Quantas páginas deve ter um livro?


Está escrevendo um livro e não sabe quantas páginas deve ter? Resposta: depende do gênero literário que encaixa o seu livro. É romance, conto, crônica ou poesia?

Um livro para ser considerado romance como gênero pelo cânone literário, tem que constar entre 60.000 a 200.000 palavras ( equivale a 300 a 1200 páginas) com variações. Quando você escreve no Word, na margem inferior vai saindo a quantidade de caracteres. Cada vez menos esse parâmetro é respeitado, existem livros que se auto- intitulam romance, mas que deveriam entrar para o gênero conto, pela escassez de páginas.

O conto ou crônica dá mais liberdade, mas não recomendo que seja menos de 100 páginas. A extensão dos contos é muito variável, inclusive existem microcontos com um ou dois parágrafos.

Os livros de poesia, tal como o de contos, também é bastante volátil, pode variar bastante. Um bom número de páginas é a partir de 100.

Boa sorte com o seu livro!

Anúncios

316 Comments »

    • Eu estou pensando em escrever um tipo de novela de bolso com 110 paginas, mas não deve conter essa quantidade de palavras. Hoje em dia as pessoas evitam ler muito como no passado, e enganar o leitor com palavras difíceis sem muito significado não vende muito.
      Os textos curtos como os de internet são mais atrativos e o sensacionalismo dos romancistas, que depois apresentam linhas complexas e intermináveis somente para encher o livro acabam desanimando com o leitor. Que tipo de leitor é o alvo ?

  1. estou escrevendo um livro e ele tem por enquanto 8 páginas, e escrevi na letra tamanho 16, pretendo escrever o livro com até 20 páginas, o livro é uma aventura. O tamanho da letra está bom? E o número de páginas que pretendo escrever, está pouco ou está bom?

    OBS: é meu primeiro livro e tenho menos de 18 anos

    • Primeiramente um livro para ser diagramado (não sei se a sua intenção é publica-lo) precisa ter fonte e tamanho padrão você vai conseguir encontrar as normas no próprio site da biblioteca nacional, 20 páginas é considerado um pequeno conto, a quantidade é o de menos se o conteúdo for convidativo, mas pra ser considerado um livro tem que ter pelo menos 50.000 palavras. É um trabalho longo e até cansativo, mas quem sabe essa introdução de 20 páginas não vire um grande e bom livro?

    • boa noite estou a escrever um livro destinado para crianças, no fundo é uma aventura com um objectivo e com várias barreiras ao longo do livro
      as minhas perguntas são:
      que genero de livro seria este?
      vou em 20 paginas e tera umas 25 , estou a escrever com tamanho de letra 12 quantas paginas teria de ter para poder enviar a editoras para tentar conseguir uma publicação?
      e quantas páginas deve ter cada capitulo e numeros de capitulos?
      obrigada pela atençao

      • 245 páginas, se for para crianças. um livro deveria ter 25 capítulos, cada capítulo, 8 páginas, eu estou escrevendo um livro que vai ter 245, seu gênero é o mesmo do meu livro! e é fantasia, ficção e aventura.
        se vc escreveu 20 páginas… desculpe! mas vc escreveu um continho! por que contos tem em média 70 ou 75 páginas!

    • Veja, nunca é tarde nem cedo demais para se escrever um livro, você, como escritor, deve dedicar-se à história. Escrevi um livro de fantasia épica que poderia melhor ser classificado como um livro de contos. Usei a fonte Book Antiqua tamanho 12 e, durante seis longos meses, escrevi três contos: um de 118 págs; outro de 101-102 e o terceiro que ultrapassa as cem páginas.
      Tenho 13 anos e, se tem uma coisa que tenho a dizer-te é: nunca é tarde demais. Desde que eu, com essa idade, vi-me capaz de escrever um volume com 322 págs, evoluí em mim a certeza de que nunca é tarde.
      Um desafio mesmo é encontrar uma editora que encaixe-se perfeitamente no gênero de seu livro. Escrever, em si, é fácil.
      Segue aqui uma amostra de meu segundo livro, no qual ainda estou escrevendo:

      CAPÍTULO II – Partes III-V

      III
      Escondeu-se em uma choupana abandonada um pouco longe dos portões. Acendeu uma vela roubada e, sob a luz amarelada, pôs-se a ler o Bestiário Conhecido. O maior crime que um caçador pode cometer é o roubo, raramente roubam alguma coisa, mas Talyseth teve de fazê-lo, pois suas moedas já não eram muitas para os preços da cidade. Passou a tarde inteira lendo sobre o anglesh. Tossiu os resquícios do ar seco e, quando já sabia tudo que precisava saber; saiu pela mesma janela por onde entrou, escondendo-se de algumas tochas que passavam pelo caminho.
      Foi para uma lojinha agrícola e pediu tudo que precisava para atrair o bicho, como alho e azeite. O dono do lugar deu-lhe tudo de graça, sob a afirmação de que seria para matar o profanador de tumbas. Se fosse um necroso, seria fácil de matá-lo, se não, já estava preparado.
      Deixara o cavalo em um pequeno curral cujo dono não estava presente, por isso não preocupava-se com a montaria. Foi até o cemitério Huil e, escondendo os condimentos no gibão, sentou-se e abaixou a cabeça, simulando um esmoleiro qualquer. A ruela era movimentada por poucas pessoas, que corriam apressadamente por dois motivos: por ver o cemitério e por ver um homem armado com os cabelos cobrindo a face.
      O caçador cantarolou baixinho alguma canção famosa esperando o bater dos sinos que marcam o domínio selênico.

      IV
      Sons acrídeos moviam o ar.
      Em suas narinas estavam presentes apenas um odor úmido da vegetação que envolvia o cemitério. Ele respirou fundo e alongou seus braços e pernas.
      -Não deve ser tão difícil assim – disse ele, aguçando sua visão ao ponto de não necessitar de um lampião. – O que li pode me ajudar mais do que já sei.
      Lera a edição mais recente do livro Bestiário Conhecido, de Agnaran de Gossil, que explicava detalhadamente os passos para que o anglesh seja atraído. Pegou os ingredientes certos e estava andando em direção às tumbas e sepulturas. A luz de alguns vaga-lumes-vermelhos ofuscavam um pouco sua visão, portanto controlou-a um pouco. Não ouvia nada, absolutamente nada. Nem mais os lamentos acrídeos que ressoavam como areia em um recipiente.
      Nem a música dos tímidos passarinhos noturnos, nem o alarido que ressonava das árvores movidas pelo frio e frugal sopro. Um silêncio mórbido que não o assustava. Aguçou a visão novamente quando mais profundo no cemitério estava.
      Pegou o alho e o azeite e os colocou sob uma das tumbas, com o maior cuidado para respeitar o local de descanso dos que partiram. Desembainhou sua espada de prata-sagrada e a pôs também sobre a tumba, preparou-a ali e pegou os ingredientes; esmagou o alho e encharcou-o com o azeite, depois jogou a mistura um pouco à sua frente, e agachou-se, escondido pela estrutura da tumba, ficou ali e esperou.

      V
      “Tek-tek”
      Ele levantou um pouco a cabeça para olhar. Não viu nada.
      “Tek-tek”
      Aprimorou ao máximo sua visão, gastando sua energia de maneira desnecessária, pois um brilho violeta tornou-se visível, o brilho movia-se perto do chão.“Tek-tek”, era o som dos galhos caídos no chão quebrando-se.
      O caçador deslizou em silêncio pela aresta da tumba pétrea, e pegou lentamente a espada, sem tirar os olhos da silhueta que acabara de surgir, banhada pela escuridão. Era numa hora daquelas em que um lampião poderia ser útil, mas ele acredita que o mesmo revela sua localização muito facilmente. Ele respirou calmamente e agarrou o pomo, levantando-se e, girando mais rápido que uma flecha, remoinhou o brilho sobre o pescoço da criatura, mas acertou o ar, justamente por isso, deu uma cambalhota sobre o ombro esquerdo, vendo um vulto pálido cruzar as garras sobre sua omoplata direita, sem a atingir.
      Viu o fulgor purpúreo, mas não era o de sua marca.
      Levantou-se rapidamente e, quase imediatamente, recitou “leh” em sua mão direita e, mesmo sendo destro, segurou a espada na mão esquerda. A luz permitia-o ver toda a relva cinzenta; tumbas e um energético vulto pálido correndo sob quatro membros. Não o via devido à sua velocidade, apagou a luz e deu uma cambalhota para trás. Mas terminara de girar e recitara “esh”. Permaneceu o mais estático que podia enquanto seu corpo camuflava-se. A criatura balou e seu fulgor tornou-se mais opaco.
      O caçador nem ao menos respirava. Quando a criatura aproximou-se, chutou-a na cabeça e pulou sobre ela, mas ela, com tamanha destreza, rolou para a direita dele e desferiu-lhe um golpe na coxa que o acertou apenas de esfoladela. Ele não proferiu nenhum som, apenas bufou e pulou encima de uma tumba, sobre outra e pegou a miscelânea de alho e azeite, jogando-a na criatura, que aspirou com força, balou e pôs-se sob duas pernas.
      A carniça bípede aproximou-se com suas garras, o caçador pôde notar sua coluna envergada. Ele recuou um pouco, mas com uma estratégia em mente. Aproximou-se de um grande mausoléu pétreo no qual deveria guardar o cadáver de algum grande guerreiro que ele não teve tempo de ler o nome.
      A criatura correu, e o caçador deu um esquivo para trás de si. Já perto da estrutura de pedra, esperou um ataque. E recebeu-o: as garras da mão direita sibilaram horizontalmente, ele abaixou a cabeça e cortou-o na perna, um corte impreciso pela velocidade. O anglesh retirou rapidamente a garra presa na pedra e girou, chutando a espada de Talyseth, que caiu. Este, por sua vez, girou e acertou-a na face com as navalhas pontudas da manopla. O caçador cortou-lhe a face e esquivou, pulando até a espada, agarrando-a e errando por pouco um golpe que deceparia a perna da criatura. O caçador fora cortado na testa e chutou a criatura, derrubando-a e pulando sobre ela, pôs as pernas sob seus braços e bateu-lha na face com o gomo da espada bem no centro de sua glabela. A criatura inchou e silenciou-se finalmente. Para garantir, cortou-lha um pouco no quê deveria ser a carótida e e pensou que aquilo poderia ser menos violento.
      O caçador carregou seu corpo até detrás do mausoléu e, com sua adaga, escreveu-lhe um “T” na testa.
      -Eu deveria ter isentado tudo. – disse consigo mesmo, usando had nas feridas.

