“O ar em seu estado natural”, Darlan M. Cunha


(…) ainda se procura pela paisagem na janela, pois viajar

é mais, é cais, mesmo se a noite chegar outra vez”(p. 17)

Darlan Matos Cunha (Medina, Minas Gerais) escreve prosa e poesia. Premiado em concursos literários pelo Brasil e diz que ” o violão é amigo, traço psiquíco”.

Darlan em Minas Gerais, foto do acervo do escritor, Flickr

O escritor tem uma vasta cultura geral, faz mil referências e passeia com bastante desenvoltura pela psicologia, música, arte e a literatura. Na sua obra ele brinca com as palavras e faz uma releitura de versos de canções  do Clube da Esquina, inseridos com muita naturalidade dentro dos seus textos, fazendo brotar sentimentos e recordações através dos seus poemas e de uma esmerada prosa poética. Darlan, morador do bairro Floresta, vizinho ao de Santa Teresa, participou desse ambiente boêmio e muito rico musicalmente.

Darlan e amigos em Minas Gerais, foto do acervo do escritor, Flickr

O Clube da Esquina foi um movimento musical nascido nos anos 60 na capital mineira. Fizeram parte desse movimento o cantor Milton Nascimento, os irmãos Marilton, Márcio e Lô Borges, Flávio Venturini, Vermelho, Tavinho Moura, Toninho Horta, Beto Guedes e  Fernando Brant e outros. Essa turma ganhou recentemente o Museu Clube da Esquina, em Belo Horizonte:

Lô Borges e o governador de Minas Gerais em exercício na época da criação do Museu do Clube da Esquina (2010). Foto: Governo de Minas

Segundo o próprio autor, a foto da contracapa de “O ar em seu estado natural”, foi feita no “Bar do Bolão”, em Belo Horizonte, na Praça de Santa Teresa, onde começou o Clube da Esquina. No bar pode- se ver muitas fotos e recordações, na página 22 o autor faz referência a esse bar por sua deliciosa macarronada.

O Darlan escreve o blog Paliavana. Para quem não sabe, paliavana é um gênero de flor que só se encontra no sul do Brasil e uma espécie dela só nasce em Minas Gerais. Darlan, tal como a paliavana, é dessas espécies raras, que escrevem com alma uma literatura carregada de imagens poéticas muito bem elaboradas. Um escritor com muitos recursos literários que vale a pena conhecer e aprender.

“Fez- se noite em meu viver quando você foi embora para onde o gosto pela procura mantém de pé a criatura.” (p.  48)

Bibliografia do autor:

*ANDA (poemas), Voorara (independente)

*MÍNIMOS CONTOS ORDINÁRIOS. Ed. Voorara (independente)

*ESBOÇOS E REVESES: O SILÊNCIO (poemas). Ed. CBJE, RJ, 2008

Cunha, D. M., “O ar em seu estado natural”. CBJE, Rio de Janeiro, 2010. 75 páginas

Preço: 35 reais

Anúncios

Um comentário em ““O ar em seu estado natural”, Darlan M. Cunha Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.