Além do Minho


Maravilhoso blog que fala sobre a cultura e língua galega: “Além do Minho”

Poema em galego de Federico Garcia Lorca:

MADRIGAL A CIBDA DE SANTIAGO

“Chove en Santiago
meu doce amor.
Camelia branca do ar
brila entebrecida ô sol.

Chove en Santiago
na noite escrura.
Herbas de prata e de sono
cobren a valeira lúa.

Olla a choiva pola rúa,
laio de pedra e cristal.
Olla o vento esvaído
soma e cinza do teu mar.

Soma e cinza do teu mar
Santiago, lonxe do sol.
Agoa da mañán anterga
trema no meu corazón.”

Que tal? Fácil de entender, não?!