  2. estou ecrevendo um livro de comédia sobre uma adolescente também um pouco romantico, acho que vai ter no minimo 100 paginas pelo jeito q estou ecrevendo, mas vou deixar a história fluir porque odeio livros enrolados, é meu primeiro livro e tenho só 11 anos e queria e preciso de algumas dicas: estou usando a letra 16 disseram que era muito grande lá em cima mas pra mim ta de bom tamanho porque nao ta nada enfeitada (a letra) e é arial normal, tem falabs em quantidade normal na média: 6 falas por pagina porém tem algumas paginas que sao constituidas apenas de falas com explicaçoes do que estão fazendo e movimentos, eu acho que esta bom por ennquanto, por mim deixava a letra maior, acho que nao iriam aceitar isso né? como voce acha que estou indo por enquanto?
    botei 1 pagina para agradecimentos e indice, para dar uma pequena inrolada nada q se meta a história, o nome é eu e todos, acha o nome muito careta?
    entao muito obrigada e espero ajuda o mais rapido possivel por que ja estou a traz de uma editóra e nao quero passar vergonha entao obrigada e beijos
    eduarda 11 anos primeiro livro

  3. jessica patrícia eu acho que o tamanho da letra está otimo porém esta com falta de paginas, acho que nao seria muito uma aventura, porque uma aventura teria que ser grande e bem animada para o leitor querer e querer ler até o final para descobrir com vai ser, e assim voce pode ter ideias para seus proximos livros e os leitores do primeiro vao aomcpanhando pra descobrir mais histórias desse personagem, acho que voce deveria acresentar um pouco de comédia ao seu livro.
    e é muito bom que voce esteja começando nova, assim tem mais ideias nas coisas mais modernas de hoje. eu por exemplo tenho 11 anos um grande beijo

  4. zenny maia eu acho que um romance tem que ter um pouco mais de detalhes do que 37 paginas, voce poderia completar ou deixar um pouco mais dramatico, eu por minha parte nao gosto muito de drama mas a maioria dos leitores gosta e pode ser muito bom para uma completaçao a um romance, um grande beijo e boa sorte com o livro

  5. Eu estou trabalhando no meu livro a dois meses e pretendo construí-lo com 20 capítulos e de 260 páginas. É uma ficção com romance, terror, humor e etc. Bem estilo feijoada/espaguete (frase do meu autor favorito).
    Já tenho uma capa feita, estou escrevendo o desfecho e pretendo postar um epílogo. Já dei um manuscrito a uma amiga e ela gostou. Só não sei se as outras pessoas vão gostar.

  6. estou escrevendo um livro , e neste momento estou na paginade numero150! seria um livro basado em uma experiencia de vida , que expressam em eventos de dupla interpretacao , seria como escrever fatos que aconteceram comigo , e com pessoas que vivem ou viveram proximas a mim . Eu tenho quase certeza que este livro chegara , as 230 , ou 250 paginas , mas a minha maior duvida seria , a respeito do seu conteudo , por que nele eu relato acontecimentos muito fortes , desde um pingo de felicidade , um rio de tristeza , e por isso queria saber de voce , se isso seria um lado positivo , ou negativo na divulgacao desta obra.

  7. Eriva, essa decisao tem que ser inteiramente sua, pensa nos prós e contras de expôr sua vida pessoal. Mas vc pode escrever sem dizer que sao as suas experiências, pode mudar o nome dos personagens,

    obrigada pela visita!

  8. O meu nome, por incrível que pareça é Maitê e tenho 14 anos. Estou a escrever o meu 1º livro sobre uma rapariga autista. Já escrevi histórias e continuo a faze-lo, q posto-as no YouTube. Basicamente, quando o acabar, mostrá-lo-ei ao meu pai, para que se uma editora o queira. Mas como é que faço isso? Obrigada.

  9. Bom, tenho livros com menos de 45 e até com menos de 40 páginas, será que isso é insuficiente?

    Apesar de que segundo imagino, a quantidade de cada um será no mínimo duplicada ao serem publicados, estou certo?

  10. Eu estou escrevendo um livro que já tem 51 páginas, e é levado para o lado de história fantástica, mas parece que eu não vejo o fim, parece que as ideias surgem de maneiras desorganizadas, e parece que o livro vai acabar ali, mas não acaba! Eu só tenho 12 anos e sou apaixonada por ler e escrever, mas um projeto grande leva muito tempo!

    • Olá samy, olha o que eu aconselho a você fazer é pesquisar sobre um tema do seu livro, abrir um painel de pesquisas e procurar ver o que é verdade e o que não é sobre seu tema já que é “História Fantastica”. E já que as idéias vem de maneira desorganizada procure organiza-lás de uma forma que você não se esqueça, sim um livro leva muito tempo para fazer principalmente quando não se tem tempo ou idéias, mais se quizer tenho uma dica que vale a pena. ” Vai escrevendo devagar não tenha pressa em fazer nada, por que tudo feito com pressa sair ruim, faça uma parte e depois você da um tempo. Espero ter ajudado. Beeijjos 🙂

    • tente escrever essas idéias no papel , e a organize! quando terminar, vc pode fazer um volume unico ou dividir o livro se ele tiver mais de 300 páginas! quando comecei meu primeiro livro … eu também pensei nisso, mas… ficou tipo harry potter! brincaderira!

  11. Tenho 12 anos, estou escrevendo um livro sobre lobisomens cuja o nome é ” A lua cheia” meu desejo é que fique pronto até 2012 mais minhas idéias não estão vindo, procurei logo escrever os capítulos, porém já escrevi até agora 3.476 palavras e 8 páginas… sei que falta muito para ser considerado um livro, mais meu pai sempre me diz ”nunca desista um dia vai ficar pronto e você vai ter orgulho do que fez”. Queria saber de alguém que já fez um livro e com certeza já passou pelo que estou passando agora, o que fizeram para ter mais idéias? Obrigada Beeijos 🙂

    • Oi terminei meu livro ha pouco tempo era de terror,para conseguir ideias primeiro pense em voce sua vida,historias,e tente basear se nisso e tranforme isso numa coisa que bassei ze na historia do seu livro.por exemplo quando voce estava tomando banho voce caiu no chao e passe para seu livro:quando o seu personagem estava no banho ele começou a se sentir estranho suas maos tortas começou a enxergar em preto e branco,ficou um pouco corcunda e caiu no chao,quando se levantousse percebeu ter se transformado em lobisomem…

      • Victória Muniz, eu lhe dar uma dica: toda vez que eu vou escrever um livro, seja qual for o tema, eu sempre rezo antes de dormir para vir uma ideia e quando eu durmo eu sonho com o tema, a história, os personagens, etc… e de manhã escrevo o livro até agora já escrevi: Destinada, A Nova Branca de Neve, Deixe-me Ir, Não Sou Humana, Amaldiçoada, A Maldição Secreta, A Múmia… todos livros de Terror, Romance, Aventura, Ação, Drama, Suspense, Comédia e Fantasia. Tenta vai ver você reza, dorme e acorda com uma história para o resto do seu livro na sua cabeça.

        Misa 12 anos, espero ter ajudado!

    • Olá, Victória! Tudo bem? Já terminou seu livro? Se ainda não, escute seu pai. Continue e não desista. É isso o que faço. E escreva todo dia um pouquinho. No final do mês, você verá que seu livro já está bem grandinho. Faça pequenos capítulos de três ou cinco páginas. Isso ajuda muito. Sucesso para você!

  12. Eu tenho 12 anos e estou escrevendo meu primeiro livro, por enquanto não tem muitas páginas, mas a história está ficando ótima! Muito obrigado por suas dicas! Ass.: Taís.

  13. Tenho 15 anos , ( quase 16 ) e estou escrevendo uma historia romântico – gótico . Pretendo escrever em torno de 280 ou 300 paginas . Mas em folha de oficio , que é o formato do WORD , ai eu não sei se quando passar para o papel de livro , se vai dar mais folha . Pretendo que se torne uma saga , pois já tenho a historia dos 3 livros e o final do terceiro . O nome é : A LADO ESCURO DO DESTINO – O VALE DOS ESCONDIDOS , é o nome do primeiro . Estou usando a letra tamanho 14 . Queria saber se estou indo pelo caminho certo .

  14. Tenho 15 anos , ( quase 16 ) e estou escrevendo uma historia romântico – gótico . Pretendo escrever em torno de 280 ou 300 paginas . Mas em folha de oficio , que é o formato do WORD , ai eu não sei se quando passar para o papel de livro , se vai dar mais folha . Pretendo que se torne uma saga , pois já tenho a historia dos 3 livros e o final do terceiro . O nome é : A LADO ESCURO DO DESTINO – O VALE DOS ESCONDIDOS , é o nome do primeiro . Estou usando a letra tamanho 14 . Queria saber se estou indo pelo caminho certo .

    OBS : Dá outra vez mandei o e-mail errado .

  15. Fiquei feliz em ler o comentário de todos. Eu estava encucada que somente escrevi 266 páginas. senti desespero por não ter feito mais de 300. Agora estou precisando de alguém, que não seja eu e pessoa próxima, para a leitura crítica, antes de mandar para as editoras. O livro esta registrado na Biblioteca Nacional. Sabem quem pode me ajudar?

  16. Meu nome é Luana e escrevo um livro já faz alguns meses e até agora só tem 70 pagínas ás vezes fico um pouco triste a historia já está bem dizer pronta, mas falta detalhar um amigo disse que seria mais facil eu ter um resumo da historia e depois ir escrevendo os detalhes o que parecia ser uma boa ideia no inicio mas agora eu não consigo mas descrever os fatos como queria, isso é normal de acontecer?

  17. quantas paginas deve ter um drama eu tou a pensar escrever sobre um rapariga com problemas de amizade em que o irmao entra para as drogas e afins a irma e assasina o pai vai para a guerra no iraque e a mae logo vejo

  18. Tenho 15 anos e estou escrevendo uma história que acho que irá render umas 100 páginas.Gostei da história mas acho que a pouca quantidade de páginas (estou escrevendo em letra 12) poderá desinteressar leitores por isso quero ajuda.

  19. Bem, eu estou escrevendo um livro( a vá) mais em fim, eu já estou na pag 68 e o tamanho da letra é 14, ele esta até por capítulos já, estou no 13° capitulo e pretendo ir até o 21°, gostaria de saber se as pessoas não iram se cansar de ler, porque as vezes parece cansativo, já mostrei o livro para a minha mãe e para pessoas que não gostam de ler e todos se interessaram, acho que eu uma menina de 15 anos fazer um livro o qual chame a atenção de adultos, já possuo um bom gral de aceitamento do livro, mais talvez isso não seja bom para alguns, queria saber também quantas paginas é preciso fazer em cada capitulo para se ter um livro estilo Crepúsculo e esses livros parecidos, o livro que estou escrevendo é sobre a segunda guerra mundial mais junta com algumas coisas fictícias, mais não é nada perto desses livros que se vê por ai, isso você pode ter certeza, você se interessaria por um livro que falasse desse assunto? Obrigado, e agradeceria se me respondessem. 😉

  20. Sou escritor a bastante tempo, já tenho uma obra de poesias e agora estou escrevendo meu primeiro romance estou a dois anos e meio escrevendo pois quis escrever uma obra que mistura historia real e ficção, ou seja inserindo o romance dentro da historia real, vc acredita que esse formato pode dar certo?

      • há bastante tempo.Indicando o tempo decorrido,passado,usamos há,que pode ser substituído pela forma “faz” …Há dez anos ou Faz dez anos.

  21. Eu desde sempre gostei de hestorias, mas de hestorias verdadeiras, por isso resolvi escrever um libro sobre uma criança que existiu a muitos anos, mas agora essa criança cresceu mas guarda na memoria os seus primeiros passos quando entrou neste mundo estranho, mas divertido, nesse libro se um dia for bem aceite, voces verao uma hestoria verdadeira, e se vao divertir bastante, pois falara de garotices, e brincadeiras umas boas e outras nao tao boas assim mas que nos diverte bastante, mas todos nos temos a nossa hestoria que vale apena contar. Caros amigos seja la como for, quando estamos a sos, e pegamos numa caneta ou um lapis, nos desabafamos, e nos sentimos bem por saver que afinal o passado e sempre bem vindo, sendo assim recordar e viver, e fazemos atualizar a nossa memoria, pois a nossa memoria funciona exatamete como os nossos computadores, por agora e tudo ate a proxima, boa sorte.

  22. eu e meus colegas de sala estamos prentendendo esrever um livro..ele é de ficção..contem heróis..e muitos lugares diferentes..mais queremos saber quantas paginas são necessarias…
    obs:é o nosso primeiro livro..
    estamos no 1°ano do ensino médio..
    escolhemos ficção porque enteressa mais os adolecentes..bom ate os professores gostam..quem cria mesmo as estorias..é o eberth .. vamos dizer assim ele tem muita imaginação e cria estórias incriveis..nós ajudamos..damos nomes..poderes..lugares…inimigos.etc..estamos juntos tentando criar um estória..muito divertida e criativa…
    obs:aceitamos dicas..de como começar…

    • A qualidade sempre importa mais do que a quantidade, pensem nisso! Minha dica pra quem está começando é aprender o máximo de português e ler o máximo que der. A leitura além de prazerosa te dá conhecimento, cultura e prática. Não adianta ter apenas criatividade se você não souber como expressá-la corretamente. Temos escritores com histórias fantasticas e interessantes, mas deixando a desejar em outros fatores. Abraços e boa sorte a todos. (:

  23. Olá, estou empolgada para escrever um livro, por enquanto o livro tem somente 10 páginas.. é um romance com suspense. O nome do meu livro por enquanto é A distância & um desejo. Não quero estender muito meu livro…mas estou tendo dificuldades para inserir alguns detalhes nela… isso me deixa desmotivada.

  24. olá.. tenho 31 anos e estou escrevendo meu primeiro livro… já tenho idéias para outro porém quero dar prioridade a esse pois está se tornando complexo e acho que se fizer dois ao mesmo tempo posso acabar me perdendo… o livro já conta com 56 páginas, com fonte times tamanho dez e espaçamento de uma linha e meia.. é um livro que envolve ficção científica, guerra, conspirações, traições e escolhas éticas. Bom eu não sei se é bem um problema, mas sinto que estou ainda no começo. Tive que dividir o livro em duas sub-estórias, onde a segunda explica o começo da primeira e as duas se encontram dando continuidade aos eventos principais… E aí vão minhas perguntas…

    1- O gênero que estou escrevendo é interessante ao público? É basicamente um gênero onde ficção científica (mas não em exagero) e um certo misticismo dividem o tema principal criando uma conspiração que envolve tentativas de tomada de poder, disputa entre bem e mal, etc…

    2- O livro está ficando complexo e estou tendo dificuldades em descrever ações e deixar as partes que quero emocionantes. Em boa parte do livro existe uma descrição de detalhes muito grande (cenários, pessoas, momentos), em outras preciso encurtar um pouco para fazer transparecer um clima de tensão e ação o que considero uma das coisas mais difíceis. Porém tento utilizar o cenário descrito para fazer as cenas de ação pois já ficarão implícitas e a ação não parece acontecer no vácuo. Ah sim a pergunta rrsrs.. O livro não é bem humorado, é um livro onde acontece uma crise, como já disse antes e por vezes fica com tom depressivo. Isso é ruim?

    Bom apesar de tudo sinto que quando eu terminar o livro eu ainda terei que aparar algumas arestas. Mudar alguma coisa, retirar ou acrescentar algo. Estou buscando opiniões na internet de pessoas que escrevem porém não tenho encontrado algo que seja estimulante. A maioria só reclama das editoras e da concorrência que parece desleal. Gostaria de uma informação correta, acertada de como realmente funciona isso, e apesar de estar decidido por terminar meu livro. Gostaria de saber realmente como é esse mercado e se estou escrevendo algo bom pois me sentiria bem mais motivado.

  25. olá,estou fazendo um livro como vai ser meu primeiro livro pensei em fazer no Maximo 70 folhas,estou fazendo ele por capítulos então espero que fique legal.depois que fazer meu livro espero encontrar uma editora bem boa,qual me recomendaria?nem me apresentei me chamo Isabella tenho 11 anos e meu sonho é ser escritora já escrevi bastante historias mas só que todas com 5 ou seis folhas,depois de um tempo vi que fui melhorando então pensei em fazer um livro.o que acharam?você acha que o tanto de pagina seria o bastante para o meu primeiro livro?
    responda logo por favor pois ja estou acabando meu livro!!!

  26. Olá Isabella, tudo bem? Cada editora tem temas que lendo os livros das mesmas da para se perceber a tendência que a mesma segue. Certa vez fui em uma editora e o Diretor de lá me disse que lá eles trabalhavam somente com livros para entretenimento e não trabalhavam com livros técnicos. Leia livros de algumas delas e procure a que seja do seu perfil.

  27. Como os meus colegas de ai em cima, também estou escrevendo um livro. livro esse que tem como foco principal, Lúcifer e Eva… um amor que os levou ao total pecado… através dos meus personagens eu tento explicar desde como seria a morte até como Deus se criou e se tornou onipotente, onipresente e onisciente. tenho 15 anos, e estudo teologia em casa desde muito cedo. estou mandando o capítulo um para vocês tirarem suas conclusões, criticar e dar as suas opiniões.

    O segredo da luz

    Autor: Bruno Santos

    EVA
    Prefacio

    Criando Deus, o homem e a mulher no sexto dia tudo estava perfeito. No entanto com a criação do “homem de barro” foi despertado um novo sentimento nos arcanjos, este sentimento é conhecido como ciúme.
    Constantemente Deus visitava o Jardim do Éden em espirito. Contemplando a sua mais perfeita criação. Na vigésima quinta dimensão, onde os arcanjos Miguel, Gabriel, Rafael e Uriel repousavam, estava havendo uma discussão sobre o que fazer para levar a humanidade a um caminho tão obscuro que até mesmo Deus tenha medo da sua criação.
    Miguel o soberano dos arcanjos e herdeiro de toda a matéria e da não matéria começou o seu discurso:
    – Guerreiros!
    -Irmão. – exclamaram os três irmãos.
    -Aqui estamos reunidos para discutirmos o que fazer com os dois humanos, e… –
    -Como assim, “o que fazer”? Somente o Mestre tem o direito de decidir o futuro dos seres com espirito! –Disse Uriel, cortando o discurso do arcanjo Miguel.
    -Como vocês sabem Yahweh não criou o mundo em um único dia celestial. Existem milhões de planetas na primeira dimensão, porque o Senhor quis o planeta perfeito. E o mesmo aconteceu com aqueles humanos, os primeiros seres que iriam habitar a Pangeia eram os Leviatãs, mas eu vi maldade nos seus corações, e o mesmo vai acontecer com os “homens de barro”.
    Rafael tinha uma dúvida.
    -Miguel irmão. Você está sugerindo que nós acabamos com os dois seres com espirito? Isso quer dizer que você sabe que os humanos irão trair a confiança de Deus, e Ele irá ficar decepcionado. Mas como Ele os concebeu o livre-arbítrio, você não pode lhe dizer isso, e Ele não pode prever o que eles irão fazer.
    -Isso mesmo Rafael.
    Uriel ficou um pouco pensativo. Suas asas diminuíram de volume, seu rosto era largo, os seus olhos vermelhos tal como os seus cabelos que vinham até o pescoço, a sua armadura era dourada e a sua espada estava sobre a mesa redonda na qual todos a rodeavam.
    Gabriel de “cara” concordou com as ideias de Miguel, pois os seus interesses se igualavam com o soberano dos arcanjos, que eram; ganhar o amor de Deus e herdar todo o seu reino.
    Dois dias humanos se passaram, e nada. Até que no terceiro dia todos concordaram com a ideia de corromper os dois humanos residentes na terra, mas quem estaria disposto a acabar com a maior das alegrias de Deus…? Decidido a se livrar dos humanos, Miguel o primogênito foi até a vigésima dimensão, onde se localizava o purgatório, e o seu governante era Lúcifer a estrela da manhã.

