Lêdo Ivo em Madri


No ano passado , Lêdo Ivo (Alagoas, Maceió, 18 de fevereiro de 1924), esteve em Madri apresentando o seus livros “Plenilunio” e “Rumor noturno”. O imortal ocupa a cadeira 10 da Academia Brasileira de Letras:

Foto: Ciela Fraguas

A finalidade da vida é a própria vida. Viver é aprender a viver, aliás é uma coisa que você não aprende nunca, você morre sem ter aprendido a viver.

O sotaque melodioso, nordestino, a simpatia e a risada gostosa você pode ouvir nessa entrevista do escritor concedida para a  jornalista Rita Siriaka.

E esse grande poeta brasileiro, que também é cronista,  jornalista, ensaísta e romancista, estará em Madri mais uma vez apresentando o seu livro “Calima”, na livraria La Central do Museo de Arte Reina Sofia, quarta- feira,  dia 13 de abril, das 19:30 – 22:30.

Vamos?! E já que é abril:

Soneto de Abril

Agora que é abril, e o mar se ausenta,
secando-se em si mesmo como um pranto,
vejo que o amor que te dedico aumenta
seguindo a trilha de meu próprio espanto.

Em mim, o teu espírito apresenta
todas as sugestões de um doce encanto
que em minha fonte não se dessedenta
por não ser fonte d’água, mas de canto.

Agora que é abril, e vão morrer
as formosas canções dos outros meses,
assim te quero, mesmo que te escondas:

amar-te uma só vez todas as vezes
em que sou carne e gesto, e fenecer
como uma voz chamada pelas ondas.

Lêdo Ivo

 

Anúncios