Cidades Inventadas, Ferreira Gullar


Em dezembro do ano passado assisti ao seminário “Cidades Míticas e exóticas”, na Universidade Complutense de Madri; por isso, o título da obra de Gullar me chamou a atenção quando eu passeava pelas estantes da Bertrand em Lisboa no último Natal.

Todos os estudantes brasileiros já leram alguma vez os poemas de Ferreira Gullar, porque são habituais nos livros didáticos do Brasil. Consagrado pela crítica e pelo público como um dos grandes, senão o maior poeta vivo brasileiro,Gullar se aventurou no mundo dos contos extraordinários, sobrenaturais e absurdos com “Cidades Inventadas” (Publicado pela primeira vez em 1997).

A obra reúne 25 contos curtos, muitos dão a impressão de inacabados, ligeiros demais. Há algumas críticas que poderíamos transportar para a “vida real” e outros contos absolutamente incríveis, verdadeiros disparates. Outros chegam a ser infantis, como uma criança que imagina um mundo fantástico, numa brincadeira de faz- de- conta.

O que eu mais gostei, para não dizer o único que eu gostei, porque soltei umas boas gargalhadas, foi a cidade de Tyfw (p. 47), que nasceu por acaso e que era dominada por duas tribos: os Budhun, que odeiam banho, e a tribo dos al-fhaz- enz, que se perfumavam demais. Fedidos e cheirosos viviam em guerra e se odiavam.

Muita imaginação com os nomes de pessoas e lugares, nomes impossíveis de pronunciar, pouco verossímil, literatura absurda, fantástica. Não é o meu estilo. Prefiro muito mais o Gullar poeta. E na pouquíssima poesia que tem no livro, ele soltou uma frase que mostra o porquê dele ser um grande escritor. No último conto “Tuyutuya”, penúltimo parágrafo, quando um rei sente medo da morte e quer a imortalidade, mas acabou mudando de ideia quando viu a beleza da natureza, onde “as coisas todas pareciam tocadas pela eternidade” (p. 126):

“A existência é para sempre em cada momento”.

Gullar, Ferreira. Cidades Inventadas, Lisboa, Ulisseia, 2010.

Preço Bertrand (Lisboa): 14.00 euros

 

Anúncios

2 Comments »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s