    Capitulo Um
    Ordem de extinção

    Miguel foi adentrando no purgatório. Cinzas caiam sobre o reino, e um breu tomava conta de toda a dimensão. Assentado no centro do purgatório estava lúcifer rodeado pela sua legião, os anjos traidores e os leviatãs, juntos eram mais de 100 bilhões.
    O arcanjo herdeiro estava sério como de costume. Os seus olhos eram de um verde penetrante e seus cabelos curtos e negros davam um ar de um grande líder.
    Miguel com passos firmes foi em encontro a Lúcifer dizendo-lhe:
    -Preciso de ti irmão.
    Cerrando o olhar Lúcifer caiu em gargalhadas, e ele disse:
    -De mim, por quê? O poder do teu Deus não pode lhe ajudar não?
    -Yahweh não pode ter conhecimento disso. –com uma gota de suor no rosto Miguel foi se aproximando. Todos o observavam com um grande olhar de respeito.
    -AFASTE-SE!-Miguel instantaneamente cessou os seus movimentos. E Lúcifer continuou.
    -A sua armadura de diamante está me cegando.
    Disse a estrela da manhã tampando os seus olhos com a mão direita, olhos esses de um amarelo solar.
    Após Miguel ter recuado Lúcifer lhe jogou uma indireta.
    – O que quer depois de dois milhões de anos celestiais?-Ele disse isso porque foi a dois milhões de anos celestiais que Lúcifer foi expulso para a vigésima dimensão.
    Com muita frieza Miguel disse:
    -Irmão irei direto ao ponto. Deus concebeu um espirito aos dois humanos.
    O senhor do purgatório ficou um pouco perplexo com a revelação.
    -Um espirito, por quê?
    Revolta maior foi porque Yahweh não quis dar um espirito a Lúcifer, o que lhe garantia a vida eterna e o livre-arbítrio.
    -Sim, um espirito. Os humanos, uma raça inferior não alada tem o livre-arbítrio e avida eterna e nós a casta suprema não temos nada.
    -Senti inveja ou ciúme em você?-Disse Lúcifer num tom irônico.
    -(…) Deus disse que os “seres de barro” são a sua mais bela criação. Porém Ele está cego pela “bondade” deles. Yahweh até deu o direito de Adão, o primeiro “homem de barro” nomear todos os animas com alma.
    -Sim Miguel… E o que eu tenho a ver com isso?-perguntou Lúcifer com bastante desprezo.
    O arcanjo baixou a cabeça, mas manteve o seu olhar fixo na estrela da manhã.
    -Quero que os destrua! Somente nós, as castas angelicais podem ser a criação mais bela e perfeita do cosmo.
    Lúcifer com um desejo de vingança por ter sido “expulso” da vigésima sexta dimensão onde Deus reside, concordou em acabar com a felicidade de Yahweh.

  28. Bom dia.
    Estou escrevendo um livro que conta o dia a dia de uma família que passa por problemas de relacionamento desde a vida passada e vem sofrendo influencias de pessoas que foram prejudicadas nesta outra vida. Já escrevi 200 paginas. Você acha que devo estender o texto ou já posso finalizar e enviar para uma editora.

  29. Estamos Terminando um livro de Ficção/Aventura e ele tem a media de 400 Paginas.
    Está em fase de revisão.
    É comum livros assim terem este numero de paginas??

  30. pessoal,tenho 13 anos e estou criando meu 1ºlivro tem ate agora 10 paginas e meia soq em tamanho de paginas de livro fikari com 20 paginas e meia…voces acham que e melhor eu fazer 64 paginas ou 100 estou em duvidas…e so para lembrar e romance e drama…

    • Sinceramente, não. 28 páginas, seria em média 1 capítulo ou até um pedacinho do 2° capítulo ou até menos, já que normalmente os capítulos vão de 15 à 40 páginas.

  31. Oi.. Estou escrevendo um livro.. na verdade já terminei estou fazendo a revisão.
    ele tem 430 paginas.. é um romance e fantasia…
    Bom… me disseram que quando o livro for impresso ele vai ficar em torno de 215 paginas.. pois disseram para mim dividir o numero de paginas por 2 :S
    então gostaria de saber… quando ele for impresso e ser um livro mesmo ja pronto.. vai diminuir algumas paginas ou vai ficar pela metade mesmo ??
    Obrigado.,

  32. eu queria saber como eu começo a escrever um livro mais não consigo pensar em um tem e ter algumas ideias para escrever por favor mim ajude mim der algumas dicas.

  33. Tenho 11 anos, e estou escrevendo um livro, é um romance dramatico, por enquanto (ainda vou aumentar), estou com 20 páginas, em média quantas páginas um livro desses teria que ter?

  34. Tenho 13 anos, e, bom estou fazendo um livro, ele é suspense, por enquanto tem 50 páginas, ele é suspense, com drama, é sobre uma garota que é assassinada, e duas meninas, fazem de tudo para descobrir quem foi, ( mas esse não é o assunto principal ), estou querendo colocar uns relacionamentos ( mas só para dar um extra, então não será romance ). O nome será ” Por Dentro “, é um nome bom? Ou é muito simples?
    Enfim, não quero fazer um livro muiito grande, então 200 páginas são suficientes?

  35. Ei, tudo bom? Eu estou escrevendo um livro desde a última semana de novembro de 2012, e até o momento já possui 122 páginas no word e até onde escrevi 90.564 palavras. O problema é que está tudo na fonte 10 e Calibri, e eu planejo chegar até 200 páginas no word onde tecnicamente eu terminaria o meu livro. Eu já tenho o final em mente, inclusive a continuação, um segundo livro. Meu grande medo é ter que reduzir minha história para que caiba em um tamanho aceitável para um escritor independente e iniciante, e que, dessa forma, alguma editora queira publicá-lo. Esse questionamento se dá, pois eu vi que 130 mil palavras equivalem, mais ou menos, a 500 páginas, e basicamente esse é um limite que eu estipulo (no máximo 550 a 600 páginas) pra que eu consiga terminar da forma que eu queira, sem precisar distorcer a história.

    Você, que, acredito que entenda bem sobre o assunto, sabe me informar se estou no caminho certo, me dar dicas e direcionamentos? Tenho dúvidas sobre o que fazer, pois tenho medo de encontrar grandes barreiras para publicá-lo devido a um grande número de páginas.

  36. É meu primeiro livro
    queria saber qts paginas no minimo que deve ter um livro
    sei que depende do tema
    é um tema muito discutido
    estou escrevendo ele com minha visão sobre o tema que é amor
    como nós deverimos agir e expressar na questão do amor
    num frustações que passamos e uma experiencia que nunca mais vamos querer passar de novo.

  37. Acabei de escrever meu primeiro livro. Na verdade escrevi três, mas no final são todos o mesmo. O primeiro comecei a escrever quando ainda estava na escola, isso já faz 5 anos, terminei 1 ano e meio depois. Quando comecei a passar para o computador, ideias surgiram como nunca e acbou que escrevi uma segunda versão com 60 mil palavras. Mas ai veio o problema, quando eu escrevi a primeira versão foi porque eu me inspirei em Harry Potter, acabou que na história tinha uma escola de magia. Então lá foi eu escrever uma tareceira versão com os mesmos elementos das outras versões, tirei a escola, mas mantive o castelo, pra falar a verdade, a terceira versão ficou bem mais emocionante que as outras e bem mais escrita, o problema é que, só tem 40 mil palavras, o que dá em torno de 120 páginas no formato A4. Eu acredito que minha história seja uma mistura de romance com fantasia, ação, aventura, ficção, mas, será que não é muito pequena? Eu pretendo escrever uma saga, o segundo livro só tem 6 capítulos ate agora e já alcancei a metade do primeiro, já tem 20 mil palavras e esta longe de terminar.

  38. Eu tenho 17 anos e desde nova sempre fui boa em redação pois não tinha muitos amigos, sou tímida e fechada, então sempre fui muito criativa, e meio que vivia em um mundo de fantasia e obscuro por culpa do meu pai, mas essas fantasias sempre estiveram presentes para suprir minha falta de conversa, então passava para o papel, e meio que tenho essa mania de criar histórias até hoje, então resolvi pegar todas as minhas fantasias dos meus 17 anos, e criar uma história com isso, acrescentei novas coisas claro, escrevo todos os dias e estou sendo dominada mais e mais por isso, amo ler e mais ainda escrever, estou escrevendo o meu 1º livro à umas 2 semanas e ele contém 15 capítulos e 35 folhas, e precisava da ajuda de outras pessoas, pela internet é mais fácil então me ajudem, será que é muito capítulo para pouca folha ou pouco capitulo para pouca folha, ou está bom? é uma história fictícia como disse, meio que uma fantasia, misticismo e o sobrenatural, nada de crepúsculo que tem muito romance, meu livro tem pouco romance, e começa desde os tempo antigos até os dias de hoje, eu pesquisei culturas diferentes para acrescentar, sou pesquisadora amadora então conheço bastante coisa, tem partes em que eu narro muito a história claro, na 3ª pessoa, mas tem mais dialogo, os personagens explicam mais, se alguém puder me ajudar, ou quiser dar uma olhada em alguns capítulos pra entender direitinho eu envio, contando que me ajudem, quero fazer algo que me satisfaça, mas não tenho alta estima então complica, pois quero cumprir minhas expectativas e nem sempre consigo sem uma opinião. Obrigada pela atenção, nossa que texto, eu disse que amo escrever hehe.

    • Legal sua iniciativa. Muito interessante mesmo. Um conselho que posso te dar (Se posso te dar) é tentar criar primeiro a ideia de Inicio e a de Final. Depois disso, crie em cima das duas ideias e vá adicionando elementos como Descrições de personagens, de cenário, de clima (Sentimental/ Climático mesmo). Meu primeiro livro, quando terminei a ideia foco, tinha 70 páginas. Hoje já tem 130 e sinto que se eu ler ele novamente, pode aumentar o número. Espero ter ajudado 🙂

  39. Olá, eu tenho 17 anos e estou escrevendo meu 1º livro, eu gosto muito de ler e mais ainda de escrever, mas tenho minhas dúvidas, não sei se está bom, escrevo todos os dias, já faz 2 semanas em que comecei a escrever este livro e ele tem 15 capítulos e 35 páginas, será que tem muito capítulo? ou muita página? ou pouco capítulo para muita página? ou ao contrário? meu livro tem aventura, pouco romance, ficção e fantasia, tem muito diálogo, as vezes os próprios personagens narram a história, mas muitas vezes sou eu quem narro, eu conto a história desde o começo e não metade e depois volta, acho assim meio confuso hehe, gostaria de uma opinião, se quiserem eu envio os primeiros capítulos por e-mail, obrigada pela atenção, estarei aguardando.

      • Não poderia discordar mais… Na literatura não há exageros.
        O livro que ganhou o prémio Leya de 2013 tem capítulos curtos e torna a leitura muito fluída e saborosa.

        Das mensagens que tenho lido aqui neste tópico, umas aulinhas de português não faria mal a ninguém 🙂

      • Henrique,

        aqui me fazem perguntas impossíveis de responder. Respondo de acordo com o meu critério, o meu gosto, que é isso: meu. Depende do estilo do escritor, cada um faz o que quiser, mas como a pessoa perguntou a minha opinião, a minha é essa.
        Sobre as “aulinhas de português”, não sei a sua idade, mas se observou nos comentários, a maioria é muito jovem, 12- 15 anos e eu acho fantástico que essas pessoas super jovens estejam lendo e debatendo sobre literatura, trocando opiniões e tirando dúvidas com essa idade, podiam estar jogando vídeogame ou outras coisas menos proveitosas. Sinceramente, nesse contexto, o que menos importa é a parte técnica da língua, que se aprende com a escrita e a leitura, justamente como estão fazendo. Abraços!

      • Fernanda,
        Antes de mais, peço desculpas se de algum modo ofendi alguém, não foi de todo a minha intenção.
        Reparei sim que há muita gente nova e, neste sentido, concordo com o que disse. É de louvar o interesse dos jovens pela literatura em tão tenra idade. O meu comentário foi generalista, sem estar dirigido a uma faixa etária, mas ok, talvez tenha sido despropositado e fora do contexto.
        Parabéns pelo site e pela iniciativa. 🙂

  40. Oi. Eu escrevo livros que usualmente dão entre 130 à 140 folhas, mas eu configuro todos eles sem recuo de parágrafo, espaçamento de linha e tudo Times 12. Em uma configuração de livro, em média, daria quantas páginas?

  41. Oi, tenho 12 anos e estou escrevendo um romance, espero que dê pelo menos 100paginas, ja estou no cap23, porem estou escrevendo-o no ipad. Caso ele tivesse 100paginas, seria considerado um conto?

  42. Ola’. O meu nome e’ Cleusia e tenho 18 anos.
    Olha, e’ assim, eu penso em participar num concurso literario portugues onde sao validas duas modalidades: conto e romance.
    Escrevi uma historia, mas estou com dificuldades em saber em que genero ele se enquadra. Quantas paginas em media tem um conto e um romance?

  43. ola, o meu nome e Catarina tenho 15 anos, comecei a escrever á pouco tempo poesia, e gostava de fazer um livro. já escrevi 30 folhas, mas gostava de saber quantas são necessárias, no minimo, para ser um livro de poesia. podem-me ajudar ?
    obrigado bjinhos

  44. Olá,Fernanda!
    Eu me chamo Silvia e tenho 18 anos,estou escrevendo um livro,porém estou com uma duvida. Quantos caracteres deve ter um romance?Eu já escrevi 59 paginas e uns 19.197 caracteres.Eu desejo que o livro tenha no maximo umas 210 paginas,será que pouco?

  45. Estou escrevendo meu 1° livro sobre romance,que traça ao longo da historia,varias barreiras,sonhos,e afastamento dos principais,fatos marcantes.Mas gostaria de saber se 62 pag. esta bom para um livro?

  46. Olá meu nome é Caroline, tenho 13 anos e estou a escrever um livro de ficção. Ele conta com várias criaturas e um governo centralizado. Meu livro possui 64 páginas até agora, e nem cheguei no meio na história ainda. Queria saber quantas páginas são necessárias. Já arranjei uma Editora e várias pessoas que já leram minha sinopse, disseram que devo continuar.

  47. Tenho 17 anos e também estou escrevendo um livro, é pra ser um romance mas com elementos de ação(ou o contrário), ele já tem 50 páginas e eu acho que ele vai ter pelo menos umas 120. A história é sobre um garoto que pertence a uma linhagem de seres fantásticos denominados imortais. Ele não sabe disso no começo do livro, então os primeiros capítulos contam sua trajetória na nova cidade que ele acabou de se mudar e também seus primeiros dias na nova escola, onde conhece Ísis, uma bela garota a quem ele acaba se apaixonando, porém a melhor amiga de Ísis, acaba conhecendo o jovem e também começa a gostar dele,, criando um triângulo amoroso e colocando em riso a amizade das duas. E então em que Gênero meu livro se encaixa?

  48. Eu fiz um livro romântico de 16 paginas, é curto eu sei, mais é super a ver, com a historia.
    livro que é livro pode ter 16 paginas ou não?

  49. Boa Noite, Fernanda.
    Em 1995, comecei um esboço de um livro, que tinha 120 páginas em um caderno pequeno. Em 2013, encontrei por acaso esse esboço e comecei a digitá-lo (e refazê-lo, pois nossa mentalidade muda muito dos 21 para os 38 anos). Estou fazendo sem pretensão nenhuma, apenas pra ver concluída a história que tinha na cabeça. Mas, perfeccionista como sou, estou me atendo aos detalhes: 60000 palavras ou 300 páginas, no mínimo, para um romance. Estipulo que o meu vá ter umas 140 páginas no formato A5 (estou na 104 agora) e 45000 palavras (estou com 32000 agora). No momento são 23 capítulos para 104 páginas, dando pouco mais de 4 páginas por capítulo (gosto de livros com capítulos curtos, pois quando leio livros assim sempre me dá vontade de ler o próximo capítulo, já que é curtinho, e acabo terminando o livro rapidinho). Mas tenho algumas dúvidas: (01) foram 40 páginas só pra ambientar a personagem no início do século XX (algo como ambientar os Hobbits no condado), depois foram mais 30 páginas para explicar o enredo e levá-lo a meados do século XXI (dar uma missão a personagem), e estipulo que vá dar as mesmas 70 páginas pra desenvolver o restante da história (a personagem cumprir a missão). Esta proporção não está desagradável? (02) caso obtenha apenas 140 ou 150 páginas, o livro perde valor literário? ou se encaixaria em outra classe, que não romance? (03) a divisão em muitos capítulos pode ser nociva à obra?
    Estou pedindo esta opinião como amador, mas que quer fazer algo que seja ao menos agradável de ler. Desde já, agradeço as sugestões.

  50. Tenho uma história construida na minha cabeça, porem, tenho grandes dificuldades de completa-las.Fico olhando quantas páginas já escrevi e não acho que é o suficiente e temo completar a história com um número de páginas abaixo de 300, pois,no meu caso seria pouco.
    Não sei qual é o meu problema, se é por que tenho dificuldade na hora de detalhar personalidades fisicas, ou se é por que meus detalhes sobre os locais (cenarios) são praticamente quase forçados, ou então por que tenho um jeito de contar minha história de um modo muito SIMPLISTA (digamos assim)?
    Por favor me ajudem.
    PS:Há também outro problema, eu repito muito os nomes dos personagens, como mudar isto?

    • Só reforçando, Edson, tenho o mesmo problema com a repetição dos nomes das personagens, e não sei como corrigir isso. É muito comum eu comelar um parágrafo com ‘Fulano então parte para sua missão’, ‘Fulano (o mesmo) decide ir por outro caminho’, ‘Fulano (o mesmo de novo?) pensou melhor e admitiu o erro’. Procuro substituir por pronomes ou atributos do tal ‘fulano’: Fulano então…’, ‘Ele decide ir…’, ‘O jovem pensou melhor…’, mas mesmo assim acho que falta alguma coisa pra redação ficar perfeita…

  51. Bem, tenho 13 anos e irei começar a escrever um livro. Já tenho o assunto em mente -mistério ,ação e aventura- e tenho duas duvidas quanto a escrever: Seria melhor escrever na primeira ou terceira pessoa? E também…como posso melhorar na descrição de lugares?
    Muito obrigada.

  52. eu tenho 10 anos vou fazer 11 este ano e estou escrevendo meu primeiro livro ele e sobre a minha vida pessoal e as minhas amigas e tudo mais mais eu não quero dar pra editora ou coisa assim queria só dar para minhas amigas lerem mesmo que elas já tenham passado este momento comigo mais queria escrever um livro para falar sobre a gente a nossa escola como esta o que aconteceu durante o ano e achei isso legal minhas amigas mesmo apoiaram e tal mas não sei se eu devo escrever mesmo este livro na verdade já comecei faz uns dias estou na pagina 19 e pretendo continuar mais como sou pequena e é meu primeiro livro não sei quantas paginar exatamente tenho que escrever não quero escrever muitas assim quero deixar minha mente fluir e escrever os momentos para depois se um dia elas esquecerem o que passamos juntas isso as ajude a lembrar e não só por isso eu e minhas amigas já estávamos pensando em fazer um livro sobre tudo que rola na escola fofocas só que o livro e só pra elas não sei quantas paginas tenho que escrever quantas você acha?

    obrigada quem for pela resposta agradeço estarei voltando toda semana para conferir.

  53. Bem pessoal. Tenho 17 anos. Estou escrevendo meu livro há algum tempo e por enquanto estou pairando no meu 3º capítulo, faz alguns dias. Então, eu tenho muitas ideias, e o livro em sua terceira parte está com 48 páginas e olha que o terceiro capítulo ainda não está tão próximo de chegar ao fim. Me digam se não há páginas demais para unicamente 3 capítulos, ou é normal por favor.

  54. Olá Fernanda, tudo bem? Sou Carlos, tenho 22 anos, e estou escrevendo o meu primeiro livro. É um romance sobrenatural e já venho trabalhando nele há algum tempo, mas só agora resolvi termina-lo.

    Estou com uma pequena duvida, como ainda não o conclui e estou no décimo sétimo capitulo, e ainda pretendo escrever mais uns dois, queria saber qual a real quantidade de páginas que ele ficará.

    Pois até o dado momento tenho 211 páginas e 70,440 palavras. Só que quando coloco em Exibição Modo Leitura, o numero de página salta para 362. Então queria saber qual dessas duas seria a quantidade de página caso o meu livro fosse publicado (considerando que eu parasse de escrever nesse 17º capitulo)?

