Skip to content
Anúncios

Amor


E no Dia dos Namorados no Brasil, mais que uma data comercial, deveria ser um dia de encontros, de reforçar compromissos, de celebrar o amor. Tem coisa melhor na vida que o amor?!

Felicidades se você encontrou o seu amor, mas se o perdeu ou se ainda o encontro não aconteceu, ofereço esse poema de Carlos Drummond de Andrade, “Consolo na praia”, um dos meus preferidos. O coração tem que continuar…

images

Quadro: Leonid Afremov

Vamos, não chores.

A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humour?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento…
Dorme, meu filho.

Anúncios

2 Comments »

  1. Não apenas gosto de “Consolo na Praia” como sou fã, muito fã de Drummond…

    Desde 2011, em todos os meses de maio eu separava meu livro “Antologia Poética”, de Drummond e, me deliciava, mas neste ano me vieram outros livros para ler sistematicamente e não encontrei tempo para Drummond… Mas me esbarro com alguns de seus poemas, vez ou outra… E é tão bom…

    😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: