O escritor baiano Antônio Torres é o novo imortal da ABL


O mestre Antônio Torres (Sátiro Dias, 13/09/1940) agora é imortal da Academia Brasileira de Letras. Ele vai ocupar a cadeira nº 23, que era antes de Luiz Paulo Horta e que também ocupou Machado de Assis, Jorge Amado e Zélia Gattai. Os outros concorrentes eram Blasco Peres Rego, Eloi Angelos Ghio, José William Vavruk, Felisbelo da Silva e Wilson Roberto de Carvalho Almeida. Antônio Torres foi eleito com 34 votos dos 39 possíveis, quase unanimidade.

Antonio_Torres_1

Sua obra literária é madura, consistente, emocionante, rica, atributos que o levaram a esse merecido reconhecimento.

Leia a resenha do livro “Essa terra”, que é uma das coisas mais lindas que eu já li na vida.

Veja também a resenha do impressionante “Meu querido canibal”, que também tem edição espanhola.

E leia o incrível “Um táxi para Viena d’Áustria.

Eu administro a fan page do autor no Facebook (junto com o próprio, uma honra!), curte lá pessoal!

Parabéns, mestre Antônio, o senhor merece entrar para a História da Literatura e do Brasil!

UPDATE: agora que atualizaram o site da ABL (Acho que o Falando em Literatura foi o primeiro blog a dar a notícia)

Anúncios

2 Comments »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s