    Agradeço se puder me responder.

  55. Olá Fernanda, tudo bem? Sou Carlos, tenho 22 anos, e estou escrevendo o meu primeiro livro. É um romance sobrenatural e já venho trabalhando nele há algum tempo, mas só agora resolvi termina-lo.

    Estou com uma pequena duvida, como ainda não o conclui e estou no décimo sétimo capitulo, e ainda pretendo escrever mais uns dois, queria saber qual a real quantidade de páginas que ele ficará.

    Pois até o dado momento tenho 211 páginas e 70,440 palavras. Só que quando coloco em Exibição Modo Leitura, o numero de página salta para 362. Então queria saber qual dessas duas seria a quantidade de página caso o meu livro fosse publicado (considerando que eu parasse de escrever nesse 17º capitulo)?

    Agradeço se puder me responder.

    • Carlinhos Maldonatto, tens que considerar que na revisão de qualquer literatura, independe de gênero, enxuga-se por assim dizer uma boa quantidade de uso e desuso dos textuais. É como refinar um metal bruto. Leve em consideração isso, não conheço autores que se prendem em tamanho de livro, já que o limite do livro é o limite que sua mente vai lhe impor. Escreva apenas, se a caso estender-se por 600 páginas afins, divida por volumes.

  56. oi pessoal,eu li tudo que foi ideia aqui e gostei de saber que tem pessoas com os mesmos pensamentos que os meus,bom eu queria uma opinião de quem puder me ajudar,atualmente estou escrevendo um livro(ação,comedia,romance,aventura)estou na pag 70 e com certeza o livro vai passar das 250 pag, quero fazer uma série com no minimo 3 livros,estou gostando muito de escrever,tenho 22 anos é só agora me interessei em escrever um livro,eu queria saber como faz para publica-lo,e difícil?o livro tem alguns erros de gramatica,nada muito sério,isso se deve ao fato do meu word não estar corrigindo os textos,tem alguém que possa me ajudar a corrigir esses erros?(a maioria dos erros e sobre os variantes dos PORQUE e de crase) é outra quantas palavras tem as pag de seus livros?eu uso o tamanho 11 e cada pag vária entre 255 a 310 palavras.
    pessoal mesmo que ninguém me responda vocês já me ajudaram muito até agora.
    muito obrigado
    abs

    • Olá!

      Se o seu livro for para uma editora haverá alguém que irá corrigir seu texto, mas quanto menos erros ortográficos, melhor. As regras dos porquês e crase você pode consultar em qualquer gramática. Para publicar você deve enviar cópias para as editoras ou então partir para auto- edição em sites como Bubok ou Lulu.
      Sorte e abraços!

      Fernanda

  57. Eu estou escrevendo um livro desde meus 15 anos.Tenho 19 agora.Eu sou uma pessoa que não consegue parar de escrever.Bem,minha historia se trata de uma ficção onde uma garota de 18 anos é a personagem principal.Ela tem problemas mentais e um temperamento ruim.Se passado é obscuro e sua vida é interminável.Ela vive de sonhos e acaba ficando presa neles,perdendo boa parte de sua vida terrena.Enfim,é basicamente isso.Tenho sérias duvidas sobre como irei dar continuidade,pois a questão do tamanho que um livro deve apresentar me deixa um pouco inquieta.Gostaria de saber a opinião de terceiros.Até agora o primeiro livro tem 500 páginas e estou no segundo.E também tenho dúvidas quanto ao tamanho dos capítulos,pois eu me excedo uma vez ou outra.
    Até agora encontrei possibilidades de publicá-lo em três editoras aqui do Rio de Janeiro.No começo eu não me animava muito para continuar,mas depois não consegui mais parar,pois a historia foi ganhando forma e me agradou.

    • Oi Thayná, tudo bem? Bem eu também estou escrevendo um livro muito grande, então eu decidi dividí-lo em três partes, porém, ele é do tipo aventura/ficção, não sei se o seu livro tem como dividir por se tratar de um gênero diferente… Mas quanto aos capítulos, você é quem decide, só não pode exceder muito, o mínimo são 20 a 30 páginas, costuma dividir o capítulo quando há uma mudança no ritmo da história… Espero que minha opinião te ajude e depois queria ler teu livro!!! Boa sorte e bom livro!!! 🙂

  58. Obrigada por me ajudar! Com seu comentário vi que o livro que escrevo eu acho que não se trata de uma crônica, pois é uma história longa de ficção e contém três partes… Mas posso colocar no título crônicas? Ele se passa num reino fictício chamado ‘Arbok’, os títulos que gostaria de por são: ‘Crônicas de Arbok: A Espada Negra’; ‘Crônicas de Arbok: A Cidade Perdida’ e ‘Crônicas de Arbok: O Cajado de Zamora’. Sendo assim posso atribuir esses títulos? Obrigada pela atenção …S2….

  59. Pessoal, me chamo Danilo e tenho 15 anos. Estou escrevendo um livro policial que conta a história de um jornalista que tem um certo “dom” para desvendar crimes, juntamente do seu amigo que trabalha na área forense. Gostaria de saber, quantas páginas deve ter o capítulo?

  60. Tenho 16 anos estou escrevendo um livro também, como a maioria dos comentários é o meu primeiro livro, já escrevi até a página 11 e o tamanho da letra é 11. Acabei de terminar o capitulo 5, irei começar o 6, não sei se os capítulos estão muito pequenos, mas estou separando-os conforme o enredo da história. Meu livro não tem título pois não tenho ideia de qual nome colocar, porém vou seguir o conselho da Fernanda e procurar uma palavra-chave que resuma o livro e que interesse ao leitor.
    A história se trata de um garoto que acabou de terminar os estudos ele está a procura do primeiro emprego, ele é muito frio com os pais. Ele vai a uma entrevista de emprego e durante a entrevista um homem mascarado entra na sala acusa a personagem de roubar a oportunidade dele e atira no coração do garoto. O garoto morre na hora e então um ceifeiro de almas aparece atras dele ele pergunta o que está acontecendo e o ceifeiro explica que ele morreu e propõem um acordo…
    Gostaria também de saber qual seria exatamente o gênero dele.
    Acho que está bom, eu gostaria de alguma opinião! Oque acharam?

    • e ai wilian eu não sou um perito em livros mas já faz bastante tempo que venho escrevendo um, se eu fosse te recomendar eu diria para que fizesse os capítulos um pouco maiores, ou então deixe os capítulos desse tamanho só que com um maior número deles entre 30 a 50 capítulos

    • Por enquanto estou gostando mas você pode colocar um pouco mas de emoção é claro se quiser! Quanto aos capítulos você pode escreve-los com pelo ou menos 10 páginas cada ou aumentar o número de capítulos essa é minha opinião mas lembre-se que o livro é seu e você escolhe o que fazer com ele eu também estou escrevendo um já estou na pág. 73 e acabei de fazer o quinto capitulo é o primeiro livro que eu faço se chama Uma Chance de sonhar estou criando um site para que as pessoas possam perguntar dúvidas literária e postem seu livros para que as pessoas possas lê-los on-line se quiser pode fazer uma visita ainda não publiquei mas breve te mando o endereço

  61. tenho 13 anos estou escrevendo um livro da mitologia grega, estou usando letra Arial 12 já escrevi 31 páginas e estou quase no fim do terceiro capítulo
    queria saber se está muito grande ou se está bom

  62. Como já disse em um comentário anterior estou escrevendo um livro, agora eu estou no capítulo e já escrevi umas 75 cinco páginas, mas eu tenho grande dificuldade em relatar lugares. Em resumo eu sou muito superficial e simplicista. Então se alguém puder me dar algumas dicas para melhorar minha forma de detalhar lugares e cenas eu já agradeço.

    • Eu acho que uma coisa muito sua que você tem que imaginar mas vou te ajudar exemplo se tem duas pessoas indo para uma cachoeira você pode descrever assim: “Eles foram para um lugar muito bonito que quando a água da cachoeira batia na agua do lago parecia uma linda canção que se formava onde o ar era puro e tudo parecia feliz como se nada mais existisse só aquele momento que estava ali naquele lugar!” Gostou você pode fazer assim eu tenho 11 anos e estou fazendo um livro que atualmente estou na pagina 74 mas quero chegar á pelo ou menos 250 paginas e acho que para se escrever não tem idade não importa como você seja escrever é um dom que nasce com você e te acompanha pelo resto da sua vida é claro se você quiser! 😀

  63. Amigos escritores eu acesso esse site já faz um tempo e meu livro está com 73 paginas até agora! é uma história de uma menina que tem muitos desafios para conseguir alcançar seus sonhos e etc… estou no capítulo 5 e estou na pagina 73 vocês acham que os capítulos estão muitos grandes? Porque a minha meta é chegar á 250 paginas !

  64. Caros, tenho 15 anos e finalizei meu primeiro livro, se trata de um romance, tem 30 capítulos e 180 páginas. Isso é bom ou ruim? E, se eu tiver de aumentar a quantidade de páginas, que técnicas devo utilizar?

  65. Tenho 21 anos e estou escrevendo meu segundo livro. Detalhe que, diferentemente dos demais, eu não escrevo ficção. Estou agora escrevendo um ensaio. Escrevo no word tamanho 12. Além do que, como não é ficção, uma obra dissertativa não exige mais do que o necessário, que seria claro, por volta de suas 30.000 palavras.

  66. Escrevi um conto infanto juvenil, com vinte páginas escritas, mas gostaria de acrescentar algumas imagens, mas não sei como faria isto, uma vez que não sei desenhar. Desejo muito publicar este trabalho, como devo fazer? Podem me me orientar.

