Começou o Salão do Livro de Paris, Brasil é o convidado de honra


salao-1300

Começou ontem à noite oficialmente, o 35º Salão do Livro de Paris, com a presença do ministro brasileiro, Juca Ferreira e o francês,  Fleur Pellerin. O Brasil é o país convidado de honra. A comitiva brasileira não é das mais numerosas, 43 escritores brasileiros estão em Paris, em edições anteriores esse número quase chegou a dobrar. O Ministério da Cultura anunciou ano passado que seriam 48, que aconteceu com os outros 5?

paris

O custo para o governo brasileiro foi de 4 milhões de reais. Segundo a web do Ministério da Cultura do Brasil, o país quer aprofundar o intercâmbio cultural com a França. Juca Ferreira fez um discurso destacando a diversidade literária do Brasil:

Sinto-me muito honrado por estar ao lado de um time de escritores tão representativo da literatura brasileira contemporânea, tão representativo de sua diversidade, sob vários pontos de vista. Trouxemos para a França um panorama bem diverso da produção literária brasileira, uma boa amostra de sua qualidade”, afirmou o ministro.

Cerca de 30 traduções brasileiras serão lançadas na Feira, verba que veio das “Bolsas de Tradução”, da Fundação Biblioteca Nacional (FBN).

paris2

Imagem do Salão do Livro de Paris 2015

É notório nas livrarias espanholas um maior número de traduções de literatura brasileira nas estantes, possivelmente por causa desses incentivos do governo federal para fomentar a nossa literatura no exterior.

Veja aqui o perfil de todos os escritores brasileiros que participam do Salão do Livro.