Homenagens a Antônio Torres na sua terra natal


O clima festivo e cheio de emoções marcaram as homenagens ao escritor Antônio Torres no último sábado (26/04/2014) na sua terra natal Sátiro Dias (o antigo Junco, na Bahia). O escritor retornou ao Junco como imortal da Academia Brasileira de Letras. As fotos abaixo foram retiradas do Facebook do irmão do escritor, Tom Torres, do primo, Marcelo Torres, de Cristiana Alves, Doriane Doria e do Departamento de Cultura de Sátiro Dias:

A sequência de fotos de Tom Torres, Antônio Torres reencontrando amigos e familiares, deitado na rede na varanda, rodeado pela família e ao som de uma viola.

10277757_803869086290356_3943541026558567229_n

1557447_803869212957010_2705077221046307721_n 10007526_803867296290535_7219917401719996795_n 10155183_803855652958366_4289666113108911760_n 10258409_803855822958349_7159985356898953309_n

Uma das fotos mais bonitas e emocionantes: Antônio Torres com sua professora primária. Foto e texto de Marcelo Torres: 1496690_701103866598277_1269823349385569393_n

As homenagens que o velho Junco (atual município de Sátiro Dias-BA) fez ao romancista Antônio Torresquase "mataram" o imortal de emoção.
Na sexta, à noite, os conterrâneos foram recebê-lo ainda na estrada, no Arraial Santana. Lá, os foguetes estouravam nos céus e o povo o abraçava, feliz da vida.
De lá, cerca de 100 veículos seguiram em carreata até a praça, e os moradores apareciam às janelas ecalçadas para saudar a chegada do conterrâneo ilustre. No dia seguinte, teve missa, visita à biblioteca, aula magna, sessão solene, declamação de poesia, apresentação de grupos de pífanos e de flautistas mirins.  A cidade amanheceu cheia de faixas e painéis saudando o escritor. O jornal A Tarde estampou uma foto na primeira página. No antigo imóvel da prefeitura, uma faixa informava que ali será construída a sede própria da biblioteca.  Na igreja, onde ele foi coroinha, a missa em ação de graças foi celebrada pelo padres Arnaldo Silvestre Silva e Elias (filho da terra, padre da Paróquia de Cícero Dantas-BA). Foram fortes emoções na igreja, e em vários momentos ele chorou ao ver as representações de sua vida, sua infância, sua família.  A sua primeira professora, Serafina Gonçalves, de 98 anos, estava lá homenageando e sendo homenageada. O irmão João e a tia Nilda fizeram dois depoimentos emocionados. Lá fora, o grupo de pífanos tocava músicas que o velho Irineu, falecido pai do escritor, gostava de cantar. No pátio da biblioteca, crianças flautistas fizeram um show com músicas da infância de Torres. O menino Daniel, vestido igual ao menino Antonio Torres, recitou versos que o escritor recitava em praça pública. Ao final, Daniel falou: "Ele quando era pequeno dizia que queria ser Antônio Torres. E hoje eu digo: quando eu crescer, quero ser Antônio Torres". No almoço, oferecido pelo amigo Luiz Eudes em seu sítio,o poeta Carlos Silva fez um belo show. Ainda houve um bate papo com alunos e professores no Colégio Edgard Santos.  Depois houve sessão solene na Câmara Municipal. Ali, já exausto com a maratona, ele chegou a dizer "o imortal está mais para morto que vivo".  Enfim, no conjunto, foi uma belíssima festa.  Parabéns a Sátiro Dias, equipe da Prefeitura e prefeito Pedrito; à Câmara de Vereadores; equipes da Biblioteca, secretarias e escolas. O lugar, com certeza, está dando passos para tornar-se uma cidade de leitores - e autores!  Foi bonito e emocionante.  Parabéns às autoridades e à comunidade.

A foto de Tom Torres capta um momento de emoção do irmão ilustre com os olhos marejados na igreja:
10264760_803847032959228_5055141831037202785_n

O outdoor na cidade de Sátiro Dias (foto: Marcelo Torres):

10320407_701058163269514_4131938554628840197_n

Parte da família Torres (foto: Cristiana Alves):10322805_794486453895166_8669370778570339051_n

A parte institucional e solene, homenagem na Câmara dos Vereadores (fotos: Doriane Dória):

10325304_678400385529127_4428786365347104799_n

1798483_678398628862636_2004334858587872372_n

Muito bom ver uma terra agradecida pelo filho ilustre! Parabéns, mestre Antônio Torres!