vínculo Clarice teria estabelecido com o universoContinuar lendo “Era bruxa Clarice Lispector?”

Veja os finalistas do Prêmio Jabuti 2017

O Prêmio Jabuti já está na sua 59ª edição, é a mais importante premiação literária do Brasil. Dá prestígio, mas muito dinheiro não. O maior prêmio (bruto) é de 35 mil reais. Divulgaram os finalistas de 2017, são muitas categorias, vou listar abaixo só algumas,  mas você pode ler todas AQUI. Já temos listas de bonsContinuar lendo “Veja os finalistas do Prêmio Jabuti 2017”

Como inspirar pessoas que não gostam de ler

Conviver com pessoas que não gostam de ler pode ser um incômodo e provocar um conflito de interesses. O ideal é trazê- las para “o lado da luz”. Além do desafio, pode ser uma tarefa árdua inspirá- las a gostar de livros e de leitura, escolher o livro adequado pode provocar efeitos muito positivos. Pensando nisso, trago duas listas com obras queContinuar lendo “Como inspirar pessoas que não gostam de ler”

A Real Academia Espanhola de Letras

A “Real Academia Española” fundada por Juan Manuel Fernández Pacheco y Zúñiga em 1713, fica num edifício bonito atrás do Museo del Prado em Madri. A Academia regula e edita o dicionário da língua espanhola. Hoje, inclusive, a comissão da Academia está em Burgos reunida para a  24ª edição do dicionário, que engloba todos os países hispano- falantes. A Academia nãoContinuar lendo “A Real Academia Espanhola de Letras”

Voltando…primeiro post de 2017!

Resenha do livro “Histórias da Terra e do Mar, de Sophia de Mello Breyner Andresen.

O ganhador do Nobel de Literatura 2016 é Bob Dylan!!

O cantor e compositor americano Bob Dylan (1941) é o ganhador do Nobel de Literatura 2016, o maior prêmio literário do mundo. Além do prestígio, do reconhecimento mundial e propaganda internacional (que ele nem precisa), o vencedor normalmente leva mais de 1 milhão de euros (que ele também não precisa). Na minha opinião ganhou a zebra.Continuar lendo “O ganhador do Nobel de Literatura 2016 é Bob Dylan!!”

Resenha: “O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares”

“Sonho não é, morte não é; Quem parece morrer, vive. A casa aonde nasceste, Os amigos de tua primavera, Idoso e donzela, O trabalho diário e sua recompensa, Refugiando- se em fábulas, Não se lhes pode amarrar.” (de Ralph Waldo Emerson, poeta americano falecido em 1882- poema que antecede o prólogo) Uma boa safra deContinuar lendo “Resenha: “O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares””