“O sorriso das mulheres”, Nicolas Barreau


Este livro promete muito e não cumpre com o slogan a que se propõe: “esse livro te trará felicidade”, pretensioso demais e deixou mesmo muito a desejar. O que atraiu- me foi o cenário em que é narrado: Paris. O livro é interessante para conhecer mais sobre essa cidade, inclusive traz várias receitas, especialidades da protagonista Aurélie, uma jovem chefe de cozinha, dona do restaurante Le temps des cerises:

Aurélie tem uma decepção amorosa e começa a ler um livro em que se vê totalmente retratada, inclusive o nome do seu restaurante é citado. Começa a obsessão de Aurélie pelo autor do livro, um inglês misterioso chamado Robert Miller, aparentemente arredio aos meios de comunicação, mas na verdade queria ocultar a identidade de outra pessoa, o “inglês” era um “francês”.

O jovem escritor Nicolas Barreau (Paris, 1980) filho de mãe alemã e pai francês,  trabalhou na livraria Rive Gauche até decidir ser escritor. Nicolas em Paris:

É apaixonado por gastronomia (paixão refletida no livro), escreveu três romances que foram sucesso na Alemanha e Itália e que, em breve, se transformarão em filme.

Este livro teve uma muito boa publicidade, foi bastante divulgado na última Feira do Livro de Madri, onde fizeram uma propaganda in loquo meio patética e atrapalhada, vista quando eu passeava pela Feira desse ano. As meninas soletraram errado o nome do livro numa “animação contagiante”:

Uma narrativa previsível, com algumas pequenas lições de como começar a escrever um livro, mas nada excepcional.

Barreau, Nicolas. La sonrisa de las mujeres. Barcelona, Espasa, 2010. 268 páginas

 

 

Anúncios

Sorteio de livros no Falando em Literatura


Fim das férias no Brasil, recomeçamos com o sorteio de dois livros (em espanhol) enviados pela nossa parceira, a Editora Planeta (Espanha). Para participar do sorteio você tem que seguir esse blog, curtir a página do Falando em Literatura no Facebook e deixar uma mensagem aqui ou no Facebook dizendo qual dos dois você prefere:

La mujer veloz, Imma Monsó

Sinopse: Nes es una psiquiatra de cuarenta y ocho años que vive bajo la presión de una percepción del tiempo anormalmente acelerada. Hija de un cirujano de provincias, pertenece a una familia dividida en dos categorías: los Rápidos y los Lentos.

La mujer veloz es una original mirada sobre el gran mal contemporáneo: la tiranía de la inmediatez en la mayoría de ámbitos de nuestras vidas y las dificultades que tenemos para distinguir lo «importante» de lo «urgente».

«Soy rápida. No puedo evitarlo. Mi hermana lo es. Mi abuela, todo un referente en la familia, lo era. Mi padre lo era, aunque ahora ya no lo es tanto. Procedo de una estirpe en la que los que no corrían lo suficiente, eran tarde o temprano exterminados (más temprano que tarde, como comprenderéis, porque, en casa, lo que se puede hacer hoy nunca se deja para mañana). Y, si no era exterminado, se auto-exterminaba.»

La más bella historia de amor de Paula Cortázar, de Antonio Gómez Rufo

Sinopse: Daniel, un soldado español, regresa herido de Afganistán. Una bomba le ha dejado desfigurado el rostro, pero la cirugía estética lo convierte en un hombre de una belleza ideal, abriéndole las puertas para vivir una vida distinta. Con lo que él no cuenta, ni tampoco Paula, su novia, es con la sucesión de sorpresas y acontecimientos que una sociedad como la actual es capaz de provocar para satisfacer sus instintos y tratar de olvidar sus necesidades. 

Gómez Rufo desenmascara, con un lenguaje depurado hasta los huesos, la gran farsa social, proponiendo un emocionante brindis al amor.

Em breve, as resenhas das obras. O sorteio dos livros acontecerá no dia 15 de setembro de 2012. Participem e divulguem para os seus amigos!