Saramago no Brasil e a reforma ortográfica


José Saramago vai estar no Teatro Folha em São Paulo, na próxima sexta- feira, para uma entrevista (entradas esgotadas). Ele é defensor da nova reforma ortográfica da língua portuguesa, acredita que a diversidade enriquece o idioma. (Folha)

Acredito que muitos literatos portugueses, a exceção de Saramago, estão mais em desacordo com a nova ortografia do português que os brasileiros. Muita gente está arraigada na tradição e custa mais se adaptarem à demanda dos novos tempos, também por uma questão prática, pois custa aprender as novas regras; outros são mais flexíveis e acreditam que as mudanças são boas e que serão facilmente absorvidas. Abaixo alguns links com opiniões favoráveis e outras em contra à nova ortografia do português:

“O indivíduo”, acha que a reforma é “tecnogracia lingüistica”.

Escritores portugueses, africanos e brasileiros emitem suas opiniões.