Feirinha permanente de livros usados em Madri

Uma tradicional feira permanente de livros usados em Madri é a da “Cuesta de Moyano” inaugurada em 1925. Ela fica num calçadão no “Paseo del Padro”, num dos lugares mais famosos da cidade, perto de todos os museus importantes e do jardim botânico. Os trinta stands de madeira, que foram passando de pai a filhos, são bem simpáticosContinuar lendo “Feirinha permanente de livros usados em Madri”

A Real Academia Espanhola de Letras

A “Real Academia Española” fundada por Juan Manuel Fernández Pacheco y Zúñiga em 1713, fica num edifício bonito atrás do Museo del Prado em Madri. A Academia regula e edita o dicionário da língua espanhola. Hoje, inclusive, a comissão da Academia está em Burgos reunida para a  24ª edição do dicionário, que engloba todos os países hispano- falantes. A Academia nãoContinuar lendo “A Real Academia Espanhola de Letras”

Novidade: lançamento da Revista ABRESCCO!

Saiu a primeira edição da revista “ABRESCCO” (“Aproximações Brasil Espanha em Cultura e Comércio”), que é uma empresa de assessoria e consultoria, criada pelo advogado Antonio Peres Junior (presidente), o empresário Joaci Goes Filho, o professor Pedro Corrales, do “Instituto de Empresas Business School” e o economista Juan Miguel Hortelano. Os quatro sócios e Luciana, esposa de Antonio Peres.Continuar lendo “Novidade: lançamento da Revista ABRESCCO!”

O novo romance do espanhol Carlos Ruiz Zafón

Quem ainda não leu “A sombra do vento” do espanhol Carlos Ruiz Zafón, coloque na lista, o livro é muito bacana! A história acontece na primeira metade do século XX, na cidade de Barcelona, a atmosfera é misteriosa, intrigante. O personagem Daniel Sampere entra em uma biblioteca, “O cemitério dos livros esquecidos”, e encontra umContinuar lendo “O novo romance do espanhol Carlos Ruiz Zafón”

5 de junho: aniversário de 118 anos de Federico García Lorca

Um dos maiores escritores da língua espanhola, Federico García Lorca (Fuentevaqueros, 05/06/1898 – Víznar, 19/08/1936), poeta e dramaturgo, completa hoje 118 anos de nascimento. Formado em Letras e Direito, mudou de Granada para Madri onde conheceu inúmeros intelectuais. Viajou para Nova York e Cuba, voltou em 1936 para a sua cidade natal, onde foi preso e fuzilado, dizem,Continuar lendo “5 de junho: aniversário de 118 anos de Federico García Lorca”

Antonio Colinas ganha o Prêmio Rainha Sofía de Poesia Iberoamericana

O Prémio Reina Sofía de Poesia Iberoamericana é o maior prêmio de poesia de língua espanhola, mas que inclui também poetas que escrevem em língua portuguesa, inclusive foram premiados João Cabral, Nuno Júdice e Sophia de Mello. Esse ano levou o poeta espanhol Antonio Colinas (León, 1946). Além de escrever poesia, ele também é narrador, ensaísta, tradutorContinuar lendo “Antonio Colinas ganha o Prêmio Rainha Sofía de Poesia Iberoamericana”

Resenha II: Dom Quixote de La Mancha

A resenha era pra ser do capítulo I ao X, mas a edição de uma revista na Espanha arrebatou totalmente o meu tempo. Fica aqui um pouco da bio de Cervantes e a resenha até o capítulo II. Um pouco da biografia de Miguel de Cervantes.  Nascido em na cidade de Alcalá de Henares, naContinuar lendo “Resenha II: Dom Quixote de La Mancha”

A biblioteca dos Templários, Ponferrada, Espanha

Há lugares no mundo que parecem mágicos, acabados de sair dos livros de contos de fadas ou dos filmes, mas que são reais, eles existem. Um desses lugares é o Castelo dos Templários em Ponferrada, Espanha.  O castelo é uma fortaleza construída no século XV por D. Pedro Álvarez de Osório, Conde de Lemos. HáContinuar lendo “A biblioteca dos Templários, Ponferrada, Espanha”

Livrarias de Madri (2): “La Central de Callao”

A primeira livraria La Central foi inaugurada em Barcelona em 1995 e foram abertas mais cinco lojas, duas em Barcelona e três em Madri. A de hoje fica no centro, no bairro Callao em uma casa- palácio de 1.200 m2, possui mais de 70.000 livros em áreas variadas como filosofía, história, ciências sociais, artes e literatura.  De uma dasContinuar lendo “Livrarias de Madri (2): “La Central de Callao””

Para nós que vemos poesia em tudo

Viagem de carro Barcelona- Madri. Parada em posto de gasolina em Zaragoza. Pacote de balas ao acaso. No carro, vejo que as balinhas chamadas “adoquines” têm algo especial: a imagem da Virgen del Pilar e um desenho tipíco da terra de Calatayud em Zaragoza. Uma bala tradicional dura com sabores de frutas. Abro. Dentro deContinuar lendo “Para nós que vemos poesia em tudo”