Saia justa: discussão entre Rachel de Queiroz e Caio Fernando de Abreu

Uma entrevista/debate de Rachel de Queiroz no programa de televisão “Roda Viva”, da Cultura no dia 1º de julho 1991 (dia que faleceu o grande Paulo Mendes Campos) deu muito “pano pra manga”. Esse programa é genial, os entrevistadores eram também escritores (pelo menos nessa entrevista), inclusive o mediador, o jornalista Jorge Escosteguy (Santana do Livramento, 30 de novembro de 1946 – São Paulo, 17 de novembro de 1996) que faleceu precocemente aos 49 anos por causa de problemas cardíacos.  O entrevistado fica no meio de um palco circular e vai sendo “bombardeado” com perguntas sem nenhum tipo de censura. O programa ainda está no ar … Continuar lendo Saia justa: discussão entre Rachel de Queiroz e Caio Fernando de Abreu

O absurdo da reprodução irresponsável

A Internet trouxe muitas coisas boas, como a comunicação entre pessoas do mundo todo, a facilidade de pesquisa e a informação em tempo real. Mas também proliferou informações incorretas e duvidosas de gente que não está preocupada em ir nas fontes, documentar- se e só então reproduzir na Internet. Eu já vi vários textos atribuídos a escritores equivocados e a partir de agora vou começar a documentar e reproduzir aqui, serve como puxão de orelha. O site KD Frases é um campeão em fazer esse tipo de coisa, encontre o erro: Percebeu? Texto (supostamente) de Rachel de Queiroz com foto de … Continuar lendo O absurdo da reprodução irresponsável

Resenha: A hora do diabo, de Fernando Pessoa

A música, o luar e os sonhos são as minhas armas mágicas. (Fernando Pessoa, p.44) Este livro, “A hora do diabo”, são folhas soltas escritas por Fernando Pessoa, fazem parte do espólio do autor depositado na Biblioteca de Lisboa. Foram organizadas pela … Continuar lendo Resenha: A hora do diabo, de Fernando Pessoa

Resenha: A maçã no escuro, Clarice Lispector

(…) A amizade é muito bonita mesmo. Mas o amor é mais. Eu não podia ter amizade por um homem que eu tinha amado. (p. 206) Em “A maçã no escuro”, Clarice Lispector (Chechelnyk- Ucrânia, 10 de dezembro de 1920 – Rio de Janeiro, 9 de dezembro de 1977)  … Continuar lendo Resenha: A maçã no escuro, Clarice Lispector

Mario Vargas Llosa, 78 anos

Hoje, o escritor e político peruano, Mario Vargas Llosa completa 78 anos. O escritor ganhou muitos prêmios literários, entre eles o Nobel de Literatura em 2010. Filho de pais de classe média, casou-se aos 19 anos, fez doutorado na Complutense de Madrid em Filosofia e Letras, morou em vários países da Europa e também nos Estados Unidos. Divorciou- se e casou de novo com sua prima Patrícia Llosa, o casal tem três filhos. Sua obra em prosa é libertária e humanista, influenciada por Jean- Paul Sartre, composta por romances, ensaios e teatro. Em sua casa em Lima (2014, reportagem “El … Continuar lendo Mario Vargas Llosa, 78 anos

Três poemas concretos

A poesia concreta é uma espécie de poesia experimental em forma de ideogramas. São textos visuais que exprimem ideologias, ideias. As letras e as formas se complementam formando um todo cheio de significados. José Paulo Paes (Taquaritinga, 1926 – São Paulo, São Paulo, 9 de outubro de 1998). … Continuar lendo Três poemas concretos

O poeta louco e maldito: Leopoldo Maria Panero

Faleceu nesse mês de março o poeta Leopoldo Maria Panero  (Madri,16 de junho de 1948 – Ilhas Canárias, 5 de março de 2014). Seus pais, Leopoldo Panero e Felicidad Blanc, também eram poetas, assim como seu irmão Juan Luis Panero. Panero formou- sem em Letras na Universidade Complutense de Madri e Filologia francesa na Universidade Central de Barcelona. Foi nessa época que o escritor provou várias drogas, entre elas a heroína, que foi fonte de inspiração para vários de seus poemas. A heroína é uma das drogas mais viciantes e prejudiciais ao organismo, não provem crianças! Com duas ou três vezes … Continuar lendo O poeta louco e maldito: Leopoldo Maria Panero

Escritores do Mundo: Frédéric Beigbeder (França)

O francês Frédéric Beigbeder (Neuilly-sur-Seine, 21 de Setembro de 1965) é escritor, publicitário, crítico e  comentarista num programa da televisão francesa onde analisa a atualidade literária. Vem de uma família abastada, formou- se  Ciências Políticas aos 24 anos. É divorciado, tem namorada e uma filha chamada Chloé. Sequência de fotos do escritor na sua casa em Paris: “Depois de três anos, o casal precisa sair, cometer suicídio, ou ter filhos, o que são três maneiras de endossar um fim. ” (de “O amor dura três anos) Seu romance  99 francos foi adaptado para o cinema, o protagonista é o ator Jean Dujardin (ganhador do Oscar de melhor … Continuar lendo Escritores do Mundo: Frédéric Beigbeder (França)

O primeiro parágrafo de dez livros

Começar, quem sabe, pode ser mais importante que terminar; afinal, o primeiro parágrafo pode determinar se o leitor fica ou vai. Selecionei alguns primeiros parágrafos de obras importantes. Por que será que esses grandes escritores escolheram esses parágrafos e não outros para começarem as suas obras? O primeiros parágrafo também serve para sentir o estilo do autor e qual o tema do livro, ou seja, também serve como sinopse. 1. Machado de Assis, Iaiá Garcia: Luis Garcia transpunha a soleira da porta, para sair, quando apareceu um criado e lhe entregou esta carta: 5 de outubro de 1866. Sr. Luís Garcai- … Continuar lendo O primeiro parágrafo de dez livros