    • Ola willian, primeiro dizer que terias resposta que isse realmente de acordo com a sua pergunta se tivesses dito o genero de livro que estás escrevendo(romance, conto, novela, etc) mas vou tentar responder dizendo que ficar um pouco sem ideia tem sido algo normal para quem escreve. De todas as formas possiveis para mim o ideal seria procurar pensar na maneira como seria o final da sua obra e fazer de tudo para encerrá-la ainda cedo.
      – Mas há algo muito importante que tens que ter em mente, as vezes quando ficamos sem ideia ao escrevermos um livro, é preciso darmos uma pausa e esquecermos por alguns dias que estamos escrevendo, verás que qualquer ideia brotará numa altura em que as vezes estamos num momento de diversao, dai que se estivermos perto de casa ou com nossa maquina de escrever(laptop, desktop, ipad etc) a nossa maior preocupacao será dar continuidade com a obra. Por outro lado, veja a resposta da Fernanda Jimenez tem aceitação. Boa sorte e gostaria de ler um pouco sobre o primeiro capitulo da sua obra se possivel enviando para bunivane@gmail.com

  67. Olá… Estou a escrever um livro de poesias, gostaria de saber qual seria o número de média, ou máximo e mínimo de páginas para o efeito. Penso também em dissertar a nível de reflexão cada poema, relativamente as motivações que me inspiraram a escrevê-lo, de tal modo quero também dividir o livro por capítulos em função dos contextos e géneros das poesias, nesse momento o livro está a contabilizar 39 poesias, 45 páginas e 6 capítulos, pretendo adicionar mais. Pelo que preciso de avaliações e opiniões a respeito das minhas ideias. Obrigado.

  68. Finalizei meu livro, é um romance de 350 páginas na formatação que desejo publicar, em Adobe Caslon tamanho 12. No formato A4, tem 180 páginas. Está com um bom tamanho?

  69. Eu terminei o meu livro em Janeiro e estou revisando neste momento há 4 meses. Eu escrevi em folha A5, mas pretendo passar para uma cópia A4 para enviar. Até agora ele tem 402 páginas e 30 capitulos. É o meu primeiro livro e sempre gostei de algo que misturasse suspense com seres sobrenaturais. Não sei se meu trabalho de 10 meses irá valer a pena. Mas quem sabe…Quero saber como poderia publicar, ou algo assim. Estou um pouco apreensivo. Obrigado! Fonte Times New Roman 12/Linhas: 23 à 24 por página/Espaçamento de 1,5. Será que está bom? Eu misturei fantasia, futurismo e temas sobrenaturais. As ideias simplesmente fluiram em 6 longos meses.

  70. Ola Fernanda. Estou escrevendo um livro, mas tenho tantas duvidas, voce tem um e-mail onde pode conversar um pouco mais comigo? Caso não me avise, obrigado

      • Olá Fernanda, olá pessoal… em me servindo deste generoso espaço, gostaria de ter a opinião de vocês sobre esta sinopsse (chamariz.). Este livro eventualmente seria o primeiro de uma série que criei, e já está pronto, restando somente a questão da revisão.

        O nome desses dois personagens são provisórios, se vocês puderem dar uma dica…

        Grande abraço e obrigado a todos.

        Sinopse.

        O Oráculo de Aition

        A comunidade da jovem Aalis vive isolada sofrendo fortes estigmas imprimidos pelas autoridades do império e do clero.

        Em virtude de um evento sofrido, sua visão é ampliada dando inicio a uma enxurrada de questionamentos em sua mente; seu senso de justiça é tão forte que provoca uma reação inesperada.

        Nesse tempo, um encontro real e verdadeiro acontece com Aalis colocando-a frente a frente com o Oráculo de Aition onde, através de um terceiro mundo revelado à jovem, todas as questões são respondidas.

        Entretanto, Aalis se vê diante de um difícil dilema: Ter que decidir entre realizar seu sonho com o jovem Elian; ou abraçar a missão que recebe em nome de seu povo.

        Sua decisão, qualquer que seja, provocará uma sucessão de eventos que marcarão profundamente não somente a vida de Aalis, como a de todos em seu entorno, tanto no presente quanto num futuro distante.

      • Posso aproveitar o barco e deixar a sinopse do meu livro aqui? É um romance que eu escrevi e estou pra lançar na Bienal de São Paulo, seria bem legal se vocês pudessem ver e dar umas dicas pra melhorar, porque eu acho que não está bom. :s

        Segue a sinopse:

        A Substituta
        Nathan Robins é um cara de sorte. Cantor consagrado desde a adolescência, figurão de Hollywood, tem uma relação quase perfeita com Park Jihyun, sua esposa, com quem está desde os 17 anos, uma cantora coreana de sucesso como ele. Linda, doce. Nathan tem uma vida perfeita. Porém, essa vida é desestruturada quando Jihyun descobre ter câncer, e morre pouco tempo depois. Então Nathan, arrasado, perde o chão, tenta ir com ela, para não ter de carregar o fardo de viver sem seu amor, mas não funciona.
        Como tal coisa pôde ter acontecido? Por que logo Jihyun? Orgulhoso demais para procurar ajuda, o popstar de 24 anos vai se afundando nas tentativas falhas de suprir a dor da falta de seu amor de adolescência, por mais que os pais, amigos e familiares não concordem com essa ideia.
        Até que Nathan conhece alguém que pode, realmente substituir Jihyun. A substituta (quase) perfeita. Annie, uma rebelde idêntica a Jihyun por fora, mas com um jeitinho bem peculiar, que irá colocá-lo em situações bem diferentes da paz rotineira de antes, e até se perceber como pessoa, com acertos e erros. Sua vida já deixara de ser perfeita, andava bem complicada, Nathan já não conseguia esconder seus problemas de ordem psicológica, e a situação não melhora. Ele se vê à beira da loucura, e sem poder contar pra ninguém ou pedir ajuda. Afinal, o que Hollywood iria pensar?

  71. Muito obrigado, Fernanda.

    Sua pista é de grande valor.

    Uma pequena insegurança minha: No caso, não comprometeria o chamariz? Depois vem um pequeno resumo também, compreende? Minha tentativa é que um não seja o outro ( rsrs..).

    Obs: Sou um dependente literário, mas não quero jamais ser importuno aqui.

    ( sergio sena e silvasena é o mesmo, foi erro meu)

    Agradeço,

    Sergio Sena.

  72. Prezada Fernanda,

    Ainda me servindo deste espaço, e de sua experiência, permita-me:

    o projeto apresentado em minha sinopse se inicia na era medieval, o que seria o primeiro livro de uma série que tento criar: – A Reação do Mito – , o segundo já teria a trama em nosso contexto atual. Como visto, tive que escrever o primeiro tratado num contexto que não é o nosso forte, culturalmente falando. Neste sentido, há de se fazer um esforço tremendo para não incorrermos em clichês, mesmo considerando que quem se aventure por lá, não esteja livre disso.

    Esse trabalho visa explicar alguns fenômenos sociológicos hoje, a partir de acontecimentos passados. Neste sentido, seria possível uma construção original? A minha tentativa é justamente essa.

    Sempre grato por sua especial atenção.

    • Não fica claro na sinopse que é na era medieval. O leitor pode pensar que é no futuro, numa terra encantada, sei lá…por isso a importância de uma contextualização clara.

      Nada é original, na verdade, em tudo que se lê é possível fazer uma referência de algo anterior, a sua maneira de contar é que vai fazer a diferença.

      Abraços!

  73. Por onde eu vou vejo que as pessoas só escrevem sobre ficção e as vezes sobre auto-ajuda.

    É difícil publicar um livro de filosofia? Estou escrevendo um de filosofia.

  74. Aproveitando a oportunidade do diálogo aqui neste bom espaço e sua permissão…

    Então Carlos, minha estratégia é apresentar alguns pensamentos sociológicos teológicos a partir da ficção, compreende? Seria uma isca, uma vez que pra ser lido nesses termos, falo de publicação por editoras, constitui-se um caminho muito difícil, mesmo que seu escrito seja bom, por existir vários autores já consagrados.

  75. acabei de fazer um livro de 160 paginas! na verdade é o meu primeiro livro da saga que estou escrevendo! estou começando a fazer o segundo, disseram para mim que um livro tem no minimo 200 paginas, e eu vim perguntar se 160 paginas está bo ou eu devo acrescentar um pouco mais?

  76. Gente eu agora estou escrevendo uma peça eu já toh quase terminando aquele livro que eu sempre venho dizendo enfim essa peça que estou escrevendo agora é mais um musical com musicas internacionais e eu queria saber quantas páginas mais ou menos tem que ter uma peça para ficar no tempo de uma hora e meia?
    P.S. esperando respostas
    Humor: Apreensivo :/

  77. Boa noite,
    Eu tenho 11 anos, e estou em meu 1º livro, deixei na fonte 18 (e não estou nem aí, quem vê isso é a editora na hora da revisão) e tem apenas 25 paginas, eu pretendo chegar apenas a 50, e será um livro assim, pequeno,eu penso no conteudo, e não na quantia de paginas, é um romance, tem uma aventura, e eu acho que está incrivel…! Será registrado ao fim deste ano, e irei atras de uma editora mais pra frente… Eu acho que será o 1º de muitos outros, contos, poesias e tudo mais…
    O nome é : Combinação Perfeita!
    E boom……. Oq acham?

  78. Venho somente pro meio deste comentário agradecer a você Fernanda e a todos que me ajudaram durante esses doze meses em que tive escrevendo meu livro, utilizando as dicas e tirando minhas duvidas por meio deste local. Meu livro agora já se encontra em trabalho de finalização e que em minha concepção ficou ótimo. Mais uma vez agradeço porque sem este espaço eu jamais teria conseguido alcançar o meu objetivo. Sem mais delongas…. com os mais sinceros agradecimentos, Leonardo.

    • Bom dia, Fernanda!

      Acompanhando o Leonardo, também volto aqui para agradecer. Meu trabalho também foi aprovado por uma editora e devo isso em parte aos blogs por onde passei ( uns dois ou três). Claro que todos blogs deveriam recepcionar bem qualquer visitante, mas não é assim. Refiro-me às enxurradas de dúvidas e inseguranças que o novo autor traz consigo nos primeiros passos nesse novo caminho das letras. O blog em apreço tem demonstrado humildade na recepção. Parabéns!

      Gostaria de saber se a autora do blog presta algum serviço na área editorial.

      Sergio Sena.

  79. começei meu livro, em junho… faz 4 meses que estou escrevendo, e até agora tem 156 páginas! eu escrevo todo sábado! minha meta é chegar até 245 ou 250 páginas! o numero está bom para o genero de : ficção, aventura, ação, fantasia. ou quantas páginas devo escrever?
    já estou em mente o segundo livro que vou começar em maio do ano que vem!
    ah, e obrigado !

