Leitura: “Estatuto do amor”, de Nélida Piñón

Está acontecendo um movimento literário mundial de leitura de textos e eu não quis ficar de fora. Escolhi para o primeiro #leituraemcasa do Falando em Literatura, um muito emocionante e forte (eu sempre choro quando leio): “Estatuto do amor”, de … Continuar lendo Leitura: “Estatuto do amor”, de Nélida Piñón

Leitores de livros são mais atraentes, diz pesquisa

Leitores de livros são mais atraentes, segundo eHarmony. Você sente atração por tipos intelectuais, com a casa cheia de livros, frequentadores de livrarias e bibliotecas? Hum…não é má ideia, porque isso pode fazer toda a diferença na sua vida amorosa. … Continuar lendo Leitores de livros são mais atraentes, diz pesquisa

A carta- despedida do poeta suicida Vladimir Maiakovski

O poeta e dramaturgo Vladimir Maiakovski (Georgia – antes Rússia-, 07/06/1893- Moscou, 14/04/1930) escreveu uma carta-despedida e suicidou- se com um tiro. Vladimir Maiakovski Transcrevo a carta*: A todos Ninguém é culpado da minha morte e, por favor, nada de fofocas. Ao … Continuar lendo A carta- despedida do poeta suicida Vladimir Maiakovski

“O amor assim, cura tudo”, uma análise do conto”Substância”, de Guimarães Rosa

Por Rômulo Pessanha Essência O texto que segue é sobre um pouco de brincadeira e diversão sobre Substância, conto que integra Primeiras Estórias de João Guimarães Rosa. Ah, o amor! Ai dessas claridades que nos deixam vislumbrar caminhos invisíveis. A … Continuar lendo “O amor assim, cura tudo”, uma análise do conto”Substância”, de Guimarães Rosa

Escritores do Mundo: Frédéric Beigbeder (França)

O francês Frédéric Beigbeder (Neuilly-sur-Seine, 21 de Setembro de 1965) é escritor, publicitário, crítico e  comentarista num programa da televisão francesa onde analisa a atualidade literária. Vem de uma família abastada, formou- se  Ciências Políticas aos 24 anos. É divorciado, tem namorada e uma filha chamada Chloé. Sequência de fotos do escritor na sua casa em Paris: “Depois de três anos, o casal precisa sair, cometer suicídio, ou ter filhos, o que são três maneiras de endossar um fim. ” (de “O amor dura três anos) Seu romance  99 francos foi adaptado para o cinema, o protagonista é o ator Jean Dujardin (ganhador do Oscar de melhor … Continuar lendo Escritores do Mundo: Frédéric Beigbeder (França)

Sabes algo? Nunca deixei de te amar

A minha janela lateral amanheceu assim pintada de giz, que a primeira chuva (provavelmente) vai levar. Uma súplica, um pedido, um grito de desespero. Quem alguma vez não sentiu vontade de desenhar paredes? Todos somos/fomos meninos e meninas atrás do muro, mas que acabamos sendo espectadores da nossa própria dor. Sorte de quem consegue pular o muro. “Sabes algo? Nunca deixei de te amar” Continuar lendo Sabes algo? Nunca deixei de te amar