“No café da juventude perdida”, Patrick Modiano

(…) Às vezes te oprime o coração quando pensa nas coisas que podiam ter sido e que não foram, ainda digo agora inclusive, que a casa continua vazia esperando- nos. (Ronald, p. 128) Prepare uns sapatos confortáveis porque você vai caminhar muito pelas … Continuar lendo “No café da juventude perdida”, Patrick Modiano

Resenha: “Adeus, velho”, de Antônio Torres

Adeus, velho (1981) é uma leitura que agarra desde o primeiro parágrafo, não consegui parar de ler até o final. É o sonho de todo leitor encontrar livros assim, não é?! Essa é uma história de uma família brasileira simples, mas espetacular. … Continuar lendo Resenha: “Adeus, velho”, de Antônio Torres