  80. Eu estou escrevendo um livro de aventura que fala de quatro irmãos, pretendo escrever no mínimo 200 páginas e uns 20 capítulos e 10 páginas cada capítulo.
    É meu primeiro livro e tenho 9 anos de idade.
    Estou usando a letra 16.
    O título é As aventuras dos quatro irmãos.
    Você acha que está bom?

  81. estou escrevendo, um livro de ficção e romance entre humanos e vampiros e outros seres sobre natural .o titulo é[ lago da esperança ], que tem duas almas que tem que se ré encontrar, já estou no final espero ter a sorte de que uma editora goste e publique,é uma estoria de amor ente dos jovens de apenas quinze anos,[o que ACHAM QUE TENHO OPORTUNIDADES .O PREFACIO, DUAS ALMAS.JÁ ESTOU NA PAGINA 230.

  82. Olá,

    Me chamo Gabriel e tenho 17 anos (quase 18), estou escrevendo um livro em fonte 12 e letra Times New Roman, por enquanto no WORD ele tem 14.515 palavras, mas ficará maior hehe, gostaria de saber qual o número aproximado de palavras para um livro de 30 à 35 capítulos sendo que cada capítulo tem em média 2 à 3 folhas e meia. É uma história de ficção que relata como o ser humano foi sua própria ruína, dando liberdade assim ao Submundo (monstros segundo os humanos) a se tornarem mundo.

  83. Fernanda bom dia, estou pretendendo escrever um livro de contos, gostaria de saber algumas coisas da parte técnica, tais como mínimo de linhas? tem que ser no mínimo 100, ou entre 80 e 100 para um autor de primeira viagem está razoável para começar? outra coisa quanto o tamanho de fonte ideal, 12, 14,16? desde já agradeço a atenção dada ao meu post.

    • Hoje em dia tem gente escrevendo contos de uma oração, não existe quantidade mínima nem máxima, mas o senso comum manda que tenha uma quantidade razoável para que o leitor sinta vontade de investir seu dinheiro. Fonte 12. Sorte!

  84. Olá,
    Meu nome é Thiciane e eu tenho 14 anos. Escrevi um romance/ mistério e agora estou na etapa de fazer a revisão. Meu livro têm 46 capítulos e eu já revisei 23 deles e calculei que esses 23 dão pouco mais de 55.000 palavras. Os outros capítulos são bem menores e acho que meu livro irá dar cerca de 70.000 palavras. É o meu primeiro livro, mas eu começo o segundo em julho. No entanto, estou em dúvida com a quantidade de páginas que meu primeiro livro terá ao final da revisão. Se der 70.000, quantas páginas vai ter mais ou menos?

  85. Olá, o livro que estou escrevendo é de cunho teológico-histórico-literário, se é que existe essa ramificação. No entanto não tenha ideia de quantas páginas ou palavras usar. Sei que é uma área um pouco cansativa, então não quero sobrecarregar o leitor com assuntos cansativos. Quantas páginas/ palavras você me recomenda.

    Além de como posso formatá-lo no World para que saiba o número de páginas, assim como o layout de cada uma delas.

    Desde já grato,
    Marlon Paes de Farias

  86. Olá, tenho 16 anos e desde o ano passado que tenho esta ideia para um livro. Infelizmente a imaginação não veio logo, mas agora, estou cheia de ideias. Imagino este livro como uma aventura com um romance lá no meio.
    Escrevo no word com o tamanho de letra 11 e até agora tenho 23.667 palavras e com 66 capítulos.
    Apesar de tudo não sei quantas palavras e capítulos deva escrever… Com quantas é que se pode considerar um livro de aventuras?
    Beijinhos!

  87. Olá, Srta. Jiménez, sua linda. Estou escrevendo uma ficção. Mas não sei se encaixo ela no gênero conto ou romance. Pelo andar da carruagem, terá umas 110-150 páginas e cerca de 10 ou 12 capítulos. Eu li dezenas de contos e vi que eles são uma narração linear que conta desde o início ao fim seguindo um padrão cronológico imutável. Já os romances, ao longo da narração, seguem no tempo, mas voltam a um tempo passado, e depois volta ao presente, e vice-versa (muito confuso? / mal explicado?). A estória que estou escrevendo está indo do início ao fim, sem interrupções, sem devaneios ou volta no tempo. ME AJUDE. O que é, exatamente, minha estória? Beijos.

    • Olá sr. Victor Libório, tudo bem? Se tem capítulos é romance, já que conto não pode ter capítulo. E pela extensão também, já está muito extenso para se conto. Sobre o tempo, isso independe do gênero, pode mudar nos dois. Sorte, abraços!

  88. estou escrevendo um livro, um romance já estou no meio e está o 220 página, tem que ter um limite ou pode ser quantas paginas eu quiser fazer?

  89. Quais seriam as chances de uma série de livros que conta a história de um romance entre uma psicóloga e uma paciente ser publicada?
    Eu escrevi a primeira parte, são cerca de 56k de palavras (estou revisando, capaz de aumentar um pouco), minha intenção é que os quatro tenham o mesmo tamanho.

  90. Ola fernanda, eu li o post e meu livro entraria na categoria conto por ter 96 páginas. Será que eu poderia entrar num concurso de romances com essa quantidade de páginas, ou seria impossível ser aceito nesse concurso?

  91. Boa tarde (ou não quando verão este comentário mas…) Eu tenho 15 anos e estou escrevendo um livro de ficção há mais de um ano, ele retrata a vida de umgrupo de sobreviventes em um mundo pós-apocalíptico tomado por Andantes e Corredores (zumbis). Escrevi 146 páginas de Word (49633 palavras conforme contado pelo mesmo) até agora, isso já poderia ser considerado um livro, ou ainda estaria relativamente longe?
    Obs: ele ainda não está concluído, creio que chegarei a cerca de 200 páginas ou um pouco mais.
    Outra coisa: estou no capítulo 25, eu estou deixando-os muito pequenos ou estão de bom tamanho?

    Obrigado 😉

  92. Olá eu estou escrevendo meu primeiro livro,mais já escrevi algumas outras historias.Tenho 17 anos e gosto de escrever desde pequena e ler,este livro ate o momento tem 46.893 palavras e 28 capítulos de 6 paginas.Pelo contador do word tem 204 paginas em letra tamanho 12 times.Minha historia tem aventura,ficção cientifica e romance.Vou contar um pouco sobre ela,se passa em um futuro proximo depois de uma terceira guerra muldial que devasta os paises que aos poucos se recostroem em um planeta Terra com recursos esgotados,n existe mais agua ou oxigenio real,tudo é feito em laboratorios pelos homens.E está guerra deixou marcas também em alguns humanos que foram contaminados por um vazamento proposital nuclear que acabou transformando humanos em mutantes.Estou escrevendo ela a quatro meses pois escrevo um cap e resolvo descansar as idéias para escrever o próximo que sempre flui e me surpreende.Está minha historia comecei a escrever sem pensar no fim e cada vez mais aventuras aparecem nos capítulos.Será que poderia ser mesmo um livro?Tem muitos capítulos pela quantidade de paginas?Obrigada pela atenção.

  93. olá,
    eu estou escrevendo um livro, um romance sobre uma aluna do terceirão que foi traída por seu namorado com a sua melhor amiga e encontra conforto nos braços de seu professor,acaba se apaixonando por ele e ele por ela e agora o professor precisa escolher entre seu emprego ou sua namorada. Eu preciso saber se com esse enredo o titulo esta melhor como ROMPENDO AS REGRAS, ROMPENDO TABUS,UMA (ESTRANHA)HISTORIA DE AMOR ou alguém poderia me sugerir algum titulo

    LAURA 15 ANOS 1° LIVRO

    • A definição da mancha gráfica varia pois um pode ser publicado de diversas formas exemplo: em A5 ( quase um padrão na literatura juvenil brasileira). poket ( livros de bolso ) A4 mais comum para livros de didáticos e á outros formatos porem esses são mais caros pois acarreta em gasto de mais papel..

      Espero poder ter ajudado ( pesquise um pouco sobre com editar um livro).

    • Oi. Bem, eu queria tirar uma dúvida, se não for um incômodo:
      É aceito acrescentar algo a mais na formatação do livro?
      E aproximadamente essa a minha dúvida. Não modificar a formatação que é pedida para o livro, mas acrescentar algo para que o leitor tenha uma “interatividade”, por assim dizendo, maior com a história que lê.
      No caso, eu queria acrescentar o que está a baixo tanto no início do capítulo quanto no meio e no fim da história :

      Local: Paris
      Tempo: 2016 – Primeira Era tecnológica
      (E possivelmente, mas não consigo confirmado) Personagem: Corvo.

      Obrigado.

      PS: É legal ver o pessoal, ainda mais jovens, com o ânimo e idéias para escrita. Não desistam! Saibam que sempre haverá momentos ruins, mas não deixem serem levados por eles! (O “post” comum é antigo, mas espero que ainda esteja valendo :D).

      • Jovem o livro é a maneira como ele vai se apresentar ao leitor é importante se você quer que o texto venha interagir com o leitor de uma determinada experimente escute a opinião de editores que trabalhem com a interação entre o livro e o leitor ( geralmente da um pouco mais de trabalho ao editor porem pode vir a ser “inovador” e gratificante.) existem vários trabalhos nessa área porem sua grande maioria na literatura infantil…

  94. Oi. bom, se não for muito incômodo, gostaria de tirar uma dúvida que, de certo modo, pode parecer uma idéia tosca ou algo do gênero:
    Eu poderia fazer uma “formatação” própria, ainda sim seguindo as normas, acrescentando algo a mais para dar uma interação maior entre a trama é o leitor?

    O que eu quero dizer é colocar no início do capítulo, na metade e etc. algo como:

    Local: Paris
    Tempo: 2016
    (E provavelmente) Personagem: Corvo

    ???

    Obrigado.

  95. OI! Terminei um conto com cem paginas mais ou menos. Se for lido com uma fonte que facilite a leitura ira passar das cem paginas com certeza. Penso que não é o numero grande de paginas que faz ser um bom livro; isso é obvio… Penso que pelo meu jeito de escrever acabei escrevendo um conto em prosa poética… Esse é o meu primeiro livro de contos. Gosto de escrever textos poéticos, e tenho vários deles . Como fazer uma editora, se interessar por escritos de pessoas novas na área?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s