Vídeos da Clarice Lispector


Esse post vai especialmente para Serge, amante da boa literatura e leitor da minha querida e admirada Clarice Lispector. Clarice nunca deixa ninguém indiferente, desperta amor ou ódio com a mesma intensidade.

A entrevista cedida por Clarice ao jornalista Júlio Lerner, está dividida em cinco partes e foi exibida na TV Cultura em 1977, ano de sua morte. Nota- se Clarice cansada, um pouco ofegante, um pouco triste. Ela disse estar cansada, provavelmente já estava doente, mas não sabia: ou sabia e não queria saber.

A escritora nasceu na Ucrânia em 1920, mas imigrou ainda bebê para o nordeste brasileiro, junto com seus pais e duas irmãs. Considerava- se brasileira, tinha sotaque nordestino e a “língua presa”. A sua mãe morreu quando ela era menina e entao a sua família mudou- se para o Rio de Janeiro. Clarice cursou Direito e foi nessa fase que conheceu o colega de curso Maury Gurgel Valente, que mais tarde seria o seu marido. Maury arranjou um emprego de diplomata e com isso Clarice viajou à várias partes do mundo e foi no exterior que produziu a maior parte da sua obra. O casamento não deu certo e Clarice voltou para o Rio de Janeiro com seus dois filhos.

Nessa entrevista feita em fevereiro de 1977 , Clarice fala sobre o seu último livro que havia acabado de escrever: ” A hora da estrela”. Nele, parece que ela colocou na personagem Macabéia todas as dores do mundo ( ou/e as suas?); Clarice faleceu nesse mesmo ano, em dezembro, de cranco (câncer).

I parte

II parte

III parte

IV parte

V parte

Anúncios