Conjunto de câmara espanhol “Sonor Ensemble”


O “Sonor Ensemble” é um conjunto de câmara formado por solistas e professores da Orquestra Nacional da Espanha. Nao é um grupo com a maioria de integrantes fixos, vao mudando conforme a obra. A música deles, apesar de ser clássica, tem aquele toque pós- moderno, eles utilizam outras partes dos intrumentos que a priori nao sao para ser tocadas. Essa apresentaçao foi ontem na Universidad Complutense de Madrid:

 

 

 

 

No clarinete, Antonio Lapaz Lombardo (Madrid, 1976) foi aplaudido por mais de 5 minutos. O senhor lá atrás é o pianista Sebastián Mariné, ele tem um cd gravado com música espanhola para saxofone e piano e um cd com as sonatas de Robert Stevenson.

 

 

 

 

 

 

Essa é a islandesa Gudrún Ólafdóttir, soprano. Uma bela voz e muita teatralidade.  Ela cantou alguns versos do capítulo XX, 2ª parte de “El ingenioso Hidalgo Don Quijote de la Mancha”, de Cervantes.

 

 

 

 

 

Esse é o maestro Luis Aguirre, com um super currículum, figura importante e atuante na música clássica.

 

 

 

 

 

 

 

Esse teatro é na Complutense, “Paraninfo de la Facultad de Filología”. Pena que eu nao tive a liberdade de fotografar à vontade por causa do barulho do obturador, porque eles estavam gravando ao vivo, creio que para a RTVE e a sala tinha que ficar em absoluto silêncio. Engraçado o ataque de tosse que deu em algumas pessoas e os olhares irritados e as esperas dos músicos.

Primeiro post de dezembro. Estamos a um passo do final do ano.