“O silêncio dos amantes”, Lya Luft


Eu acho que escolheram mal o título, há algo de erótico nele  e disso o livro  tem muito pouco.  Algumas exceções muito sutis como o belíssimo “Encontros” sobre a dona-de- casa que ganha asas, ou o “Adria”, uma história de amor  dessas que não acabam nem com a morte.

“O silêncio dos amantes”, reúne 20 contos do gênero fantástico, onde o sobrenatural, o obscuro, a família,  a morte e o mistério andam de mãos dadas. Tudo parece tão veraz que nos transporta a esse mundo mágico sem percebermos e acabamos fazendo parte dele  através dos nossos próprios medos, dúvidas, dores, experiências e recordações de infância.

Nesse mundo místico criado pela Lya, existe espaço para pessoas especiais com poderes paranormais e mágicos, onde  intuição e a loucura sao permeados pelo amor- ao filho, à mãe, à irmã, ao marido, à avó. Amor que vem inexoravelmente acompanhado da dor, “A dor faz parte”-  a  última frase do livro, sentença ditada no conto que leva o mesmo da obra “O silêncio dos amantes”.

Anúncios