Adeus, grande mestre. Adeus, Manoel de Barros.


Faleceu hoje em Campo Grande, o maior poeta do Brasil: Manoel de Barros, aos 97 anos.Obituario

Retrato do artista quando coisa

A maior riqueza
do homem
é sua incompletude.
Nesse ponto
sou abastado.
Palavras que me aceitam
como sou
— eu não aceito.
Não aguento ser apenas
um sujeito que abre
portas, que puxa
válvulas, que olha o
relógio, que compra pão
às 6 da tarde, que vai
lá fora, que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc.
Perdoai. Mas eu
preciso ser Outros.
Eu penso
renovar o homem
usando borboletas.

Descansa em paz, mestre!

Leia os detalhes do triste acontecimento aqui.

Anúncios

9 Comments »

  1. Definitivamente, 2014 não está para os grandes escritores. Mais um indo e menos um ficando. Assim como os outros, fará falta, muita falta. Acredito que todos estejam indo porque, talvez, lá, onde quer que seja onde eles tenham ido, seja melhor para escrever. Talvez mais calmo, ou mais inspirador, quem sabe há chá de criatividade lá?! Não sei, só sei que vai fazer falta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s